Ganhador.com

Vôlei

Copa dos Campeões de Vôlei Feminino: Brasil testa sua paciência diante do Japão

Foto: Divulgação/CBV

Seleção de José Roberto Guimarães está com 50% de vitórias e sabe que uma nova derrota praticamente acaba com suas chances de título na competição

A força e a excelente técnica do Brasil vão enfrentar uma das escolas mais complicadas do vôlei feminino. Contando com uma defesa impecável e com um senso de organização elogiado por todas as adversárias, a seleção do Japão é a próxima adversária da equipe verde-amarela na Copa dos Campeões de vôlei feminino. A partida será disputada às 7h15 (de Brasília) desta sexta-feira (8) em Nagóia, com a torcida da casa, claro, incentivando demais as japonesas à vitória. O jogo será transmitido ao vivo pelo canal da Federação Internacional de Vôlei no YouTube.

 

Vale lembrar que Brasil e Japão já fizeram um jogo histórico no Grand Prix deste ano. Foi em julho, quando o Brasil sucumbiu à eficiência japonesa apenas no quinto set e apenas por contagem mínima – 17/15. A partida durou 2h01min e escancarou outra deficiência do Brasil nesta temporada: a dificuldade de fechar as partidas no quinto set.

Um Brasil de altos e baixos

Tanto naquela partida do Grand Prix contra o Japão como no último compromisso, diante da China, o Brasil não encontrou maneiras de coroar sua recuperação com uma vitória final. O filme praticamente se repetiu. As comandadas por José Roberto Guimarães saíram perdendo por 2 sets a 0, mas chegaram ao 2 a 2 e forçaram a definição no quinto set. Na hora de cacifar a vitória, perderam.

Ficam duas lições de ambas a partidas. A primeira é o começo lento da seleção, comprometendo todo o trabalho por vir. O primeiro set costuma ser o mais importante psicologicamente no vôlei feminino, pois abre a partida ou condiciona a equipe perdedora a jogar pressionada a partir dali. O placar de 2 sets a 0, então, nem se fala. Buscar o empate passa a ser um tormento, e o fato de o Brasil ter conseguido chegar nessas duas ocasiões ao quinto set mostra que a equipe é sim valente, mas que precisa ter um pouco mais de paciência para finalizar a partida.

Paciência é o que a seleção japonesa tem de sobra. A equipe oriental é um exemplo de aproveitamento de contra-ataques e da distribuição fluída de jogo. Tal característica ficou clara na vitória japonesa por 3 sets a 0 contra a Coreia do Sul. Assim como o Brasil, este Japão também vem de vitória e derrota nesta Copa dos Campeões. Além de ganhar da Coreia, as nipônicas foram batidas pela Rússia por 3 sets a 1. Já o Brasil ganhou justamente da Rússia – e perdeu para a China.

Saque deficiente precisa melhorar

“Precisamos começar os jogos mais concentradas. Contra a China, sabíamos que podia ser melhor e a partir do terceiro set começamos a defender e bloquear melhor, além do saque, que é um fundamento sempre importante para o nosso time”, analisou a ponteira e capitã Natália. “No tie-break, tivemos uma parada muito grande na posição 1, no meio do set, e acho que esse foi o grande ponto que nos prejudicou.”

“É fundamental que a gente saque como o Zé Roberto está pedindo. O grupo está de parabéns pelos resultados desta temporada e é interessante a gente enfrentar o Japão neste momento do ano. As japonesas têm um jogo bem diferente da Rússia, a seleção que ganhamos na estreia. O Japão parece mais com a China, que erra pouco. Vamos precisar jogar bem taticamente e sacar com eficiência. Também será fundamental errarmos pouco”, ponderou a ponteira Gabi.

O Brasil conquistou os três títulos que disputou neste ano – o Torneio de Montreux, o Grand Prix e o Sul-Americano. Realizada desde 1993 sempre na temporada seguinte à Olimpíada, a Copa dos Campeões reúne seis seleções. Nesta edição, as participantes são Brasil, Rússia, China, Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul. Todas jogam contra todas, e a seleção que obtiver mais vitórias é a campeã.

A China até aqui lidera a competição com duas vitórias, contra Brasil e Estados Unidos. As gigantes asiáticas devem somar a terceira nesta sexta (6) enfrentando a seleção mais fraca do torneio, a Coreia do Sul.

Os jogos do Brasil na Copa dos Campeões do Japão

Terça (5) – Brasil 3×1 Rússia (25/17, 23/25, 25/23 e 25/12)

Quarta (6) – China 3×2 Brasil (25/20, 25/12, 20/25, 23/25 e 19/17)

Sexta (8) – Brasil x Japão, às 7h15

Sábado (9) – Brasil x Coreia do Sul, às 3h40

Domingo (10) – Brasil x Estados Unidos, às 2h40

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar