Ganhador.com

Notícias

No amistoso contra a Argentina, Seleção Brasileira conhece a primeira derrota sob o comando de Tite

Já classificada para a Copa do Mundo de 2018, a Seleção Brasileira é derrotada pela Argentina em amistoso disputado na Austrália. Foi o primeiro revés da equipe canarinho sob o comando de Tite.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com a Seleção Brasileira já classificada para a Copa do Mundo de 2018, o técnico Tite passa a aproveitar os jogos que ainda lhe restam até o início da competição para fazer observações e definir o grupo que irá disputar o torneio. Foi o que vimos na manhã de hoje durante o amistoso contra a Seleção Argentina, na estréia de Jorge Sampaoli no comando de Messi e companhia.

Sem contar com o astro Neymar, os grandes destaques do Brasil – ou de quem se esperava mais –, foram Gabriel Jesus e Philippe Coutinho. Infelizmente, ambos não estavam em uma jornada inspirada e, quando não foram parados pela defesa Argentina, caíram diante dos próprios erros de finalização. A falta de inspiração – ou talvez a “falta de importância” do jogo – parece ter contaminado outros atletas, como Renato Augusto e William que, à exemplo de Coutinho e Jesus, jogaram bem abaixo do que podem.

Bom para Sampaoli, que começa seu trabalho à frente dos hermanos com uma vitória contra a Seleção Brasileira.

 

O jogo

Com alguns dos principais nomes brasileiros em uma jornada abaixo da média, a equipe do técnico Tite se viu vítima da pressão incial armada pela Seleção Argentina e levou algum tempo para equilibrar o jogo. Para melhorar a saída de bola verde-amarela, Gabriel Jesus voltou até o meio-campo e passou a atuar como pivô, distribuindo o jogo para as arrancadas de Philippe Coutinho e William. O Brasil cresceu e equilibrou as ações até que Sampaoli mexeu na disposição tática de sua equipe e, adotando um arriscado 2-4-4 – avançando os laterais – sufocou a defesa brasileira até conseguir o gol: desatenção no cruzamento, cabeçada de Otamendi na trave e, no rebote, Mercado abriu o placar no final do primeiro tempo.

Na volta para o segundo tempo, Tite inverteu o posicionamento de Willian e Philippe Coutinho e o Brasil melhorou. Com mais criatividade e um pouco de espaço no meio-campo, a equipe canarinho passou a criar mais. Na melhor oportunidade do jogo, Fernandinho fez passe preciso para Gabriel Jesus, que deixou Romero “na saudade” e finalizou, acertando a trave. No rebote, Willian carimbou a outra trave. Depois disso, o técnico brasileiro começou a fazer suas observações e, desfigurada, a seleção deixou de oferecer perigo para os argentinos que, mais uma vez, viram seu craque Messi fazer uma partida sem brilho.

 

Próximos compromissos

Dando continuidade à rodada de amistosos, o Brasil enfrentará a Austrália, na próxima terça-feira, no mesmo estádio da partida de hoje (Melbourne Cricket Garden), às 7h05 – pelo horário de Brasília. Já a Argentina viaja até Singapura onde encara a seleção local, também na terça. Os próximos compromissos do Brasil pelas eliminatórias serão nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, contra Equador e Colômbia, respectivamente.

 

Escalações

Brasil: Weverton, Fagner (Rafinha), Thiago Silva, Gil e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho (Giuliano), Renato Augusto (Douglas Costa), Coutinho e Willian; Gabriel Jesus (Taison). Técnico: Tite.

Argentina: Romero, Gómez (Tagliafico), Maidana, Otamendi e Mercado (Mammana); Biglia, Banega (Lanzini) e Di Maria; Messi, Dybala (Guido Rodríguez) e Higuaín (Joaquín Correa). Técnico: Jorge Sampaoli.

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Adri

    9 de junho de 2017, às 19:46

    Corinthans e gremio vao ser os grandes do campoato. Um deles sera o campeao.

  2. Pingback: Paixão Nacional: torcida | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar