Ganhador.com

Brasileirão Série A

Grêmio recebe o Sport querendo colocar fogo no segundo turno do Campeonato Brasileiro da Série A

Jogando em casa, o tricolor gaúcho aposta em uma vitória para recolocá-lo na briga pelo título de Campeão Brasileiro

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Dezenove rodadas depois de “esnobar” o Sport e nem mesmo acompanhar o time B do Grêmio na Ilha do Retiro pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro – vitória do Sport por 4 a 3 –, o técnico Renato Gaúcho encara a equipe de Vanderlei Luxemburgo, na Arena do Grêmio, precisando da vitória para tentar entrar de novo na briga pela liderança do campeonato.

 

Briga pelo título

Por conta das escolhas do técnico Renato Gaúcho no primeiro turno – poupando titulares em oportunidades altamente questionáveis – o Grêmio viu o Corinthians disparar na liderança e, depois da derrota por 1 a 0 em casa, passou a tratar o Brasileirão como um “Plano B” mantendo seu foco principal na Libertadores e na Copa do Brasil – competição da qual foi eliminado pelo Cruzeiro na última quarta-feira. Tivesse o Timão mantido o aproveitamento do primeiro turno e o campeonato estaria, a esta altura, decidido. Mas quis o destino que o líder do Campeonato Brasileiro tropeçasse diante de dois candidatos ao rebaixamento (Vitória e Atlético_GO) e colocasse no colo do Grêmio a oportunidade de voltar à briga pelo título – ou, pelo menos, colocar algum tempero no segundo turno.

Pensando em diminuir a diferença para o líder de 10 para 7 pontos, a equipe gaúcha deu de ombros para as quartas de final da Primeira Liga e mesmo correndo o risco de “amentar a freguesia” para o Cruzeiro, mandou o “time B” para o Mineirão na última quarta-feira. O resultado foi o que se esperava: 2 a 0 para a Raposa que mais uma vez tirou o tricolor gaúcho de um mata-mata. Tudo isso para que Renato Gaúcho pudesse trabalhar com o time titular de olho no duelo deste sábado que fecha a 22ª rodada do Brasileirão.

Mas nem tudo são flores em Porto Alegre. O “professor” não poderá contar com Luan, convocado para a Seleção Brasileira e nem com os atacantes Pedro Rocha – vendido por 12 milhões de Euros para o Spartak de Moscou – e Miller Bolaños, emprestado ao Tijuana do México (se bem que neste caso, o atleta não vinha sendo utilizado pelo treinador). O meia Lincoln, emprestado para o Rizespor, da Turquia, também está fora. Por outro lado, Pedro Geromel deverá estar de volta após se recuperar de uma contusão.

No mais, o Grêmio deve ir à campo com a formação considerada titular – sem nenhuma grande surpresa – de olho apenas na vitória que pode fazer o time renascer das cinzas no Brasileirão.

 

Namorando com o G-6

Dois empates e duas derrotas nos últimos quatro jogos fizeram o Sport cair na tabela. Com 28 pontos, a equipe do “profexô” Luxemburgo precisa da vitória para ultrapassar o Cruzeiro, 6º colocado com 31 pontos, e voltar para o G-6 – e para a Libertadores, o seu grande objetivo no campeonato.

Com a chegada do meia Wesley (ex-São Paulo), Luxemburgo poderá optar por uma formação com um meio-campo mais forte, com três volantes (Patrick, Rithely e Wesley), um meia de ligação (Diego Souza) e dois atacantes (André e Osvaldo). Pode ser uma boa maneira de incomodar a defesa gaúcha sem se desproteger na retaguarda.

 

Histórico dos times

Desde a primeira edição do Brasileirão, em 1971, Grêmio e Sport tiveram 40 confrontos diretos. Os gaúchos levam ampla vantagem: ganharam metade das partidas. Os rubro-negros venceram apenas 10 e foram registrados outros 10 empates. No entanto, ao vencer o Grêmio por 4 a 3 no primeiro turno, o Sport ampliou para quatro a sequência de vitórias seguidas diante dos gaúchos – desde o Campeonato Brasileiro de 2015 o Grêmio não sabe o que é vencer o Leão.

 

Nosso palpite

Mesmo entrando com três volantes, dois goleiros e um pai de santo, dificilmente o Sport terá condições de segurar o time titular do Grêmio em Porto Alegre. Os comandados de Renato Gaúcho devem fazer valer a maior qualidade de seu elenco, confirmar os 3 pontos em casa, mostrar para o Corinthians que ainda tem jogo no Campeonato Brasileiro e que a profecia de Pai Renato segue se concretizando – “vai despencar…”.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar