Ganhador.com

WNBA

Deu a lógica: Lynx e Sparks vão para o Jogo 5 da final da WNBA

Foto: Kevork Djansezian/Getty Images

Time de Los Angeles teve chance de fechar a série neste domingo (1º), mas sucumbiu à força da equipe de Minnesota

Uma temporada inteira será decidida em uma única partida. Minnesota Lynx e Los Angeles Sparks seguem em equilíbrio extremo e só o Jogo 5 da final deste ano vai ser suficiente para definir qual a equipe campeã da WNBA em 2017. Os dois últimos jogos não foram dos mais parelhos, mas a série como um todo está entre as mais niveladas já vistas em uma quadra de basquete.

 

Empate. Simplesmente empate

Vamos colocar esta decisão da seguinte maneira: os dois times terminaram empatados no tempo normal e agora vão para a prorrogação. É exatamente isso o que vem ocorrendo entre o Los Angeles Sparks e o Minnesota Lynx. A soma dos placares dos quatro jogos até aqui mostra 297 pontos para cada equipe! Um espanto.

A igualdade está bem determinada também com uma vitória de cada equipe na casa do adversário. O time de Los Angeles abriu a série com um triunfo em Minnesota e teve a chance de ficar com o título neste domingo (1º), quando atuou em casa, mas perdeu por 80×69. O Jogo 3, na sexta, teve desfecho semelhante em número de pontos, mas com o vencedor trocado: 75×64 para o Los Angeles Sparks.

É mesmo o cenário mais esperado por todos nos Estados Unidos.

As equipes terminaram a Temporada Regular com somente uma vitória de diferença. O Lynx somou 27, enquanto os Sparks atingiram 26 triunfos. E há ainda a lembrança da decisão do ano passado entre as duas equipes, que também atingiu um épico Jogo 5, concluído com uma vitória por apenas um ponto (77×76) em favor do time de Los Angeles.

E outra ironia: tanto no ano passado quanto agora, o Lynx faz o Jogo 5 em seus domínios. A sofrida derrota de 2016 ocorreu no Target Center, casa do Minnesota Timberwolves. As partidas da equipe nesta decisão estão sendo jogadas na Williams Arena, na Universidade de Minnesota, que certamente vai explodir às 21h (de Brasília) desta quarta-feira, dia 4 de outubro, com o Jogo 5.

 

E o que esperar?

Uma das razões de grande equilíbrio nesta decisão é o fato de, juntas, as estrelas Sylvia Fowles, do Minnesota, e Candance Parker, do Lynx, não terem feito grandes atuações na mesma partida.

Esta foi a tônica do Jogo 4, neste domingo. O Minnesota fez o que as grandes equipes da NBA fazem: começaram a partida com força máxima e depois só controlaram a vantagem. A diferença pró-Minnesota no intervalo era de 13 pontos. Precisando da sua estrela para ser campeã, a equipe de Los Angeles viu Candance Parker em uma noite apagada — ela anotou só 11 pontos. A cestinha da equipe foi Odyssey Sims, com 18. Pelos lados do Lynx, Sylvia Fowles foi dona e rainha do garrafão e do aro adversários, fechando a noite com 22 pontos e impressionantes 14 rebotes. Foi muito mais a Sylvia Fowles que a WNBA se acostumou a ver na temporada regular do que a claudicante jogadora que estava encontrando seu ritmo nesta decisão.

É arriscado demais prever qualquer coisa para uma final tão, mas tão equilibrada. O fato de as duas equipes chegarem à noite derradeira com a mesma pontuação entre si mostra que está tudo extremamente aberto para este inesquecível Jogo 5.

A batalha está bem clara e passa pela mente de cada uma das equipes, pois o equilíbrio técnico e tático está bem definido. A questão toda vai ser a vontade de ganhar do Minnesota, que joga um pouco traumatizado pela derrota — repetimos — de 77×76 no Jogo 5 da final do ano passado. Sim, ficar tão perto de uma vitória e ver o título escapar é fonte de muitos traumas. Resta ver qual será a força interna do grupo, que certamente contará com casa cheia, mas com um medo de nova derrota em iguais proporções.

O time de Los Angeles atua com certa tranquilidade, se é que ela é possível em um Jogo 5 da final. Para começar, estará fora de casa, o que a deixa como uma franca-atiradora. Ponto dois: vem do título do ano passado, e seu 1×0 desta conquista pode, no máximo, deixar tudo em 1×1. O 2×0 é que seria drástico para os lados de Minnesota.

 

Partidas do WNBA Finals 2017

  • Jogo 1, 24 de setembro – Los Angeles Sparks 85×84 Minnesota Lynx
  • Jogo 2, 26 de setembro – Minnesota Lynx 70×68 Los Angeles Sparks
  • Jogo 3, 29 de setembro – Los Angeles Sparks 75×64 Minnesota Lynx
  • Jogo 4, 1º de outubro – Minnesota Lynx 80×69 Los Angeles Sparks
  • Jogo 5, 4 de outubro – 21h (de Brasília), em Minnesota

Placar até aqui: Los Angeles Sparks 2×2 Minnesota Lynx na série melhor de cinco

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar