Brasileirão Série B

Goiás, Paraná, Náutico e Pelotas em campo nesta quarta pela Série B, enquanto Inter se prepara para clássico

Foto: Site Oficial Náutico-PE

Duas partidas deste meio de semana devem ser bem equilibradas

A 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro começou nesta segunda-feira, com um empate em 0 a 0 entre Guarani e Vila Nova. O resultado foi péssimo para a equipe de Campinas, que segue longe do G-4, e ótima para os goianos, que seguem firme na zona de acesso. Só que mais duas partidas movimentam a semana da Segundona, com Goiás e Paraná, e Náutico contra Brasil de Pelotas. De folga até sexta-feira, o Internacional se prepara para o clássico gaúcho contra o Juventude.

Estão na porta

O duelo entre Goiás e Paraná traz um detalhe curioso. As duas equipes são as primeiras de fora das duas zonas da Série B do Brasileirão. Os goianos estão em 16º colocado, ou seja, logo acima do Z-4, enquanto os paranaenses estão em quinto, um abaixo do G-4.

Com isso, o confronto entre os dois vai ser carregado de tensão, pois ambos não só querem, como precisam vencer para não descerem na tabela. Apesar de jogar em casa, o alviverde é o que chega menos cotado para esta partida. A equipe não sabe o que é vencer há cinco jogos e parece estar mergulhado em uma crise sem fim. Nem mesmo o mando de campo anima para conseguir um resultado positivo, pois já foi derrotada cinco das 11 vezes que aturaram em casa.

No entanto, como Paraná é um péssimo visitante, com apenas um triunfo atuando fora, a chance de o Goiás arrancar ao menos um empate é considerável. Os paranaenses até vivem um bom momento dentro de campo, com ascensão na Série B e classificação sobre o Flamengo na Primeira Liga, mas a turbulenta demissão do técnico Lisca pode atrapalhar o rendimento.

 

Acelera, Timbu

Depois de um péssimo começo de campeonato, quando conquistou somente oito pontos em 17 jogos, o Náutico se recuperou, ganhou três das cinco partidas seguintes e voltou a ter chances de fugir do rebaixamento.

Porém, a reação ainda é pequena para quem tem que tirar tanta diferença – que hoje é de oito para o primeiro de fora do Z-4. Sendo assim, precisa ter um desempenho próximo de 100% nos jogos em casa restantes se quiser seguir na luta. Nesta quarta-feira, a chance de garantir mais três pontos é considerável, pois encara o limitado Brasil de Pelotas. Caso não consiga a vitória, a queda para a Série C vai parecer questão de tempo.

Do outro lado, os gaúchos se preocupam apenas em se manter longe da zona de rebaixamento. A distância para o G-4 é até alcançável, de sete pontos, mas o time não tem qualidade para correr atrás. Para o compromisso em Pernambuco, é pouco provável que consiga mais que um empate.

Pausa em boa hora

A folga na Série B por causa das eliminatórias aconteceu no melhor momento possível para o Internacional. O clube acabou de assumir a liderança da competição e com isso ficou duas semanas trabalhando sem pressão. Caso isso tivesse acontecido algumas rodadas atrás, o clima no Beira-Rio estaria tenso e os jogadores ansiosos para voltar a campo.

No entanto, apesar deste ambiente tranquilo, o colorado tem que retomar o foco pois a volta não será fácil. A equipe encara o forte Juventude fora de casa e sabe que o adversário quer entrar no G-4, portanto, qualquer desatenção pode significar uma derrota.

Jogos da 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017

Quarta-feira, 6 de setembro

  • 19:30 –Goiás x Paraná. Palpite: 1 a 1
  • 21:45 – Náutico x Brasil de Pelotas. Palpite: Náutico vence por 1 a 0

Sexta-feira, 8 de setembro

  • 19:15 – Boa Esporte x Figueirense. Palpite: Boa Esporte vence por 2 a 0
  • 21:30 – Paysandu x América-MG. Palpite: 1 a 1

Sábado, 9 de setembro

  • 16:30 – Criciúma x Luverdense. Palpite: Criciúma vence por 2 a 0
  • 16:30 – Juventude x Internacional. Palpite: 2 a 2
  • 16:30 – Londrina x Ceará. Palpite: Londrina vence por 2 a 1
  • 19:00 – ABC x Santa Cruz. Palpite: Santa Cruz vence por 1 a 0
  • 19:00 – CRB x Oeste. Palpite: CRB vence por 2 a 0

 

Classificação da Série B do Campeonato Brasileiro 2017

  1. Internacional, 42 – Série A
  2. América-MG, 41 – Série A
  3. Vila Nova, 39 – Série A
  4. Ceará, 37 – Série A
  5. Paraná, 34
  6. Juventude, 34
  7. Guarani, 32
  8. CRB, 32
  9. Boa Esporte, 31
  10. Criciúma, 31
  11. Oeste, 31
  12. Brasil de Pelotas, 30
  13. Londrina, 30
  14. Paysandu, 27
  15. Luverdense, 27
  16. Goiás, 25
  17. Figueirense, 24
  18. Santa Cruz, 23
  19. Náutico, 17
  20. ABC, 16

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.