Ganhador.com

Brasileirão Série A

Coritiba e Sport fecham a 12ª rodada do Brasileirão com cara de empate

Foto: Ricardo Nogueira/Getty Images

Paranaenses não perdem em casa há quase cinco meses, mas vivem péssimo momento

Nove jogos eletrizantes movimentaram a 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas ainda não acabou. Nesta segunda-feira, o Coritiba recebe o Sport e os dois times duelam por um lugar dentro da zona de classificação para a Libertadores. Jogando em casa, os paranaenses tinham tudo para serem favoritos, mas vivem péssima fase.

 

Coxa em baixa

O começo de campeonato do Coritiba até foi positivo, com o clube chegando a ter três vitórias seguidas, sem sequer sofrer gols. No entanto, depois disso engatou uma série de resultados negativos e só vem despencando na tabela.

É fato que superar a equipe não tem sido fácil, com o time só tendo perdido três partidas na competição, mas já são seis apresentações sem vencer. No período, empatou com Botafogo, Bahia, Corinthians e Vasco, e perdeu para Grêmio e Cruzeiro. O pior disso tudo é que em apenas dois destes jogos conseguiu marcar, tendo ficado zerado nos outros quatro.

Nem mesmo o Couto Pereira tem feito a diferença, com o clube não ganhando lá há três partidas. Ainda assim, o fator casa é um dos principais pontos para ajudar o time a ganhar, pois na temporada só foi superado no estádio uma vez, para o ASA, pela Copa do Brasil, em fevereiro. Depois disso, foram oito vitórias e cinco empates.

Para a partida, o Coritiba não poderá contar com o volante Jonas, que está suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos. Para o seu lugar, Anderson e Edinho são as principais opções para o duelo. Quem vai para campo também é Kleber, que segue jogando enquanto aguarda novo julgamento pela agressão na partida contra o Bahia.

   

Sport tenta manter embalo

Com a vitória diante do Arsenal de Sarandi, pela Sul-Americana, o Sport Recife completou quatro triunfos seguidos, considerando Brasileirão, o torneio continental e o Campeonato Pernambucano. O principal ponto positivo disso é que a defesa não foi vazada em nenhuma das quatro partidas.

Apesar da regularidade atrás, o técnico Vanderlei Luxemburgo ainda não definiu a dupla de defesa. Nesta sequência, já escalou Ronaldo Alves, Henríquez e Durval em três formações diferentes.

Além desta decisão, o treinador também deve promover a volta de Osvaldo, que ficou de fora do time titular durante a Sul-Americana e agora está à disposição novamente. Seu retorno deve levar Rogério para o banco mais uma vez.

O grande problema do clube pernambucano é a ausência de Diego Souza. O atacante está em negociação com o Palmeiras, mas alegou não poder jogar por problemas pessoais. Seu desfalque é significativo, pois além de ter marcado quatro gols no campeonato, é o principal criador do setor ofensivo. Sem o atleta, a equipe fica dependente de Osvaldo e André.

Apesar da possibilidade de um dos dois conseguir resolver, o rubro-negro ainda tem que superar sua dificuldade como visitante. Nesta condição, foram cinco partidas, tendo três derrotas, um empate e uma vitória, marcando apenas quatro gols e sofrendo nove. Porém, o único triunfo foi exatamente na última apresentação fora de casa, contra o Santos, por 1 a 0.

   

O que esperar do jogo

Com o Sport jogando fechado e explorando os contra-ataques, o Coritiba deve sofrer mais uma vez para marcar. Os paranaenses até possuem mais condições de vencer, mas o palpite é um empate em 0 a 0.

   

Histórico recente

Depois dos pernambucanos terem feito uma incrível sequência de seis vitórias seguidas no duelo, entre 2010 e 2015, os paranaenses se recuperaram e venceram duas e empataram uma nos últimos três encontros. O curioso é que não importa o vencedor, tem sido raro ver um grande número de gols. Com exceção do duelo do 1º turno do ano passado, que terminou com vitória 3 a 2 para o Coritiba, todos os demais seis jogos que aconteceram de setembro de 2012 para cá terminaram com no máximo uma bola na rede. Considerando o momento dos clubes, a tendência é que isso se repita nesta segunda-feira.

   

Classificação

Com os resultados do fim de semana, o Coritiba caiu para a 11ª posição, com 16 pontos. No entanto, em caso de vitória, pode saltar para 6º. Já o Sport, que tem 15, aparece em 12º, mas também avançaria para o 6º lugar se conquistar os três pontos. Apesar de estarem no meio da tabela, ambos ainda possuem uma saudável diferença para a zona de rebaixamento, que começa com o Vitória, com 12 pontos.

O duelo entre os dois acontece às 20h, no Couto Pereira.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar