Ganhador.com

Brasileirão Série A

Cruzeiro x Palmeiras é promessa de jogão

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Partida começa às 16h00 de domingo, no Mineirão.

Se repetirem a atuação da Copa do Brasil, Cruzeiro e Palmeiras farão um jogão. Os paulistas defendem sua permanência entre os quatro primeiros colocados, enquanto que os mineiros precisam somar pontos para alcançar o G-12, o que já vale a presença na Copa Sul-Americana.

 

Palpite

Acredito no triunfo do Cruzeiro por 2 a 0. O Azul Celeste está muito mais interessado neste duelo que o seu adversário, que ainda não definiu se virá com seu quadro principal ou se escalará reservas e juniores.

A crise instalada em Belo Horizonte é outro motivo para os cruzeirenses buscarem os três pontos, pois ninguém gosta de trabalhar num ambiente ruim. Atualmente, os mineiros estão fora do G-12 e próximos do Z-4. É preciso ganhar para almejar algo maior no próximo ano.

Se o Verdão atuar com os titulares, será o primeiro ensaio para tentar corrigir os erros apresentados na derrota em Guayaquil. Ao todo, o técnico Cuca terá tido 34 dias entre as duas batalhas contra os equatorianos. É tempo mais do que suficiente para treinar e conseguir a classificação a próxima etapa da competição sul-americana. Se perder para a Raposa e não passar pelo Barcelona, correrá risco de ficar sem a atual Libertadores e sem a próxima também.

    

Como chegam Cruzeiro e Palmeiras para este confronto?

A semana do Palmeiras foi toda voltada para a Taça Libertadores da América, onde quarta-feira o time perdeu para o Barcelona, em Guayaquil. Apesar de estar no Equador, quem mandou nos primeiros 45 minutos foi o Verdão. Os locais foram totalmente dominados pelos brasileiros. Na segunda metade, os equatorianos neutralizaram as ações palmeirenses e conseguiram chegar à meta alviverde. Álvez acertou um chute rasteiro nos descontos para fazer 1 a 0. O Porco terá que vencer em São Paulo por dois ou mais de diferença para chegar às quartas de final.

Não houve planejamento para o compromisso contra o Cruzeiro. Não se sabe ainda se os titulares serão poupados ou não. É possível que pelo menos uma parte descanse. Alejandro Guerra voltou às pressas da viagem porque seu filho se afogou em casa. Como se encontra em estado estável, é provável que o venezuelano atue no domingo. Quem está fora é Fabiano, que passou por uma cirurgia dentária. A diretoria iniciou a venda de ingressos para o clássico contra o Corinthians e até ontem 22 mil bilhetes já haviam sido comprados.

Sem nada na agenda do meio de semana, o Cruzeiro se preparou para encarar o Palmeiras. Os dirigentes se reuniram com o “professor” Mano Menezes e informaram que estão insatisfeitos com o desempenho da equipe. Mesmo assim, deram um voto de confiança a ele. No ano, a Raposa perdeu o Campeonato Mineiro, foi desclassificada da Copa Sul-Americana e tem 42% de aproveitamento na Série A. A crise se iniciou após o revés contra o Atlético-MG, no último fim de semana.

Os cartolas sinalizaram que estão atentos ao mercado de transferências. O argentino Ábila pode ser negociado com o Boca Juniors.

A boa notícia veio do uruguaio Arrascaeta, que se encontra em fase final de recuperação.

 

Histórico

Não confunda o Campeonato Brasileiro com a Copa do Brasil! O primeiro encontro palestrino no ano foi espetacular e valeu pelo certame copeiro. Depois de abrir 3 a 0 em São Paulo, o Cruzeiro permitiu o empate palmeirense em 3 a 3.

Foi apenas mais um dérbi entre instituições fundadas para a comunidade italiana. Até hoje, tivemos 87 capítulos, com 32 vitórias mineiras, 31 paulistas e 24 empates.

Se considerarmos pelejas apenas pela primeira divisão, foram 52, com vantagem da Raposa por 21 a 15.

    

Escalações

Confira como os dois Palestras devem começar jogando.

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Léo, Luis Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral, Thiago Neves, Robinho e Alisson; Rafael Sobis. Técnico: Mano Menezes.

Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Luan e Juninho; Tchê Tchê, Gabriel Furtado e Alejandro Guerra; Róger Guedes, Erik e Willian. Técnico: Cuca.

 

Anote na agenda

A 12a rodada terá seu primeiro jogo no sábado, às 16h00, em Goiânia. Atlético-GO e Vitória farão a famosa disputa de “seis pontos” na luta contra o descenso. Às 18h00, Vasco e Flamengo reviverão o Clássico dos Milhões, em São Januário. Os cariocas fazem campanhas acima das expectativas de suas torcidas.

Às 19h00, o Corinthians tem tudo para manter sua vantagem na ponta contra a Ponte Preta, em sua arena.

Quem acordar cedo domingo verá um equilibrado embate entre Chapecoense e Atlético-PR.

Às 16h00, Bahia e Fluminense farão um confronto de tricolores em Salvador. Os do Rio de Janeiro tendem a se afirmar nas primeiras posições.

Às 19h00, Botafogo e Atlético-MG farão um enfrentamento alvinegro, no Nílton Santos. Simultaneamente, Santos e São Paulo se encaram na Vila Belmiro. Ainda no mesmo horário, o Grêmio precisa passar pelo Avaí para não deixar o Timão disparar.

A jornada só terminará às 20h00 de segunda-feira. Coritiba e Sport brigarão pelos três pontos, na capital paranaense.

 

Jogos da 12ª Rodada do Campeonato Brasileiro:

Sábado, 08 de julho:

  • 16h00: Atlético-GO x Vitória
  • 18h00: Vasco da Gama x Flamengo
  • 19h00: Corinthians x Ponte Preta

Domingo, 09 de julho:

  • 11h00: Chapecoense x Atlético-PR
  • 16h00: Cruzeiro x Palmeiras
  • 16h00: Bahia x Fluminense
  • 19h00: Botafogo x Atlético-MG
  • 19h00: Santos x São Paulo
  • 19h00: Grêmio x Avaí

Segunda-feira, 10 de julho:

  • 20h00: Coritiba x Sport

        

Classificação:

  1. Corinthians – 29 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  2. Grêmio – 22 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  3. Flamengo – 20 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  4. Palmeiras – 19 – Taça Libertadores (fase de grupos).
  5. Santos – 17 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  6. Vasco da Gama – 16 – Taça Libertadores (fase preliminar).
  7. Fluminense – 16 – Copa Sul-Americana.
  8. Atlético-MG – 16 – Copa Sul-Americana.
  9. Coritiba – 16 – Copa Sul-Americana.
  10. Botafogo – 15 – Copa Sul-Americana.
  11. Ponte Preta – 15 – Copa Sul-Americana.
  12. Sport – 15 – Copa Sul-Americana.
  13. Cruzeiro – 14
  14. Atlético-PR – 14
  15. Chapecoense – 14
  16. Bahia – 11
  17. São Paulo – 11 – Série B.
  18. Vitória – 9 – Série B.
  19. Avaí – 9 – Série B.
  20. Atlético-GO – 6 – Série B.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar