Ganhador.com

Campeonato Italiano

Mamma mia! Vai começar o Campeonato Italiano! Alguém será capaz de impedir o heptacampeonato da Juventus?

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Squadra de Turim é a atual hexacampeã da Itália (de 2011 a 2016) e a principal favorita para a próxima temporada

A contagem regressiva para o Campeonato Italiano já começou! Após dois meses de descanso, as principais equipes da Terra da Bota retornam com fôlego renovado para a próxima temporada – que terá o pontapé inicial no próximo final de semana. Em mais um ano la battaglia promete ser feroz… pelo segundo lugar. Isso porque a Juventus reinou absoluta nas últimas seis edições e chega mais forte do que nunca para prolongar seu legado por mais um ano.

Será que alguma equipe será capaz de fazer frente a La Vecchia Signora? Listamos os principais favoritos para a conquista do scudetto na temporada 2017/2018:

 

Mais um ano de hegemonia da Juve

As outras torcidas da Série A que me perdoem, mas será extremamente complicado tirar o sétimo título consecutivo da Juventus. O bom time de Massimiliano Allegri, que por muito pouco não faturou a Champions League, se reforçou de forma inteligente e está ainda mais forte para nadar de braçadas na competição. Para se ter uma ideia do favoritismo, as casas de aposta chegam a disponibilizar as famosas ‘futures’ tirando a Juve da lista, ou seja, focando na batalha pelo segundo lugar.

A base do ano anterior foi praticamente mantida – exceto por dois nomes da defesa: Daniel Alves e Bonucci. O lateral brasileiro foi para o PSG de Neymar e companhia, já o zagueiro, que chegou a perder a titularidade por problemas de relacionamento dentro do elenco, foi comprado pelo endinheirado Milan. Para os seus lugares chegaram o lateral da seleção italiana Mattia De Sciglio, ex-Milan, e o zagueiro Medhi Benatia – que atuava pelo Bayern de Munique.

O ataque, que já era bom com Higuaín, Dybala, Mandzukic, Quadrado e companhia limitada, ganhou os grandes reforços de Douglas Costa, também ex-Bayern, e Federico Bernadeschi – uma das maiores promessas do futebol italiano que explodiu na Fiorentina recentemente.

Time base no 4-2-3-1: Buffon; de Sciglio, Barzagli, Chiellini e Alex Sandro;  Khedira e Pjanic; Douglas Costa, Dybala e Mandzukic; Higuaín.

 

Napoli: “Lo scudetto non è più un tabù

Essa é a frase que marcou a pré-temporada do Napoli: o título não é mais um tabu. Essa é a mentalidade da equipe do sul da Itália – que nunca viu tão perto a chance de acabar com a hegemonia da Juve. A equipe terminou a última temporada ‘voando’ com o futebol mais vistoso da Terra da Bota: foram 84 pontos, recorde da equipe, e 94 gols marcados na última Série A. Dava gosto ver o time de Maurizio Sarri jogar.

Apesar de não ter o capital dos outros concorrentes, o principal triunfo foi manter o ataque avassalador formado por Hamsik, Callejon, Insigne e Mertens.  Se a equipe retomar o bom momento da última temporada, o primeiro título após a ‘era Maradona’ é uma realidade.

Time base com variação de 4-3-3 para 4-2-3-1: Reina; Hyaj, Albiol, Koulibaly e Ghoulan; Zielinski, Jorginho e Hamsik; Callejon, Insigne e Mertens.

 

La rivoluzione di Roma

Ao contrário dos principais rivais, a Roma chega bastante modificada. Mais do que a troca de comando técnico, a squadra vice-campeã tem por meta uma mudança de mentalidade para deixar de ser o time do ‘quase’. Lágrimas rolaram na despedida de Francesco Totti, mas agora é hora de seguir em frente.

Ficou claro que os Giallorossi começaram um planejamento no longo prazo vendendo nomes como Salah, Rudiger e Paredes e trazendo vários atletas jovens e com potencial para explodir. É inquestionável que os romanos possuem mais elenco – agora resta saber como o jovem Eusebio Di Francesco, ex-técnico do Sassuolo, vai montar essa equipe. Fique de olho no turco Cegiz Ünder.

Time base com variação de 4-3-3: Alisson; Karsdorp, Manolas, Fazio e Kolarov; De Rossi, Pellegrini e Nainggolan; Perotti, El Shaarawy e Dzeko.

 

Milan revitalizado pelo capital chinês

Após vários anos de mediocridade, os times de Milão voltam a figurar entre os favoritos graças à injeção gigantesca de dinheiro vindo da China. O Milan vê uma nova era se iniciar após 31 anos sob o comando de Silvio Berlusconi e Adriano Galliani. Os chineses não brincaram em serviço e trouxeram dez bons reforços – com destaque principal para o zagueiro Bonucci: discutivelmente um dos melhores do mundo e líder nato. Veremos como Vincenzo Montella vai se virar com eles.

Time base no 3-5-2: Donnarumma; Musacchio, Bonucci e Romagnoli; Conti, Kessie, Biglia, Calhanoglu e Rodriguez; Suso e André Silva.

 

Jogos da 1ª rodada do Campeonato Italiano 17/18

Sábado, 19 de agosto

  • 13h – Juventus x Cagliari
  • 15h45 – Verona x Napoli

Domingo, 20 de agosto

  • 13h – Atalanta x Roma
  • 15h45 – Bologna x Torino
  • 15h45 – Crotone x Milan
  • 15h45 – Inter x Fiorentina
  • 15h45 – Lazio x Spal
  • 15h45 – Sampdoria x Benevento
  • 15h45 – Sassuolo x Genoa
  • 15h45 – Udinese x Chievo

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar