Eliminatórias da Copa do Mundo 2018

Com Cássio e Luan, Tite convoca a Seleção Brasileira para jogos contra Equador e Colômbia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo na Rússia 2018

Convocação Tite Seleção Brasileira
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Brasil encara Equador e Colômbia pelas Eliminatórias Sul-Americanas

Apesar de já estar classificado para a fase final da Copa do Mundo de 2018, o Brasil leva muito a sério seus compromissos restantes pelas eliminatórias. Em primeiro lugar, respeita-se seus adversários que ainda buscam um lugar ao sol. Em segundo, trata-se de boas oportunidades para testar a Seleção Canarinho. Nossos dois próximos embates são contra o Equador, em Porto Alegre, e a Colômbia, em Barranquilla.

 

Os convocados

A comissão técnica alimentou o treinador com informações sobre os convocáveis da equipe. Cento e vinte jogos no Brasil foram acompanhados ao vivo, assim como 69 no exterior. Além do momento presente, foram levados em consideração o passado no escrete e a projeção de cada atleta para o Mundial de 2018.

Entre a partida contra o Equador em Porto Alegre e o desafio contra a Colômbia em Barranquilla, a delegação descansará e fará um treino aberto em Manaus. Esta decisão foi tomada para evitar o desgaste de uma longa viagem de sete horas e meia entre o Rio Grande do Sul e o interior colombiano.

Eis a lista:

  • Goleiros: Alisson (Roma), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City).
  • Zagueiros: Marquinhos (Paris Saint-Germain), Miranda (Internazionale), Rodrigo Caio (São Paulo) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain).
  • Laterais: Daniel Alves (Paris Saint-Germain), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid).
  • Meias : Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Giuliano (Zenit), Luan (Grêmio), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guo’An) e Willian (Chelsea).
  • Atacantes : Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool) e Taison (Shakhtar Donetsk).

 

Situação do certame

Os dez filiados da CONMEBOL se enfrentam em turno e returno num total de 18 rodadas pelo zonal continental da Copa de 2018. Em 14 batalhas disputadas, o Brasil lidera com 33 pontos e já garantiu sua vaga na Rússia.

Colômbia (24), Uruguai (23) e Chile (23) estão no G-4, que classifica automaticamente para visitar o Kremlin.

A Argentina (22) está em quinto e precisaria encarar o vencedor da Oceania na Respescagem.

Equador (20), Peru (18) e Paraguai (18) sobrevivem por aparelhos nesta briga.

Bolívia (10) e Venezuela (6) estão matematicamente eliminados.

 

Brasil x Equador

Brasil e Equador se enfrentaram pela primeira vez na Copa América de 1942, em Montevidéu e nosso país ganhou por 5 a 1. Ano passado, pelas eliminatórias, eles fizeram o último confronto. Mesmo em Quito, os brasileiros ganharam por 3 a 0.

Ao todo, os dois rivais se chocaram em 31 oportunidades e a verde e amarelo ganhou 25, empatou quatro e perdeu apenas duas vezes.

 

Brasil x Colômbia

O primeiro encontro entre cachaceiros e cafeteiros (cada um com a sua bebida) se deu em Santiago, na Copa América de 1945. Os brazucas prevaleceram por 3 a 0. O último duelo aconteceu em janeiro deste ano, em amistoso, no Rio de Janeiro. O selecionado pentacampeão ganhou pelo placar mínimo.

Até hoje, tivemos 30 contendas e a vantagem brasileira é imensa: 19 a 3, com oito empates.

 

Zagallo completou 86 anos

Um dos maiores ícones do quadro canarinho de todos os tempos completou ontem 86 anos de idade. Nascido em Maceió, ele defendeu o nosso país entre 1958 e 1964, tendo conquistado as Copas do Mundo de 1958 e 1962; a Copa Roca de 1963; a Taça Bernardo O’Higgins de 1959 e 1961; e a Taça Oswaldo Cruz de 1958, 1961 e 1962.

Atuando como atacante, vestiu a amarelinha 36 vezes, obtendo 29 vitórias, quatro empates e três derrotas. Balançou a rede seis vezes. Sua estreia foi na goleada sobre o Paraguai por 5 a 1, em 04 de maio de 1958. Ele marcou dois gols. A última vez que correu atrás da bola foi em 07 de junho de 1964, no triunfo sobre Portugal por 4 a 1.

No período entre 1967 e 2002 trabalhou algumas vezes como técnico do Brasil. O Velho Lobo dirigiu o time em 135 enfrentamentos, conseguindo 90 vitórias, 30 empates e sofrendo nove revezes.

Como treinador foi campeão da Copa do Mundo de 1970, da Copa Roca de 1971, da Taça Independência de 1972, da Copa Umbro de 1995, da Copa América de 1997 e da Copa das Confederações de 1997.

 

Agenda da seleção

  • 31 de agosto: 21h45: Brasil x Equador – Arena do Grêmio, Porto Alegre-RS. – palpite: Brasil.
  • 05 de setembro: 21h45: Colômbia x Brasil – Metropolitano Roberto Meléndez, Barranquilla. – palpite: empate.
  • 05 de outubro: Bolívia x Brasil – a confirmar. – palpite: Brasil.
  • 10 de outubro: 21h45: Brasil x Chile – Allianz Parque, São Paulo-SP. – palpite: Brasil.
  • 27 de março de 2018: Alemanha x Brasil – Olympiastadion, Berlim. – palpite: Alemanha.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar