Copa Libertadores

Em “jogo da vida”, Atlético-MG recebe o Jorge Wilstermann para salvar o ano e seguir na Libertadores 2017

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Galo tenta espantar péssima fase e avançar às quartas de final do torneio continental na próxima quarta-feira (9) no Mineirão

Recém-chegado ao comando do Atlético-MG, Rogério Micale classificou o duelo da próxima quarta-feira como o ‘jogo da vida’ – e não podia ser diferente. Em péssima fase, o Galo recebe o Jorge Wilstermann (BOL) pelas oitavas da Libertadores e precisa desesperadamente da classificação para manter acesa a esperança de levantar um título de expressão em 2017. Já eliminado da Copa do Brasil e a 24 pontos do líder Corinthians no Brasileirão, o time entra mais pressionado do que nunca no Mineirão às 21h45.

A missão é difícil, mas nada impossível: após perder por 1 a 0 na Bolívia, a equipe mineira precisa vencer por mais de um gol de diferença para não depender dos pênaltis. Caso sofra um gol, a chance de disputa nas penalidades acaba e o time precisa anotar três para carimbar o passaporte às quartas de final.  Será que dá? Veja a prévia do confronto:

 

Antes de pensar em título, Galo precisa se reencontrar

A fase não anda nada boa pelos lados de Belo Horizonte. O badalado elenco que prometia ser favorito nas principais competições do ano ainda não mostrou na prática tudo que pode render – muito longe disso.  As principais estrelas estão em péssima fase, o grupo mostrou carências em vários setores e não apresenta um padrão de jogo. Esse foi o principal fator que levou à demissão do técnico Roger Machado.

Campeão olímpico no ano passado, Rogério Micale assumiu o posto e logo tratou de ‘barrar’ os medalhões – deixando claro que não existem titulares absolutos. O time deu algum sinal de melhora, mas ainda está muito longe do ideal. O retrospecto atual é péssimo: sete derrotas, duas vitórias e um empate nos últimos dez compromissos.

Como a implantação de um sistema de jogo demanda algum tempo, Micale deve fazer mudanças pontuais e investir no fator emocional para retomar a confiança dos atletas. Ele pediu um ‘voto de confiança’ para o torcedor lotar o Mineirão e incentivar a equipe os 90 minutos.

 

Fred deve ficar de fora; Luan pode retornar

Principal esperança de gols do Galo, o atacante Fred se recupera de um estiramento na panturrilha direita e dificilmente estará em campo na próxima quarta-feira. Já Luan, xodó da torcida, treinou normalmente e deve ir para o jogo – seja como titular ou entrando no decorrer da partida. A situação de Gustavo Blanco segue indefinida: o jovem volante ganhou a confiança de Micale e certamente estará em campo se estiver 100% recuperado de uma tendinite. Robinho deve ser opção no banco de reservas.

 

Rival boliviano chega voando!

Considerado uma das grandes zebras do torneio, o Jorge Wilstermann vem mostrando jogo após jogo que não é o ‘patinho feio’ que todos esperavam. O elenco atual já entrou para a história acabando com um jejum de 30 anos sem disputar as oitavas de final da Libertadores e pode conseguir mais um feito épico se eliminar o poderoso Atlético-MG no Mineirão. A situação nunca esteve tão favorável.

Apesar da viagem de 12 horas de Cochabamba para Belo Horizonte, o elenco chega totalmente descansado após uma folga de duas semanas no Campeonato Boliviano. A equipe entrou em campo apenas duas vezes depois de vencer o Galo mês passado e fez bonito: vitórias por 3 a 0 contra o Guabirá e 4 a 2 contra o Universitario Sucre – a única que segue 100% no Clausura.

O principal destaque vai para o atacante Álvarez – que balançou as redes em quatro oportunidades nos dois últimos jogos. Vale lembrar que foi dele o gol da vitória no jogo de ida no Felix Capriles há um mês. Totalmente recuperado fisicamente, o meia argentino Christian Chaves também está em ótima fase e é extremamente perigoso.

 

Prováveis escalações

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Gustavo Blanco e Cazares; Luan (Robinho) e Rafael Moura.

Jorge Wilstermann: Álex Arancibia; Omar Morales, Álex Da Silva, Edward Zenteno e Juan Pablo Aponte; Marcelo Bergese, Alejandro Meleán, Rudy Cardozo, Serginho e Christian Chávez; Gilbert Álvarez.

 

Palpite

A história recente na Copa Libertadores ensinou a nunca duvidar do Atlético-MG, entretanto, aquela fase do “Galo Doido” já é coisa do passado. O time tem vários problemas e deve se expor para conseguir o resultado – deixando bastante espaço para o contra-ataque boliviano. O Galo pode até vencer a partida, mas não sairá do Mineirão classificado.

 

Jogos das oitavas de final da Libertadores 2017

Terça-feira, 8 de agosto

  • 19:15 – Lanús x The Strongest – Palpite: Lanús
  • 21:45 – River Plate x Guaraní – Palpite: River Plate

Quarta-feira, 9 de agosto

  • 19:15 – Grêmio x Godoy Cruz – Palpite: Grêmio
  • 21:45 – Atlético-MG x Jorge Wilstermann – Palpite: empate
  • 21:45 – Palmeiras x Barcelona (EQU) – Palpite: Palmeiras

Quinta-feira, 10 de agosto

  • 19:15 – Botafogo x Nacional – Palpite: empate
  • 21:45 – Santos x Atlético-PR – Palpite: Santos
  • 21:45 – San Lorenzo x Emelec – Palpite: San Lorenzo

 

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.