Ganhador.com

Brasileirão Série A

Embalados por duas vitórias consecutivas no Brasileirão, Atlético Paranaense e Chapecoense testam forças na Arena da Baixada

Chapecoense
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Seis pontos atrás do Botafogo, último clube do G-6, Furacão continua firme buscando Copa Libertadores; Verdão do Oeste quer mais um triunfo para praticamente encerrar qualquer possibilidade de rebaixamento

Demorou um terço do Brasileirão, mas Atlético Paranaense e Chapecoense parecem ter engatado a sexta marcha na competição nacional. Com duas vitórias consecutivas no torneio, Furacão e Verdão do Oeste se encontram neste sábado (28 de outubro), às 21h, na Arena da Baixada. Uma vitória pode colocar os paranaenses muito próximos do Botafogo, sexto colocado e dono da última vaga da preliminar da Copa Libertadores de 2018. Já os catarinenses querem se livrar de vez de qualquer rebaixamento. Quem vence este confronto em Curitiba? Confira o prognóstico do duelo!

 

Esperança rubro-negra

Em meio à briga política no clube e ainda aos protestos da principal organizada, que tem ficado do lado de fora do estádio durante os jogos, os jogadores do Atlético Paranaense parecem finalmente ter separado as duas situações com seus desempenhos dentro de campo. Prova disso são os dois triunfos consecutivos, contra Vitória, no Barradão, e Sport, na Arena da Baixada.

Com mais uma partida em casa, o Furacão quer recuperar a fama de mandante mais temido do futebol brasileiro. Melhor campanha do Brasileirão de 2016 atuando dentro de seus domínios, o time paranaense caiu vertiginosamente na edição deste ano jogando em Curitiba. Dos 45 pontos disputados no Paraná, o clube ganhou apenas metade deles – 22. São seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas, o que coloca a equipe na modesta 12ª posição entre os mandantes.

Tentando recuperar o prestígio na Arena da Baixada, o comandante Fabiano Soares aposta na boa fase do atacante Ribamar, que foi decisivo nas últimas duas rodadas. Primeiro, o centroavante anotou dois gols na vitória fora de casa sobre o Vitória por 3×2. Depois, deu uma assistência no triunfo sobre o Sport por 2×1. Agora, terá oportunidade de coroar as recentes performances com gols em casa. Será?

 

Pés no chão

As duas vitórias na sequência sobre Atlético Mineiro e Fluminense levantaram a possibilidade de a Chapecoense entrar na briga pela próxima Libertadores. Apesar da possibilidade, o clube tem como principal objetivo zerar de vez qualquer chance de queda para a Série B. Os catarinenses estão em 11º com 38 pontos, cinco pontos a mais que o Vitória, primeiro time do Z-4.

Com os “pés no chão”, o técnico Gilson Kleina espera arrancar um ponto do próximo rival, que historicamente é muito forte em casa. Para isso, ele tem uma carta na manga. O lateral João Pedro, um dos destaques da equipe na conquista do estadual, pode ser a grande novidade na escalação titular. O lateral, que também atua no meio e ainda é vinculado ao Palmeiras, está recuperado de uma lesão no joelho que o tirou dos gramados por cinco meses.

Por outro, o comandante do Verdão do Oeste ganhou uma importante baixa para a reta final do Brasileirão. O meia venezuelano Seijas teve constatada uma lesão colateral no joelho esquerdo. Com contrato de empréstimo até o final do ano, o estrangeiro foi devolvido ao Internacional e encerrou sua era no time de Chapecó.

 

Escalações

Recuperado de lesão, o lateral Jonathan deve retornar à lateral direita do Atlético Paranaense. Por outro lado, Paulo André continua entregue ao departamento médico. Assim, a dupla de zaga deve ser formada por Thiago Heleno e Wanderson.

Confira a possível escalação do Furacão: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Lucho González e Guilherme; Nikão, Douglas Coutinho (Gedoz) e Ribamar.

Na Chape, a ordem é não mexer no time que está ganhando. Os 11 titulares de Kleina devem ser: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo (Alan Ruschel); Amaral, Moisés Ribeiro, Canteros (João Pedro) e Luiz Antonio; Wellington Paulista e Arthur.

 

Palpite

Com dois ataques voltando a serem decisivos – cada equipe anotou cinco gols nos últimos dois jogos -, a expectativa é de termos um confronto recheado de gols na Arena Baixada. Apesar da campanha instável na Arena, o Furacão deve carimbar a vitória sobre os catarinenses e se aproximar do G-6. Resta-nos aguardar!

 

Jogos da 31ª rodada do Brasileirão 2017

Sábado, 28 de outubro

  • 17:00 – São Paulo x Santos – Palpite: empate
  • 19:00 – Flamengo x Vasco – Palpite: Vasco
  • 21:00 – Atlético Paranaense x Chapecoense – Palpite: Atlético Paranaense

Domingo, 29 de outubro

  • 17:00 – Fluminense x Bahia – Palpite: Fluminense
  • 17:00 – Atlético Mineiro x Botafogo – Palpite: Atlético Mineiro
  • 17:00 – Ponte Preta x Corinthians – Palpite: empate
  • 18:00 – Sport x Coritiba – Palpite: Sport
  • 18:00 – Vitória x Atlético Goianiense – Palpite: Vitória
  • 19:00 – Avaí x Grêmio – Palpite: empate

Segunda-feira, 30 de outubro

  • 20:00 – Palmeiras x Cruzeiro – Palpite: Palmeiras

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar