Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: jogo de corpo

Fred, o centroavante que recebeu tantas críticas na última Copa do Mundo por conta da sua pouca mobilidade, mostrou nas últimas semanas que é cheio de “jogo de cintura”. Pelo menos que que diz respeito à sua transferência.

O ex-camisa 9 do Galo teve conversas – desde o final do Campeonato Brasileiro –, com Flamengo (que procurava um substituto para Paolo Guerrero, suspenso pela Fifa até abril de 2018), com o Fluminense (que precisa desesperadamente colocar mais “experiência” em seu elenco) e com o próprio Atlético-MG (que tinha esperanças de manter o artilheiro). Ironicamente, Fred “volta ao lar” e ao lado de Rafael Sóbis e Thiago Neves terá a oportunidade de repetir a formação de sucesso do Fluminense, agora no Cruzeiro – clube que revelou o goleador para o mundo. E sob o comando de Mano Menezes que, quando ainda era técnico da Seleção Brasileira, teve um entrevero com o jogador – coisa que, segundo ambos, está (obviamente) “superada”.

Apesar de perder o seu centroavante, o Galo também tem o que comemorar: com salários na faixa de R$ 800 mil ao mês (que chegavam perto de R$ 1 milhão quando somados os benefícios), a recisão de Fred representa uma economia de cerca de R$ 16 milhões aos cofres do clube no ano que vem – no qual o Atlético terá um orçamento menor que o desta temporada. Além disso, no momento da rescisão, diretoria e jogador assinaram um documento que previa o pagamento de uma multa de R$ 10 milhões ao Galo caso Fred se transferisse para – e tão somente – o Cruzeiro. O documento previa também que a Raposa fosse notificada da cláusula imediatamente para que não pudesse, posteriormente, alegar desconhecimento do fato.

O Cruzeiro já declarou ter pleno conhecimento da cláusula acertada entre Fred e o Atleetico-MG e que tudo está nas mãos do seu departamento jurídico que analisa a legalidade do documento. Apesar disso, sabe-se na Toca da Raposa que a direção já está tomando providências para efetuar o pagamento – caso seja esta a solução para a questão – com a ajuda de alguns investidores.

Independente de como a situação toda irá se resolver, uma coisa é certa: Fred driblou todo mundo e defenderá, mais uma vez, as cores do Cruzeiro em 2018.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar