NBA

Harden x Westbrook. A NBA está prestes a ganhar um novo MVP

Foto: Streeter Lecka/Getty Images

Houston e Oklahoma se enfrentam às 23h de hoje no duelo dos craques da temporada

Tão interessante quanto as próprias partidas em si, a disputa pelo MVP (Jogador Mais Valioso) da temporada regular vai atingir temperatura máxima nesta noite. Tudo porque às 23h (de Brasília) estarão em quadra, defendendo Houston Rockets e Oklahoma City Thunder, simplesmente James Harden e Russell Westbrook, os dois nomes que, vejam só, deixaram LeBron James e Stephen Curry para trás nesta temporada 2016/2017.

Não são poucos os que cravam nos Estados Unidos que do duelo geral entre Harden e Westbrook sairá o craque da temporada regular, o que vai significar uma nova e determinante fase na vida de cada um deles.

Tanto o “Barba” Harden quanto o “Zero À Direita” Westbrook jamais atingiram esta distinção, diferentemente de LeBron (quatro vezes MVP da temporada regular) e Curry (duas).

Outro dado que deixa o desempenho de Harden e Westbrook ainda mais especial é o que aponta a dificuldade das suas equipes em formar um MVP. O Houston Rockets, por exemplo, não tem um Jogador Mais Valioso desde a temporada 1993/1994, com o pivô nigeriano Hakeem “The Dream” Olajuwon. Exatos 23 anos. O Oklahoma tampouco tem tradição de emplacar craques como exibe agora com Westbrook. Apenas uma vez a equipe contou com um, e foi o recém-saído do time Kevin Durant, na temporada 2013/2014.

O Oklahoma City Thunder carrega este nome desde 2008, quando a franquia assumiu o que era o Seattle Supersonics, que também jamais contou com um MVP.

E o que tem tornado o desempenho de Harden e Westbrook tão especial neste ano? A capacidade de fazer de tudo em pouco em cada um dos duelos de suas equipes.

O “Barba” Harden está deixando a NBA de boca aberta com atuações como a da virada do ano, quando ele obteve uma atuação que muitos rotularam simplesmente de a “maior da história recente da NBA”.

Exagero? Que nada. Contra o New York Knicks, Harden simplesmente anotou 53 pontos, 17 assistências e 16 rebotes. Vejam a qualidade do “triplo-duplo”: um dos fundamentos passou a casa dos 50, enquanto dois chegaram perto da casa dos 20. Foi um desempenho realmente de outros tempos. Ou melhor: para todos os tempos.

O curioso é que ambos, Harden e Westbrook, já jogaram juntos: foi no Oklahoma que esteve perto de ser campeão em 2012. Mas agora, cinco anos depois, o fã da NBA agradece por ter a chance de ver cada um conduzir sua equipe a níveis históricos.

A média de Harden na atual temporada é de 28,4 pontos, 8,2 rebotes e 11,9 assistências em 36 partidas jogadas. Ou seja: é praticamente um “triplo-duplo” ambulante. Westbrook está ainda mais quente: 30,9 pontos, 10,5 rebotes e 10,5 assistências.

O que esperar desta noite? Um jogo digno dos tempos de Jordan x Johnson, Nash x Nowitzki, e definido só nas últimas bolas.

Foi assim nas duas vezes que Rockets e Thunder se encontraram na temporada. Placares apertados e craques exibindo o seu melhor: em 10 de dezembro, 102×99 para o Houston; em 17 de novembro, 105×103 para o Thunder.

Na soma dos dois jogos, Houston 205×204 Oklahoma. Uau.

Atuando em casa, é bem fácil imaginar que Harden e o Houston vão dominar o jogo e ganhar com folga. Westbrook sofre certa pane em seu jogo, embora a noite de hoje seja perfeita para ele se recuperar. Mas o recorte momentâneo de cada um é mesmo bem diferente. Harden e os Rockets vêm de cinco vitórias seguidas. Westbrook e o Thunder perderam três das últimas quatro partidas.

O confronto dos craques é tão especial que poucos acabam olhando para o restante das partidas desta quinta. Mas há sim confrontos bastante interessantes, em especial o Nuggets x Spurs da 0h.

Falando de craques, tem sido particularmente notável o que vem fazendo o argentino Manu Ginóbili pelo San Antonio. Ele tem atuado pouco – só 18 minutos por jogo -, mas sempre muito bem quando está em quadra. Tanto que é um dos escolhidos para fechar os jogos, e muitas vezes responsável pela cesta que define as vitórias.
 

 

Os oito jogos desta noite na NBA:

  • 22h00 – Indiana Pacers (1,15) x Brooklyn Nets (5,75)
  • 22h30 – Detroit Pistons (1,57) x Charlotte Hornets (2,55)
  • 22h30 – Toronto Raptors (1,41) x Utah Jazz (3,00)
  • 23h00 – Houston Rockets (1,23) x Oklahoma City Thunder (4,55)
  • 23h00 – New Orleans Pelicans (1,68) x Atlanta Hawks (2,25)
  • 23h30 – Dallas Mavericks (1,40) x Phoenix Suns  (3,05)
  • 00h00 – Denver Nuggets (3,60) x San Antonio Spurs (1,31)
  • 01h30 – Portland Trail Blazers (1,52) x Los Angeles Lakers (2,43)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.