Ganhador.com

Vôlei

Liga Mundial de Vôlei: Brasil tenta manter liderança na Bulgária

Foto: Divulgação FIVB

Equipe comandada pelo técnico Renan Dal Zotto enfrenta Canadá, Polônia e Bulgária neste final de semana

Varna, na Bulgária, será a cidade do mundo para onde os olhos dos fanáticos por vôlei no Brasil vão voltar suas atenções neste final de semana. É de lá que a seleção brasileira comandada pelo seu novo técnico, o ex-jogador Renan Dal Zotto, vai defender sua liderança no Grupo A na Liga Mundial de Vôlei, a principal competição anual do calendário de seleções.

Como todas as outras seleções, o Brasil fez três jogos até aqui – realizados em Pesaro, na Itália, na semana passada. A seleção conseguiu duas vitórias, sobre Irã e Itália, e perdeu uma no tie-break para a Polônia. Os adversários da rodada de agora, em Varna, serão, pela ordem, Canadá (10h10), Polônia (10h40) e Bulgária (14h40), entre sexta (9) e domingo (11).

A equipe de Renan foi a líder do seu grupo – o A – com sete dos nove pontos que poderia conquistar. A Polônia, segunda, somou cinco, enquanto Itália e Irã ficaram com apenas um.

Entre as muitas caras novas e já conhecidas que a seleção brasileira apresenta hoje, um dos destaques é o oposto Evandro, que terminou a primeira semana como maior pontuador da equipe e do grupo, com 68 acertos (63 de ataque, um de bloqueio e quatro de saque).

O atleta do Sada Cruzeiro celebrou seu momento: “Queríamos começar vencendo os três até para passar uma tranquilidade maior ao Renan, mas, mesmo no resultado negativo fizemos uma boa partida. Conseguimos colocar o que vínhamos treinando em prática e isso ajudou muito. Fiquei muito feliz com a confiança do Bruno em mim e espero que essa fase continue por muito tempo para eu poder aproveitar e ajudar muito a seleção brasileira”, disse.

O Brasil foi muito além da eficiência do seu oposto nesta primeira semana.

   

UM TIME, VÁRIOS DESTAQUES

O ponteiro Maurício Borges foi o segundo melhor no ataque na Liga Mundial até aqui, com 57,41% de eficiência, com Evandro logo atrás (57,27%).

Grande conhecido do torcedor, o levantador Bruninho está com o terceiro melhor índice em sua posição até aqui, enquanto o ponteiro Lucarelli aparece como melhor jogador na defesa. Maurício Borges aparece bem de novo no passe, com 64,41% de aproveitamento em suas recepções.

O Brasil está garantido nas finais da Liga Mundial porque a decisão deste ano, em julho, vai ser na Arena da Baixada, em Curitiba, e a seleção está automaticamente classificada por ser o país-sede.

Tal tranquilidade – estar na final antes mesmo da fase de classificação – é essencial para Renan Dal Zotto em seu início de trabalho.

“Essa semana, assim como a anterior, será de jogos extremamente competitivos. Não existe jogo fácil na Liga Mundial. São todos adversários muito difíceis e, neste primeiro ano de um novo ciclo olímpico existe um componente que dificulta ainda mais que são as alterações nas equipes. Com isso, temos menos material de estudo”, destacou o treinador.

Ele demonstrou satisfação – mas, no melhor estilo Bernardinho, não demonstrou conformismo com o que a seleção ainda tem para apresentar: “Os trabalhos estão sendo muito bons, os treinos estão rendendo, os jogadores correspondendo e tudo isso, sem dúvida, vem nos agradando”, completou Renan.

   

AGENDA

O Brasil está em sua segunda etapa de um total de três na fase de classificação. Os jogos da terceira e última etapa serão em Córdoba, na Argentina, onde o time de Renan terá pela frente a Bulgária, Argentina e Sérvia, nos próximos dias 16, 17 e 18.

A seleção é a maior vencedora da Liga Mundial, com nove títulos (1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2010). A segunda colocada, a Itália, está imediatamente atrás, com oito, mas os italianos começaram mal a atual edição e precisam evoluir se quiserem estar em Curitiba na decisão do mês que vem.

 

Próximos jogos

Confira os jogos da Liga Mundial previstos para este fim de semana em Varna (Bulgária). Horário de Brasília.

SEXTA-FEIRA, 9 DE JUNHO

  • 10h10 – Canadá x Brasil
  • 14h10  – Bulgária x Polônia

SÁBADO, 10 DE JUNHO

  • 10h40  – Brasil x Polônia
  • 14h10  – Canadá x Bulgária

DOMINGO, 11 DE JUNHO

  • 10h40  – Polônia x Canadá
  • 14h40  – Brasil x Bulgária

O Grupo A, do Brasil, tem a seguinte ordem:

  1. Brasil, 7
  2. Polônia, 5
  3. Itália, 1
  4. Irã, 1

Como os pontos são calculados: 3–0 ou 3–1: 3 pontos para o vencedor, nenhum para o perdedor; 3–2: 2 pontos para o vencedor, 1 para o perdedor.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar