Ganhador.com

Brasileirão Série A

Mano Menezes põe o Cruzeiro com força máxima para enfrentar o Bahia pela 24ª rodada do Brasileirão

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Focada na final da Copa do Brasil, Raposa não quer perder a chance de somar mais três pontos neste domingo (17), às 19h (de Brasília), no Mineirão

O Cruzeiro está bem perto de um título dos mais importantes do calendário – a tão desejada Copa do Brasil. Depois de empatar a partida de ida com o Flamengo por 1×1 no Maracanã, a equipe de Belo Horizonte agora precisa apenas de um resultado positivo em casa, no próximo dia 27, para ficar com a taça. Mas até lá o foco no Campeonato Brasileiro vai ser total, segundo o que promete o técnico Mano Menezes

Sassá pode ser a surpresa

O polêmico e eficiente atacante está com boas chances de voltar ao Cruzeiro neste final de semana. Com dores no joelho, ele espera a liberação do departamento médico para ajudar a equipe a manter a colocação no G-6. O Cruzeiro hoje é exatamente o sexto colocado na tabela, com 34 pontos. O adversário deste domingo não tem igual tranquilidade. O Bahia é o 15º, com 27 pontos.

 

O único desfalque certo de Mano Menezes para esta partida será o atacante Alisson, que sofreu uma entorse no joelho na vitória sobre a Chapecoense no último domingo. Além da possibilidade da entrada de Sassá, o volante Lucas Romero também é bastante cotado para atuar neste domingo.

 

O lateral-direito Ezequiel e o meia uruguaio Arrascaeta também estão recuperados e surgem como opções a Mano Menezes, que a princípio pensa em escalar os seguintes titulares: Fábio; Ezequiel, Leo, Murilo, Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Raniel seria o atacante isolado na frente.

Bahia espera contar com o retorno de Tiago

Fora da equipe na partida contra o Atlético-GO, o zagueiro e capitão Tiago deve atuar normalmente neste domingo em Belo Horizonte. Ele estava sofrendo com uma fascite plantar – chamada na Bahia e em grande parte do Brasil de “esporão -, mas treinou normalmente nesta semana e deve ir para o jogo. O técnico Preto Casagrande tem o que comemorar. Tiago é fundamental para a equipe neste momento de definição do Campeonato Brasileiro.

 

Dois nomes que em breve devem integrar a equipe são o colombiano Armero, recuperado de lesão muscular, e Wellington Silva, lateral-direito que readquire a forma física depois de operar o joelho.

 

O Bahia sofre com o desequilíbrio da equipe, que neste Brasileirão sofreu mais gols (31) que marcou (30). A equipe tampouco pode se permitir muitas experiências, pois sua distância para o Z-4 é de apenas um único ponto. Enquanto o Bahia soma 27, o histórico adversário Vitória, com 26, seria o primeiro a ser rebaixado.

 

A fase no campeonato é igualmente crítica. Os últimos dois jogos tiveram um empate – 1×1 com o Atlético-GO – e uma derrota – 2×1 para o Botafogo. Desde 20 de agosto, com um 3×0 sobre o Vasco, que o tricolor baiano não sabe o que é vencer pelo Brasileirão.

 

No primeiro turno, o Bahia ganhou apertado do Cruzeiro em casa: 1×0, gol de Edigar Júnio logo aos 18 minutos de jogo. A partida foi disputada em 8 de junho.

Palpite

Há grande diferença de qualidade entre as equipes. O Cruzeiro poderia estar ainda mais acima na tabela, caso não priorizasse algumas das suas competições de mata-mata ao longo do ano. A possibilidade de ganhar esta Copa do Brasil comprova que as escolhas foram acertadas e que obter uma das taças mais importantes do calendário seria mesmo motivo de festa e de considerar o ano positivo sob todos os aspectos.

 

O Bahia joga pressionado e sem grandes armas para prejudicar o Cruzeiro, que conta com mais opções táticas e com o Mineirão, onde se sente quase sempre muito bem. A fase como mandante é um pouco questionável. Das últimas cinco partidas, a Raposa não perdeu nenhuma. Mas só ganhou apenas uma, do Sport, em 20 de agosto.

 

Faz mais sentido imaginar uma vitória do Cruzeiro – sem muito esforço e sem muito brilho, que seja. Cravamos o 2×1. E para você? Como será a noite de domingo no Mineirão?

Jogos da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017

Sábado, 16 de setembro

  • 16:00 – Ponte Preta x Atlético-GO – Palpite: Ponte Preta
  • 19:00 – Botafogo x Santos – Palpite: Empate

 

Domingo, 17 de setembro

  • 11:00 – Avaí x Atlético-MG – Palpite: Atlético-MG
  • 16:00 – Flamengo x Sport – Palpite: Flamengo
  • 16:00 – Corinthians x Vasco – Palpite: Corinthians
  • 16:00 – Atlético-PR x Fluminense – Palpite: Atlético-PR
  • 16:00 – Grêmio x Chapecoense – Palpite: Grêmio
  • 16:00 – Vitória x São Paulo – Palpite: Empate
  • 19:00 – Cruzeiro x Bahia – Palpite: Cruzeiro

Segunda-feira, 18 de setembro

  • 20:00 – Palmeiras x Coritiba – Palpite: Palmeiras

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar