Ganhador.com

Boxe

Nassau Coliseum coloca frente a frente os ex-campeões de boxe Omar Figueroa Jr e Robert Guerrero

Foto: AP Photo/Rick Bowmer

Invicto na carreira, Panterita sobe no ringue como grande favorito

A noite de sábado, 15 de julho, promete no boxe mundial. A Nassau Veterans Memorial Coliseum recebe o duelo entre os ex-campeões Omar “El Panterita” Figueroa e Robert “The Ghost” Guerrero, pelos meio-médios. A disputa traz dois pugilistas bem experientes, pois enquanto o primeiro está invicto, com 26 vitórias e um empate, o segundo perdeu cinco vezes, mas conta com incríveis 33 triunfos no currículo.

   

Forte preparação

Mesmo tendo bom ritmo e alta capacidade de ataque, Figueroa, de 27 anos, decidiu voltar a treinar com Joel Diaz na Califórnia e promete ainda mais para este final de semana. Esse fator aumenta ainda mais o favoritismo de “Panterita”, que vem de apresentações fantásticas, que inclusive renderam o prêmio de luta destaque do ano de 2013. Depois disso, foram apresentações seguras, mesmo trocando da categoria leve para meio-médio, e que não devem dar brecha para o rival.

Enquanto isso, Guerrero tenta transformar suas lutas emocionantes em vitórias. Bem mais experiente, com 34 anos, “The Ghost” tem dado trabalho para seus oponentes, mas o resultado não tem sido tão satisfatório. Prova disso é que por duas vezes seu combate foi para o prêmio de luta do ano, mas não conseguiu vencer.

Outro fato é que Guerrero foi um dos nomes que mais ameaçou Floyd Mayweather nos ringues. O encontro ocorreu em 2013 e o revés só veio por pontos. Porém, é importante destacar que seu rendimento tem caído consideravelmente nos últimos anos e dificilmente vai conseguir a mesma proeza no sábado, entrando como azarão.

   

Carreira de Guerrero dá uma estagnada

Depois de um começo promissor, quando chegou a ter 16 vitórias e 1 empate no início da carreira, Guerrero vem em declínio. O primeiro revés ocorreu em dezembro de 2005, caindo para Gamaliel Diaz. Ainda assim, o desempenho continuou positivo, vencendo mais 15 em sequência.

A queda de rendimento veio a partir de 2013, quando foi superado em quatro de seis apresentações. De todos, o mais aceitável foi diante do invicto Floyd Mayweather Jr. Porém, os reveses para Keith Thurman, Danny Garcia e David Emanuel Peralta fugiram um pouco do esperado, principalmente porque significaram a perda dos títulos da WBA e WBC. No período, conseguiu superar apenas Yoshihiro Kamegai e Aaron Martinez – este último há mais de dois anos.

Do outro lado, Omar Figueroa Jr mantem sua invencibilidade, mesmo com 27 apresentações. O único empate da carreira foi em 2010, com Arturo Quintero. Depois disso foram 16 lutas, com nove nocautes. Dois deles inclusive saíram ainda no primeiro round, contra Henry Aurad e Abner Cotto. Porém, a última vez que venceu desta forma foi diante de Daniel Estrada, em 2014, no nono assalto.

Dos cinco últimos combates, quatro foram até o round final, portanto, nada de esperar um desfecho muito cedo. Até porque mesmo considerando vitórias e derrotas, Robert Guerrero também não encerra uma disputa antes do 10º round desde junho de 2009, quando bateu Efren Hinojosa no 8º assalto. Em começos de duelo, seus triunfos são ainda mais raros, acontecendo apenas 3 vezes dos últimos 12 anos de carreira.

   

Depois de 31 anos

O evento entre Omar Figueroa e Robert Guerrero marca também o reencontro do boxe com o Nassau Colieum. A arena não recebe o esporte há 31 anos e quem acompanhar a luta vai ver um local completamente renovado.

A ausência é tão grande, que a última exibição no Coliseum ocorreu em 10 de março de 1986, quando Mike Tyson ainda na fase inicial da carreira deu um passo significativo a caminho do título dos pesos pesados. Isso porque nesse dia nocauteou Steve Zouski em 2:39 do terceiro round e completou a 19ª vitória por nocaute seguida.

Com uma luta bem acirrada, Tyson conseguiu uma incrível sequência, levando Zouski às cordas e derrubando-o com um uppercut de direita e um gancho de esquerda. Esta foi também a última vez que ganhou por nocaute nesta sequência, tendo vencido as duas seguintes por decisão. Mais cinco apresentações depois conquistaria o seu primeiro título mundial.

   

Programação de 15 de julho em Nassau Coliseum, Uniondale, New York

Lutas começam a partir das 18h

  • Super Médio – Vincenzo D’Angelo x Dequan Burgos
  • Meio-Pesado – Earl Newman x Melvin Russell
  • Super Meio-Médio – Alicia Napoleon x Mary McGee
  • Meio-Médio – Jamal James x Ionut Dan Ion
  • Super Meio-Médio– Eric Walker x Patrick Day
  • Peso Pesado – Artur Szpilka x Adam Kownacki
  • Meio-Pesado – Marcus Browne x Sean Monaghan
  • Meio-Médio – Omar Figueroa Jr x Robert Guerrero

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar