UFC

Na França, Neymar tem segurança garantida por lutador do UFC. Entenda!

FOTO: Reprodução/Instagram

A relação de Neymar com o UFC vai além do carinho pelo MMA e presença nos principais eventos da maior organização da modalidade no mundo. Agora o jogador envolvido na transferência mais cara da história do futebol tem um lutador do UFC como seu principal “guarda-costas”. O craque do Paris Saint-Germain foi visto nos últimos dias ao lado do lutador Nordine Taleb, que segundo o “Daily Sun”, foi contratado pelo brasileiro para ser seu segurança particular na França.

Nascido em St. Tropez, França, Taleb é atleta da categoria dos meio-médios e treina na Tristar Gym, academia localizada em Quebec, Canadá, onde nomes como Georges Saint-Pierre e Rory MacDonald também treinam. O lutador tem uma trajetória positiva até agora no octógono do Ultimate. Em sete lutas, ele soma cinco vitórias e apenas duas derrotas.

Esta não é a primeira vez que um lutador de MMA aparece como segurança de um astro do esporte. O mais famoso atleta da modalidade a trabalhar na segunda profissão é Gonçalo Salgado, que já trabalhou como segurança de nomes como Cristiano Ronaldo, Gabriel Medina e Kelly Slater.

Se eu tivesse o dinheiro do Neymar, também contrataria um lutador de MMA como segurança. Não que eu não saiba me defender, mas é muita onda ter um lutador do UFC como segurança. A pessoa má intencionada vai pensar duas vezes antes de chegar perto do astro do futebol. Pode ter certeza. Agora, com a grana que tem, o Neymar podia contratar alguém mais conhecido. O que não falta é opção. Por exemplo: Michael Bisping, campeão dos médios do UFC, tá enrolando tanto pra voltar a lutar que um bico como segurança lhe cairia bem.

E sem exageros. Se bobear, o Nordine Taleb tá ganhando um dinheiro bom como segurança do Neymar. Para se ter uma ideia, em sua última apresentação, quando venceu Oliver Enkamp na decisão dos juízes, Taleb faturou US$ 39 mil (sendo US$ 17 mil de salário + US$ 17 mil de bônus por vitória + US$ 5 mil da Reebok).  Isso representa R$ 123 mil. Não é um salário, um pagamento frequente. É uma bolsa recebida pela luta feita em maio – ele ainda não tem seu próximo compromisso marcado. Quem sabe o trabalho com um dos atletas mais ricos do planeta lhe rende uma bela grana extra ou quem sabe maior daquela que ele recebe sendo lutador do UFC?!

Fato é que mal chegou na França e Neymar já está para lá de bem protegido.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar