Ganhador.com

Carioca

Duelo contra o Macaé mostra que “Bonsucesso vamos ver” em 2018

Foto: Marcos Faria / Agência FERJ / Divulgação

Time estreou com vitória e promete fazer uma campanha melhor que a dos últimos anos          

O Bonsucesso quer provar que o futebol é, realmente, um esporte de muitas surpresas e mudanças a cada temporada. Sempre brigando contra o rebaixamento e sofrendo nos pés dos clubes mais experientes, a equipe estreou com vitória na Seletiva do Carioca com uma vitória por 1×0 sobre o tradicional América. O gol foi do volante Mauro Silva, em um chute de longe. O próximo compromisso já surge nesta quarta (27), com a equipe enfrentando o Macaé, em casa, às 16h (de Brasília).

 

Força coletiva

O primeiro a citar que o Bonsucesso é um grupo forte é o próprio Mauro Silva, que recusou o rótulo de salvador. “No Bonsucesso não tem essa de melhor ou pior em campo, é o grupo todo. Se não fosse o grupo eu não teria acertado aquele chute”, analisou o atleta. “Começamos a preparação bem antes e isso nos ajudou. Foi muito importante a vitória e agora é manter a pegada para os próximos jogos.”

Chamado de Rubro-Anil da Leopoldina, o Bonsucesso está animado para a sequência da Seletiva. Estrear com vitória diante de um time tradicional como o América fez o clube ter um Natal dos mais felizes: “O America é um clube de muita história, de camisa, e que merece respeito. Mas fomos para o jogo com muita humildade e sabendo da nossa responsabilidade”, afirmou o técnico Marcelo Salles. “Sofremos, mas sabíamos que isso iria acontecer, pois o America tem uma equipe muito qualificada e com bons jogadores. Essa vitória nos dá moral pela qualidade do adversário.”

“Padrão de jogo, trabalho e os jogadores com obediência tática foram nossos maiores méritos. Só sairíamos com o resultado positivo se tivéssemos obediência tática. Os jogadores fizeram isso e por isso conquistamos a vitória”, analisou.

O Bonsucesso terá um reforço já para esta quarta (27): o atacante Sabão, vindo do São Gonçalo. Ele tem 26 anos e é profissional desde 2011, com passagens por São Pedro, Gonçalense, Macaé, Boavista, Cabofriense, Potiguar (RN) e América (RN).

O Bonsucesso contou com os seguintes jogadores na estreia: Léo Flores; Yago, Felipão, Lucas Tavares e Jeanderson; Filipe Silva, Mauro Silva e Matheus Salgado; Miguel, Bruno Luiz e Deyvison. O técnico Marcelo Salles deve repetir os atletas e o sistema de jogo.

 

Macaé luta contra o tempo

Estreando com surpreendente vitória na Seletiva, o Macaé sabe que precisa deixar logo para trás o triunfo por 3×1 sobre o Goytacaz. O time tem uma série de desafios e não pode ficar olhando muito para o que passou.

O clube tomou um verdadeiro choque com a estreia, porque o Macaé teve apenas um único mês para se preparar para a Seletiva. A sensação de dúvida não durou 90 minutos: o time jogou bem tanto no primeiro quanto no segundo tempo, e o placar de 3×1, no Moacyrzão, poderia ser até mais amplo.

“A gente se impôs e procurou fazer um bom jogo nos dois tempos. No segundo, estivemos um pouco dispersos no começo, mas conseguimos matar o jogo e concretizar a vitória”, afirmou o atacante Neto, autor do primeiro gol.

O preço da preparação curta apareceu nos dias seguintes. Diego Sales, Alex e o próprio Neto saíram de campo por câimbras, assim como outros atletas – que não puderam deixar o gramado pelo limite das substituições.  “Querendo ou não, foi uma preparação curta e muito puxada. As dores aparecem. Mas nosso trabalho é forte e a gente vai saber superar isso”, concluiu o atacante Neto.

O Macaé terá um reforço: o zagueiro Igor João, de 24 anos, ex-Remo (PA), Vitória (BA), Grêmio Anápolis (GO), Parauapebas (PA), São Raimundo (PA) e Castanhal (PA).

A tendência é que o Macaé tenha uma postura um pouco mais conservadora – tal falta de preparo físico deve ser mais sentida em partidas como visitante, caso do duelo desta quarta (27) diante do Bonsucesso.

Como já venceu sua partida de estreia, em casa, o Macaé pode tranquilamente jogar pelo empate, pois a possibilidade de seguir somando pontos é do enorme interesse do grupo. O time realizou apenas um treino nesta segunda (25), deixando o domingo de véspera de Natal livre para os atletas passarem a data com as suas famílias. O jogo desta quarta (27) vai mostrar se a programação foi acertada ou não.

 

Jogos da 2ª rodada da Seletiva do Campeonato Carioca 2018

Quarta-feira, 27 de dezembro

  • 16:00 – Bonsucesso x Macaé – Palpite: Empate

Quinta-feira, 28 de dezembro

  • 16:00 – Resende x América – Palpite: América
  • 20:30 – Goytacaz x Cabofriense – Palpite: Goytacaz

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar