Mundial de Clubes

Nem Flamengo, nem Palmeiras, nem Real Madrid: primeiro classificado para o Mundial é o Pachuca!

Foto: AP Photo/Eduardo Verdugo

Pachuca conquistou na noite de ontem a Liga dos Campeões da CONCACAF.

O Pachuca derrotou o Tigres por 1 a 0, conquistou a competição que reúne equipes da América do Norte, Central e do Caribe e carimbou o passaporte para o Mundial Interclubes do final do ano.

 

Gol no fim decidiu

O município de Pachuca é a capital do estado de Hidalgo e fica a 90 quilômetros da Cidade do México, capital e centro financeiro do país. Ela amanheceu hoje com um clima de festa, com alegria estampada no rosto de seus moradores, que dormiram pouco, devido à longa e barulhenta festa da véspera. É que os 27 mil assentos do Estádio Hidalgo estavam ocupados de gente que foi apoiar os Tuzos na decisão contra o Tigres. Isso sem falar que acompanharam a decisão pela televisão.

Se nos primeiros 45 minutos de bola rolando foram poucas as oportunidades de se abrir o marcador, o panorama se inverteu no segundo tempo. Os visitantes precisavam fazer um gol (pois o empate de 1 a 1 na ida beneficiava os locais que haviam marcado fora de casa) e se lançaram ao ataque. Sosa chutou por cima e o francês Gignac carimbou o travessão, silenciando as arquibancadas. Os alvianis respondiam nos contra-ataques, já que os universitários deixavam espaços. Num destes, o meio-campo Pizarro recebeu o segundo amarelo e foi expulso aos 30′. Nove minutos depois, Jara aproveitou que o goleiro Guzmán bateu roupa e conferiu o tento do título.

A celebração, os gritos de euforia, a cerveja e a tequila rolaram madrugada a dentro. Parabéns ao Club de Fútbol Pachuca, que repetiu seu feito de 2002, 2007, 2008 e 2009/10.

 

A campanha do vencedor

Os mexicanos se credenciaram para participar da Conca Champions por terem conquistado o Torneio Clausura de 2016. Na primeira fase, encarou o tradicional Olimpia hondurenho e os amadores do Police United, campeão de Belize, que sofreu uma humilhação de 11 a 0. Nas quartas de final, passou pelo bom quadro do Saprissa, de Costa Rica. Nas semifinais, sofreu para desclassificar o Dallas FC, dos Estados Unidos. Na decisão, superou o conterrâneo Tigres por 1 a 1 e 1 a 0.

Os Tuzos também dominaram as premiações individuais. O mexicano Hirving Lozano ganhou o Troféu Revelação e a Chuteira de Ouro, por ter marcado oito gols. Já o argentino Jara recebeu a Bola de Ouro por ter sido apontado como o melhor jogador.

O time-base campeão: Blanco; López, Gonzalez, Murillo e García; Guzmán, Hernández e Gutiérrez; Urretaviscaya, Jara e Lozano. Técnico: Diego Alonso.

 

Domínio mexicano

Desde que a CONCACAF reformou sua Copa dos Campeões e a transformou em Liga dos Campeões, em 2008/09, o México ganhou todas as nove edições. Além dos títulos, conquistou ainda sete vice-campeonatos. Em outras palavras, apenas em 2010/11 e em 2014/15, que ambos os finalistas não eram da terra de Frida Kahlo.

O futebol mexicano ainda levantou 24 troféus do formato antigo.

O segundo país mais laureado no torneio interclubes é Costa Rica, com seis triunfos.

Os Estados Unidos, que têm a Major League Soccer, só festejou em duas oportunidades: 1998 e 2000.

 

A Próxima Conca Champions

A próxima edição da Conca Champions ganhará um novo formato e contará com 31 participantes. Entre os já garantidos na próxima temporada estão América e Tigres, do México; Colorado Rapids, Dallas FC, New York Red Bulls e Seatlle Sounders dos Estados Unidos; Saprissa de Costa Rica; Olimpia e Motagua, de Honduras; e Municipal da Guatemala.

 

Os representantes dos outros continentes

Além do campeão da CONCACAF, o certame da FIFA contará com outras seis agremiações, uma de cada continente e um time local. Confira como está a disputa em cada região do planeta.

A final da Liga dos Campeões da Oceania será entre dois rivais neozelandeses. Auckland City ou Team Wellington darão a volta olímpica em 07 de maio.

Os Emirados Árabes, por sediarem o Mundial, têm direito a uma vaga, que será do campeão da Liga Profissional. Após 23 das 26 rodadas disputadas, e com sete pontos de vantagem, o Al Jazira provavelmente se garantirá no torneio internacional. A 1a divisão se encerrará em 12 de maio.

Ainda neste semestre a Champions League conhecerá seu vencedor. Atlético de Madrid, Juventus, Mônaco e Real Madrid se cruzam nas semifinais. Conheceremos o campeão em 03 de junho.

Os campeões da África, da Ásia e da Libertadores só serão conhecidos em novembro. Estes campeonatos ainda se encontram em suas fases de grupos.

O Mundial será realizado de 06 a 16 de dezembro, em Abu Dhabi e Al Ain.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar