Ganhador.com

Brasileirão Série A

Cruzeiro é favorito para ganhar do Vitória no jogo da 17ª rodada do Brasileirão

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Depois de eliminar o Palmeiras na Copa do Brasil, a Raposa recebe o vice-lanterna do Brasileirão 2017 para confronto da 17ª rodada

O mês de julho está chegando ao final! Lá se foi mais da metade do ano, e nos aproximamos também da metade do Campeonato Brasileiro. Hoje podemos ver com clareza qual é o objetivo de cada time nessa temporada. Somando apenas 12 pontos, o Vitória mais uma vez vai lutar contra o rebaixamento. Para tanto, contará com o auxílio do técnico Vagner Mancini. Enquanto isso, o Cruzeiro está no meio da tabela. Já são quase nulas as chances de se tornar campeão brasileiro de 2017, e resta a dura briga por uma vaga na Copa Libertadores da América.

Neste domingo, os dois times se enfrentam pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece às 19 horas, no Mineirão. Confira o prognóstico!

 

Cruzeiro em momento de euforia

Com 46% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro e ocupando a 9ª colocação, a Raposa parece não viver o melhor dos momentos. Porém, a palavra de ordem é superação. Na quarta-feira, contou com a presença de 40 mil torcedores no Mineirão, onde segurou o empate por 1 a 1 com o Palmeiras e — com gol de Diego Barbosa — garantiu a classificação para as semifinais da Copa do Brasil.

O fator coletivo na equipe cruzeirense tem permitido apresentar um futebol de qualidade. No último compromisso pelo Brasileirão, sofreu uma derrota diante do Avaí na Ressacada, mas isso não significou mal desempenho. Pelo contrário, a Raposa exerceu muita pressão nos catarinenses e apenas não conquistou um resultado melhor por causa das defesas milagrosas do goleiro adversário, Douglas Friedrich.

Até o momento, o time de Mano Menezes sofreu 16 gols no Brasileirão, tendo a quinta defesa menos vazada do campeonato, e balançou as redes 18 vezes. É de longe o favorito para o duelo.

 

Retorno do técnico Vagner Mancini ao Vitória

Ele foi peça-chave na reconstrução da Chapecoense após o acidente aéreo. Comandou o time na conquista do título de Campeão Catarinense, manteve-se no G-6 por oito semanas e classificou-se na fase de grupos da Libertadores — tendo sido desclassificado por falha dos dirigentes do clube. Mesmo assim, a série de quatro tropeços diante de alguns dos maiores times do Brasil foi suficiente para levar à demissão de Vagner Mancini da Chape. Melhor para o Vitória, que agora contará com o treinador na luta contra o rebaixamento.

Esta é a quinta passagem de Mancini pelo Vitória. Na última vez em que comandou o time, conquistou o acesso à Série A em 2015 e o título de Campeão Baiano em 2016. Ironicamente, seu desligamento se deu pelo risco de rebaixamento, e agora ele retorna justamente com a missão de tirar o Leão do Z-4. Tarefa árdua, mas ao alcance do técnico que reestruturou a Chape praticamente do zero.

Com 29 gols sofridos, o Vitória está empatado com o Atlético-GO no quesito pior defesa. Chegou a sofrer 4 gols em uma única partida em três ocasiões: contra o Palmeiras, contra o Vasco e o contra Atlético-PR. Não à toa, o goleiro Fernando Miguel perdeu a vaga para Caíque, que deve atuar sob o comando do novo treinador. O ataque não fica muito atrás, com apenas 16 gols marcados e o artilheiro, Kieza, entregue ao departamento médico. O Leão ocupa a vice-lanterna da competição, vem de quatro derrotas e tem 74% de chances de não disputar a Série A em 2018.

O regresso de Vagner Mancini traz esperança aos torcedores, mas as chances de estrear com vitória são mínimas.

 

Retrospecto de Cruzeiro x Vitória

Como se não bastasse o momento delicado vivido pelo Vitória, ainda temos um tabu em jogo. A última vez que o Leão derrotou a Raposa foi em 2010. De lá para cá, ocorreram nove partidas, sendo um empate e oito triunfos para o lado Celeste.

Na história do confronto, houve o total de 22 jogos oficiais disputados em Belo Horizonte, sendo que o mandante venceu 18, foi derrotado apenas 2 vezes e empatou outras 2.

 

Prováveis escalações

Após a decisão contra o Palmeiras, Mano Menezes deixou avisado que revezar jogadores será necessário “lá na frente”. Mas deve deixar para preservar as principais peças do time na próxima rodada, contra o Vasco, e jogar com força total diante de seu torcedor nesse fim de semana.

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral e Thiago Neves; Élber, Alisson e Rafael Sóbis. Ténico: Mano Menezes.

No Vitória, Vagner Mancini está testando diferentes escalações. A lista ainda não está fechada, mas deve ter Caíque, Tréllez e Neilton, além do recém-contratado Juninho. Seguem desfalcando a equipe: Willian Farias e Kieza.

Vitória: Caíque; Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho; Ramon, Fillipe Soutto e Yago; David, Santiago Tréllez e Neilton. Técnico: Vagner Mancini.

 

Palpite

É difícil imaginar um cenário em que o Cruzeiro não leve a melhor. Com a equipe bem estruturada e jogando no Mineirão logo após conquistar a classificação na Copa do Brasil também em casa, é favorito disparado no duelo contra o agonizante Vitória. Cravamos um intenso 3×1 para a Raposa neste domingo.

 

Jogos da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017

Sábado, 29 de julho

  • 16:00 – Botafogo x São Paulo – Palpite: Botafogo
  • 19:00 – Palmeiras x Avaí – Palpite: Palmeiras; Mais de 2,5 gols

Domingo, 30 de julho

  • 11:00 – Chapecoense x Atlético-GO – Palpite: Chapecoense
  • 16:00 – Corinthians x Flamengo – Palpite: Menos de 2,5 gols
  • 16:00 – Coritiba x Atlético-MG – Palpite: Empate
  • 16:00 – Bahia x Sport Recife – Palpite: Bahia
  • 16:00 – Ponte Preta x Fluminense – Palpite: Mais de 2,5 gols
  • 19:00 – Cruzeiro x Vitória – Palpite: Cruzeiro
  • 19:00 – Grêmio x Santos – Palpite: Grêmio

Segunda-feira, 31 de julho

  • 11:00 – Vasco da Gama x Atlético-PR – Palpite: Vasco

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2017

  1. Corinthians, 40 – Libertadores
  2. Grêmio, 32 – Libertadores
  3. Santos, 30 – Libertadores
  4. Flamengo, 28 – Libertadores
  5. Palmeiras, 26 – Pré-Libertadores
  6. Sport Recife, 24 – Pré-Libertadores
  7. Botafogo, 24 – Copa Sul-Americana
  8. Vasco da Gama, 23 – Copa Sul-Americana
  9. Cruzeiro, 22 – Copa Sul-Americana
  10. Ponte Preta, 21 – Copa Sul-Americana
  11. Chapecoense, 21 – Copa Sul-Americana
  12. Fluminense, 21 – Copa Sul-Americana
  13. Atlético Mineiro, 20
  14. Bahia, 19
  15. Coritiba, 19
  16. Atlético Paranaense, 17
  17. Avaí, 17 – Rebaixamento Série B
  18. São Paulo, 16 – Rebaixamento Série B
  19. Vitória, 12 – Rebaixamento Série B
  20. Atlético Goianiense, 9 – Rebaixamento Série B

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar