NFL

New England Patriots ou Atlanta Falcons: quem vai levar o Super Bowl LI?

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Que temporada foi essa, senhores! Foram 266 jogos de muitos tackles e touchdowns  — agora tudo se resume a 60 minutos de bola oval voando para encerrar com chave de ouro um ano espetacular na NFL. A estrada foi árdua e cheia de desafios, mas New England Patriots e Atlanta Falcons chegaram lá. Os dois times fazem uma batalha épica no NRG Stadium em Houston, no Texas, no próximo domingo (5) às 21h30. O prêmio? Levantar o troféu Vince Lombardi e escrever o nome na eternidade. Quem vai levar essa?

Sempre é muito complicado prever qualquer aspecto de um jogo de Super Bowl — a partida possui aspectos emocionais que transcendem a tática ou o talento. O duelo marca o encontro dos dois melhores times da temporada, que tiveram seus méritos para chegar lá, em um campo neutro. Senhores, tudo pode acontecer em Houston!

O nervosismo estará na flor da pele pelo lado dos Falcons: o time chega ao seu segundo Super Bowl de sua história e busca um título inédito.Além dos aspectos que envolvem o futebol americano, será uma pressão absurda também da cidade de Atlanta — que possui apenas um título nacional somando os Falcons, os Hawks na NBA e os Braves ns MLB (conquistaram a World Series em 1995).

Do outro lado, é apenas “mais um Super Bowl”. Esta será a nona participação dos Patriots na grande final — o time busca o quinto título de sua história! Todos os quatro vieram após a parceria entre o técnico Bill Belichick e o quarterback Tom Brady: aos 39 anos, o camisa 12 vai se tornar o atleta que mais esteve presente na grande final e mostrar mais uma vez que é um dos melhores, se não o melhor, de todos os tempos.

 

Como os times chegaram lá?

Chegar na grande final em 2016 certamente teve um gosto especial para o torcedor de New England — a NFL puniu Tom Brady pelo escândalo das bolas murchas, ou ‘Deflategate’, e proibiu o QB de jogar nas primeiras quatro partidas do ano. Nada que impedisse o brilhante Belichick de montar uma defesa muito boa e segurar as pontas até o retorno épico de seu quarterback. Ao contrário dos últimos super Bowls, os Pats desembarcam em Houston com a melhor defesa cedendo pontos na liga — média de 15,6 por partida.

Os Falcons construíram seu caminho para o Texas de forma oposta: chegaram a grande final apoiado em um ataque avassalador! O grupo foi o oitavo melhor da história anotando pontos em uma temporada (540) e chega embaladíssimo com uma média de 40 pontos anotados nos dois primeiros jogos dos playoffs! O QB Matt Ryan vem sendo espetacular e principal candidato ao prêmio de MVP — executando com maestria o brilhante esquema ofensivo do coordenador Kyle Shanahan. Julio Jones, Devonta Freeman, Tevin Coleman, Mohamed Sanu… são muitas armas de qualidade à disposição.

 

Por que os Patriots vão vencer?

O primeiro argumento pode ser meio inexplicável: porque são os Patriots. Trata-se de um time com muito mais experiência na grande final: 21 dos atletas do elenco já disputaram um Super Bowl contra apenas quatro dos Falcons. Bill Belichick esteve presente em dez finais somando técnico principal e assistente. A linha ofensiva finalmente está saudável e o jogo corrido é bom o suficiente para gastar o relógio e deixar Matt Ryan sentadinho no banco de reservas.

O argumento de tabela fácil não é inteiramente verdade: New England está 7-1 contra times de campanha vitoriosa em 2016. Além disso tudo, o principal fator é o equilíbrio desse time: está no top 5 de pontos anotados (3º) e pontos cedidos (1º). Esse balanço faz toda diferença no fim das contas. Oito das dez equipes que chegaram  no Super Bowl entre as cinco melhores nesses quesitos venceram.

 

Porque os Falcons vão vencer?

O primeiro fator? Ser o azarão. Grande parte da mídia americana está dando todo o favoritismo do mundo para os Patriots. Esse desrespeito é um combustível muito poderoso quando se fala de Super Bowls. O ‘sangue nos olhos’ e a motivação de buscar um título inédito para uma cidade muito carente de conquistas — vejo os Falcons com mais ‘fome’ de levantar o Vince Lombardi. No fim das contas, os Pats simplesmente não darão conta de um dos melhores ataques de todos os tempos.

São muitas e muitas armas para uma defesa cobrir — parece que sempre há alguém livre. Os running backs Devonta Freeman e Tevin Coleman serão os diferenciais nesse processo: foram 2.482 jardas de scrimmage somando os dois RBs na temporada regular. Eles se aproveitam de espaços deixados pelas coberturas duplas em Julio Jones: possivelmente o melhor wide receiver da liga e que pode fazer total diferença em qualquer partida. Isso sem contar um quarterback que vencerá o prêmio de MVP com certeza.

 

Previsão

Chegamos na parte mais complicada de toda a temporada. Patriots ou Falcons? Vou ficar com o azarão aqui. Além do ataque avassalador, a defesa tão criticada melhorou consideravelmente e possui o necessário para explorar o ponto mais fraco de Tom Brady: o pass-rush. Historicamente o camisa 12 não consegue render o esperado quando sofre uma grande pressão dentro do pocket… Lembram-se do Super Bowl XLII contra os Giants? Pois é. Essa é a ‘kriptonita’ do monstro sagrado, mas poucos times tem o talento e a tática para colocar em prática. Bem… o Atlanta Falcons é um deles — o jovem Vic Beasley foi o líder em sacks da temporada regular com 15,5.

Vamos ao palpite! Segundo os nossos odds, a melhor opção será investir na zebra disfarçada de falcão — se os Falcons vencerem você fatura R$2,40 a cada real! Será um jogo apertado e decidido por poucos pontos… que tal um 34 a 31 para Atlanta? Mataria todo mundo do coração e você dobra o montante inicial no over de 57 pontos. Teremos muitos touchdowns em Houston! Indo um pouco mais além, cravo o quarterback Matt Ryan como MVP do Super Bowl — se isso acontecer você ganha R$2,90 a cada real.

Que venha a grande final! Deixe a cerveja gelando e não perca um só segundo da ação!

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar