Ganhador.com

Copa Libertadores

Favoritos da Copa Libertadores 2017: Palmeiras, River Plate, Flamengo, Atlético-MG, Santos e Grêmio

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

A fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017 está a todo vapor! Quem será que vai ganhar? Os palpites já começaram! Atual campeão brasileiro, o Palmeiras é o grande favorito. Porém, outros times brasileiros também chegam bem cotados: Flamengo, Atlético-MG, Santos e Grêmio. No top 6 de grandes favoritos, apenas o River Plate representa os nossos hermanos. É o Brasil contra o resto da América do Sul!

Confira abaixo a análise dos times favoritos a campeão da Libertadores deste ano:

 

Palmeiras

Rebaixado à Série B em 2012, de lá para cá o Verdão deu uma bela volta por cima. Foi campeão da segundona em 2013, voltou para a elite em 2014, ergueu o caneco da Copa do Brasil em 2015 e, em 2016, fez a segunda melhor campanha da era dos pontos corridos com vinte times no Brasileirão. Os torcedores adversários não se cansam de lembrar que o Palmeiras não tem Mundial. Mas por quanto tempo? Se continuar no embalo que está agora, talvez essa realidade mude até o final do ano.

A resignação de Cuca no final da temporada passada foi amarga para os palestrinos, que estavam contentes com o foco que o treinador tinha em resultados, e com os 70% de aproveitamento alcançados pela equipe no Brasileirão. Quando Eduardo Baptista assumiu, todos se perguntavam se ele daria conta do recado. A pressão foi enorme. Além disso, o ex-Ponte Preta precisou lidar com a saída do jovem artilheiro do time, Gabriel Jesus, transferido para o Manchester City. No início, cada novo jogo parecia valer a cabeça do técnico. Mas ele se saiu muito bem, alcançando a margem dos 75% de aproveitamento nos jogos oficiais deste início de temporada.

Atualmente, o Palestra é dono da melhor campanha no Campeonato Paulista. Com 21 pontos na tabela, lidera o Grupo C e já garantiu a classificação para as quartas de final com três rodadas de antecedência. Venceu o São Paulo por 3 a 0 e encerrou o tabu contra o Santos na Vila Belmiro. Na Copa Libertadores, lidera também o Grupo 5, tendo empatado jogando com um a menos contra o Atlético Tucumán e vencido o Jorge Wilstermann com gol de Yerry Mina no último minuto de jogo.

 

River Plate

Assim como o Palmeiras, o River Plate também viveu seu momento de morte e ressurreição nesta década. Rebaixado pela primeira vez na história em 2011, foi campeão da Primeira B em 2012 e retornou para a elite argentina em 2013. A partir de então, voltou a acumular taças. Em 2014 foram o Campeonato Argentino e a Copa Sul-Americana. Em 2015, venceu a Recopa, a Copa Suruga e a Libertadores da América.

Em 2016, foi novamente campeão na Recopa e conquistou pela primeira vez a Copa da Argentina, ao anotar o placar 4 a 3 contra o Rosário Central. Três dos gols da final foram do artilheiro do campeonato, Lucas Alario, que recentemente recusou propostas do futebol chinês, estendeu seu contrato com os Millionarios e já marcou presença na Libertadores 2017. Fez um gol na estreia, ocasião em que o time venceu o Independiente Medellín por 3 a 1, fora de casa, e assumiu a liderança do Grupo 3. Nesta quarta-feira, o placar se repetiu no Campeonato Argentino: 3 a 1 fora de casa, dessa vez contra o Lanús. Com a vitória, o River subiu para a 6ª colocação.

 

Flamengo

Tendo caído no grupo da morte, o Flamengo é o único time da lista de favoritos que já sofreu uma derrota na fase de grupos e está fora da zona de classificação. Seu favoritismo deve-se principalmente ao entrosamento do elenco. Apesar de ter ficado só no “cheirinho” no Brasileirão do ano passado, o time tem voado. Com Diego, Paolo Guerrero, Mancuello e Trauco — que chegou nessa temporada, mas já conquistou a torcida — o Rubro-Negro atropelou o Grupo B no Campeonato Carioca. Nas cinco rodadas da Taça Guanabara, marcou 17 gols. Venceu o Vasco nas semifinais e só foi parado pelo Flu nos pênaltis.

Na Libertadores, goleou o San Lorenzo no Maracanã, mas perdeu para a Universidad Católica, no Chile. Os três pontos na tabela deixam o Fla em terceiro lugar, atrás da própria Cato e do Atlético-PR. A seu favor, possui saldo de gols superior aos demais times do grupo, o que pode fazer a diferença mais para frente, nos critérios de desempate.

 

Atlético-MG

Outro time que está fazendo bonito no estadual, o Atlético-MG mantém os 100% de aproveitamento nessas oito rodadas do Campeonato Mineiro. Já soma um saldo de 17 gols por lá, com 22 marcados e 5 sofridos. Faltando três rodadas para o final da fase de grupos, o Galo já está classificado para as semifinais. Soma 24 pontos na tabela, quatro à frente do vice-líder, Cruzeiro. Na verdade, a única derrota que o Galo sofreu em 2017 foi contra a Raposa, na 1ª rodada da Primeira Liga. Mesmo com o revés, conseguiu se classificar para o mata-mata.

A estreia na Libertadores foi fora de casa, jogando na Argentina contra o Godoy Cruz. Conseguiu emplacar um empate por 1 a 1, com gol de Fred. O artilheiro tem média de 1,22 gols por jogo nesta temporada, tendo marcado 11 em 9 partidas que disputou. Danilo Barcelos, Otero e Rafael Moura marcaram três cada um. O outro jogo do grupo na 1ª rodada da fase de grupos também resultou em empate entre Libertad e Sport Boys, então todos os times contam com apenas 1 ponto na tabela.

 

Santos

Apesar da belíssima campanha no Brasileirão do ano passado — que rendeu a briga pela liderança nas últimas rodadas — o Santos não começou a temporada de 2017 tão engrenado assim. Enquanto o Palmeiras e o Corinthians lideram o Campeonato Paulista, com 24 e 19 pontos na tabela, o Santos faz apenas o suficiente para mandar no próprio grupo, com 16 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, vice do grupo. Depois de golear o Linense no primeiro jogo do ano, o Peixe perdeu eficiência. De três clássicos que jogou, foi superado em todos, dois deles na Vila Belmiro. Também perdeu em casa para a Ferroviária, vice-lanterna da competição. Se bobear nas últimas rodadas, há chances de ficar de fora do mata-mata.

Por outro lado, as duas rodadas iniciais na Libertadores foram boas. O futebol não chegou a impressionar, mas o resultado saiu. Com um empate com o Sporting Cristal fora de casa e uma vitória por 2 a 0 na Vila, contra o The Strongest, o Peixe lidera o Grupo 2.

 

Grêmio

E é claro que o atual campeão da Copa do Brasil não poderia ficar de fora da lista de favoritos à Copa Libertadores! Até o momento, o Tricolor Gaúcho terminou empatado em metade dos jogos oficiais disputados em 2017. Pode não ser um dos inícios mais empolgantes da história, mas está cumprindo seu papel. No Campeonato Gaúcho, o Grêmio se mantém na terceira colocação. Já na Primeira Liga, tem jogado com time recheado de reservas e jovens promessas. Mesmo assim, segue vivo na competição, precisando de uma vitória em casa contra o América-MG para seguir para a próxima fase.

Enquanto isso, as coisas andam mais agitadas na Libertadores! O Grêmio jogou apenas uma vez, contra o Zamora. Com gols de Luan e Léo Moura, voltou da Venezuela com três pontos na tabela e a liderança do Grupo 8.

 

Demais times brasileiros

Atlético-PR e Botafogo também começaram a copa entrando na zona de classificação e estão bem cotados. A Chapecoense venceu fora, mas perdeu em casa. Disputa um grupo equilibrado, ficando em último nos critérios de desempate.

 

Favoritos ao título na Copa Libertadores da América 2017

  • Palmeiras (6.50)
  • River Plate (9.00)
  • Flamengo (10.00)
  • Atlético-MG (10.00)
  • Santos (11.00)
  • Grêmio (13.00)
  • Atlético-PR (15.00)
  • Botafogo (21.00)
  • Estudiantes (21.00)
  • Atlético Nacional Medellín (21.00)
  • Universidad Católica (21.00)
  • Godoy Cruz (26.00)
  • Lanús (26.00)
  • The Strongest (26.00)
  • Chapecoense (26.00)
  • Demais times (34.00 a 151.00)

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Reginaldo

    30 de abril de 2017, às 14:31

    Gremio Rs

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar