Ganhador.com

NBA

Golden State Warriors vence San Antonio Spurs na 1ª final. E Celtics x Wizards, quem passa?

Foto: Pool/Getty Images

Enquanto a Conferência Oeste já começou sua decisão, a Leste ainda define a semifinal

O Golden State Warriors confirmou o favoritismo e abriu 1-0 na final da Conferência Oeste. Jogando em casa, a equipe venceu o San Antonio Spurs por 113×111 e inaugurou a contagem na série na noite deste domingo (14).

O jogo, porém, foi bem mais difícil que o esperado. Pode-se dizer até que o Golden State escapou da derrota nesta primeira partida.

A equipe encontrou enormes dificuldades diante de um San Antonio que jogou tudo o que sabe. Mesmo lidando com a manjada tática dos Warriors de acelerar o começo, os Spurs ganharam o primeiro quarto com talvez sua melhor atuação no playoff até aqui: um sonoro 30×16 que deixou a Oracle Arena sem acreditar no que estava acontecendo.

O público continuou espantado no segundo quarto, quando os Spurs abriram 25 (!!!) pontos de vantagem e colocaram os Warriors nas cordas pela primeira vez nos playoffs. Parecia impossível que a série invicta de 8-0 não terminaria – e diante de um San Antonio que surgia muito limitado e muito aquém das condições técnicas do badalado Golden State.

E foi assim, com os Spurs soberanos, que os dois times entraram no vestiário no intervalo, com um surpreendente 62×42 no placar.

A grande diferença neste Jogo 1 foi, mais uma vez, a mente privilegiada do técnico Gregg Popovich, dos Spurs, que tirou proveito dos problemas físicos de Steve Kerr, que operou a coluna na semana passada e não está conseguindo treinar os Warriors normalmente. Uma imensa ironia no meio de uma liga tão profissional e tão esmerada no físico de seus atletas.

O físico – e sem ele, nem os técnicos e nem as estrelas atuam bem.

   

Kawhi, de novo machucado

Pois foi exatamente isto o que aconteceu com os Spurs no terceiro quarto. O San Antonio vencia por 78×55 e controlava a partida a 7min55 do final do período. Foi quando Kawhi Leonard tentou o arremesso e caiu em cima do pé de Zaza Pachulia, dos Warriors. Resultado: Kawhi torceu o tornozelo esquerdo, o mesmo que o havia tirado de combate na série contra os Rockets. O astro saiu de quadra carregado e hoje vai fazer exames para saber a gravidade da contusão.

Os Spurs, depois disso, desmoronaram.

O Golden State anotou 18 pontos seguidos e cortou a distância para só quatro de vantagem. A 4min09s do fim houve a virada, em cesta de Kevin Durant, colocando os Warriors na liderança pela primeira vez desde os instantes iniciais de jogo.

A partida seguiu bastante equilibrada, com Popovich encontrando as saídas para continuar no jogo, mas o Golden State achou as mesmas respostas e ofereceu a maior resistência possível. E com êxito: os placares do terceiro e do quarto período foram de 39×28 e 32×21 para o Golden State, que segurou a liderança até o 113×111 final. Foi a maior virada em um playoff desde os 26 pontos de vantagem que os Celtics buscaram sobre os Nets em 2003.

Os destaques individuais foram Stephen Curry, com 40 pontos pelo Golden State, e LaMarcus Aldridge, com 28 pelos Spurs.

O bom arranque do San Antonio mostra que, sim, podemos ter certo equilíbrio nesta série, mas só se houver mesmo uma dose de colaboração do Golden State. Que os Warriors tenham buscado uma partida em que estiveram 25 pontos atrás dá um sinal claro de quem é quem nesta série. Os Spurs desperdiçaram uma chance incrível de fazer o 1×0 fora de casa. E tais presentes não costumam ser recusados quando oferecidos na sempre competitiva e impiedosa NBA.

O próximo encontro? Já nesta terça, de novo na quadra dos Warriors, a partir das 22h (de Brasília).

   

Em 24 segundos…

…E chegou o grande dia do Jogo 7 entre Celtics e Wizards, a série mais louca da NBA nos últimos tempos.

…Entre tantas idas e vindas até aqui, ganhou sempre quem teve o mando de quadra – e o duelo de hoje será em Boston. Nosso palpite para vencedor vai mesmo para os Celtics.

…Os dois times atuam com o que têm de melhor. O Washington está animado com a enorme atuação de John Wall no sábado, quando acertou uma histórica cesta de três nos segundos finais para impedir o 4×3 dos Celtics.
…Enquanto as duas equipes dão o máximo, os Cavs dão risada. E, nas horas vagas, treinam. Já são oito dias – ou seja, mais de uma semana – desde a última partida contra os Raptors.

   

O jogo único da NBA na noite desta segunda será:

  • 21h00 – Boston Celtics x Washington Wizards (3-3)

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. JOAO VICTOR GOMES DA SILVA

    16 de maio de 2017, às 12:33

    Nossa,nunca vi matéria mais tendenciosa…Sem Tony Parker,os Spurs colocaram 25 pontos de vantagem marcando primorosamente bem e anulando a eficiência ofensiva dos Warriors.Numa jogada suja de Pachulia,o jogador mais completo da liga saiu e permitiu uma virada dos Warriors.Talvez esse “timaço” não seja tão bom assim…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar