Ganhador.com

Copa do Brasil

Entenda por que o Atlético Mineiro não terá problemas para eliminar o Paraná da Copa do Brasil

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Apesar da vitória paranista no jogo de ida, Galo conta com a força do Horto e um melhor elenco para alcançar as quartas de final da competição.

A quarta-feira (31) será de decisão para Atlético-MG e Paraná na Copa do Brasil 2017. E se o Galo for eliminado, em duelo marcado para começar às 21h45 (horário de Brasília), no estádio Independência, teremos uma verdadeira zebra, talvez a maior da etapa que reúne 16 times. Mas é bem difícil que isso aconteça dado o abismo técnico entre ambos, além do fato de os mineiros atuarem no Horto, local em que poucos visitantes saíram com a vitória nos últimos anos.

 

ATLÉTICO-MG X PARANÁ

É bom os torcedores ou aqueles que acreditam que o Paraná, fora de seus domínios, possa surpreender o Atlético caírem na real. A partida de ida, como se sabe, terminou com o belo e heroico triunfo paranista por 3 a 2. Mas sabe aqueles dias em que tudo dá certo para um lado e acontece exatamente o oposto do outro? Assim podemos definir o resultado positivo do Tricolor da Vila.

Durante quase todo o confronto, os comandados de Roger Machado foram superiores, quando envolveram o adversário em seu campo de defesa e tiveram inúmeras chances de marcar. O Galo ficou duas vezes à frente do marcador, mas em lances pontuais – alguns deles em cochilos do sistema defensivo – os mandantes balançaram as redes três vezes. Mas não se pode tirar os méritos de Guilherme Biteco, destaque do confronto e responsável por dois gols da representação curitibana.

E tem mais: outro aspecto que atesta a acidental vitória do Paraná é a própria campanha irregular na Série B, quando soma cinco pontos em quatro compromissos disputados. Se o time treinado Cristian de Souza fosse realmente páreo para o Atlético-MG, no mínimo, teria que estar liderando a Segundona do Brasileirão.

 

HISTÓRICO DO CONFRONTO ENTRE ATLÉTICO-MG E PARANÁ

Total de jogos (oficiais): 21

Brasileirão: 15
Copa do Brasil: 3
Copa Sul-Minas: 3

Vitórias do Paraná: 9
Vitórias do Atlético-MG: 8
Empates: 4

Deu para perceber acima, o equilíbrio do duelo com ligeira vantagem para o Paraná. Mas há um detalhe importante a ser destacado. Quando vai a Belo Horizonte, o Tricolor da Vila costuma não retornar a Curitiba com boas recordações. Em 11 jogos disputados na capital mineira, o clube conseguiu vencer apenas em duas ocasiões, obteve mais três empates e perdeu as outras seis partidas. Com relação aos gols, foram 23 sofridos e apenas nove tentos favoráveis.

 

O QUE CADA EQUIPE PRECISA PARA SE CLASSIFICAR?

No caso dos donos da casa, basta uma vitória com um gol de diferença, seja por 1 a 0 ou 2 a 1. A repetição do marcador do primeiro jogo, desde que seja em favor dos mineiros, leva a decisão da vaga para os pênaltis. Se o Paraná fizer três gols, o Galo precisará ter mais três à frente e assim sucessivamente. No caso dos visitantes, basta um empate para alcançar as quartas de final da competição ou qualquer triunfo, independente do marcador. Além disso, é possível, também, se qualificar à próxima etapa com derrotas dor um gol de diferença, desde que seja em placares a partir de 4 a 3 para o Atlético.

No entanto, há um alento para os paranistas. Em 1998, as duas equipes se encontraram nas oitavas de final da Copa do Brasil. Naquele ano, o Tricolor do Vale venceu o primeiro duelo, em casa, por 1 a 0. E no confronto de volta, na capital mineira, houve empate em 1 a 1, combinação que eliminou o Galo.

 

Prováveis escalações:

PARANÁ: Léo; Leandro Vilela, Eduardo Brock, Rayan, Igor, Gabriel Dias; Alex Santana, Renatinho, Guilherme Biteco; Pedro Bortoluzo, Robson.
Técnico: Cristian de Souza

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Rafael Carioca, Elias, Cazares; Robinho e Fred.
Técnico: Roger Machado

 

Palpite

O texto está bem elucidativo no sentido de apontar o Atlético-MG como grande favorito e muito perto da vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Mas é preciso uma postura vencedora desde o início, já que o Galo vem pecado, nos últimos jogos, justamente por não conseguir impor a sua superioridade diante dos outros adversários. Mas, no fim das contas, os mandantes ganham por dois gols de vantagem.

 

Demais jogos da Copa do Brasil

A seguir, fique com as demais partidas de volta das oitavas de final da Copa do Brasil (favoritos em negrito):

  • 31/05 – 19h30 – Fluminense x Grêmio – palpite: empate
  • 31/05 – 19:30 – Atlético-PR x Santa Cruz
  • 31/05 – 21:45 – Atlético-MG x Paraná
  • 31/05 – 21:45 – Internacional x Palmeiras
  • 31/05 – 21:45 – Sport Recife x Botafogo
  • 01/06 – 21:30 – Chapecoense x Cruzeiro

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar