Ganhador.com

Premier League

Clássico entre United e City pega fogo nos bastidores: Mourinho sugere que Guardiola é mentiroso

Foto: Laurence Griffiths/Getty Images

Diabos Vermelhos recebem o vizinho City em busca da diminuição da vantagem na liderança da Premier League

“Você quer a verdade ou quer o quê? Você quer a verdade. (…) Eu estou dizendo a verdade. Sem histórias de (Alexandre) Lacazette, David Silva. Toda a verdade.” Com esta declaração, José Mourinho encerrou a coletiva após a vitória do Manchester United sobre o CSKA, na última terça-feira (05), pela sexta e derradeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

No caso de Silva, um dos principais jogadores do rival e vizinho, Manchester City, o treinador dos Red Devils sugere que o possível veto ao meia espanhol, que supostamente passa por problemas físicos que o impediriam de entrar em campo, seria um blefe de Pep Guardiola, técnico dos Citizens.

 

DERBY DA LIDERANÇA: MANCHESTER UNITED X MANCHESTER CITY

A polêmica levantada por Mourinho apimenta ainda mais o clima para o grande derby de Manchester, que será realizado no próximo domingo (10), às 14h30 (horário de Brasília), no fechamento da 16ª rodada da Premier League. Mesmo se vencer em casa, o United, atual segundo colocado na tabela, não tomaria a liderança dos Sky Blues – hoje, em oito pontos de diferença (43-35). Mas é notório que a vitória dos mandantes esquentaria a luta pelo título que encontra-se na direção do lado azul da cidade.

Já Guardiola preferiu trafegar pelo lado diplomático ao adotar um tom fraternal. Agora, se estamos em meio a um jogo de aparências, só o técnico espanhol poderia confirmar, mas ele fez questão de exaltar as qualidades do colega.

“Mourinho? Nós temos um bom relacionamento. Ele e eu somos como irmãos gêmeos, ambos queremos ganhar troféus. O mesmo vale para Conte, Klopp ou Pochettino. Nunca vou criticar outro treinador com relação à forma com que joga sua equipe”, afirmou o comandante do Manchester City.

ENQUANTO UM MORDE, O OUTRO ASSOPRA

Pep Guardiola também fez questão de frisar que a partida, apesar da importância, não é decisiva e que não vai mudar a forma de atuar mesmo na condição de visitante.

“Não se trata de uma final de campeonato. Longe disso. É um jogo importante, mas, em qualquer caso, não será decisivo. O único assunto em que estou interessado é jogar da nossa melhor maneira. Não é uma semifinal da Liga dos Campeões, quando o resultado da primeira partida conta. O Campeonato Inglês é como uma maratona e nem chegamos ao meio caminho. Nosso objetivo é nos apresentarmos de uma forma equilibrada, em Old Trafford, e tentar colocar nossa filosofia de futebol. Em um estádio tão prestigiado, será um enorme prazer (atuar). Treino para este tipo de jogo”, afirmou o espanhol.

Mas o treinador do City desferiu uma alfinetada de leve em José Mourinho, dando a entender que o rival valoriza mais o resultado em detrimento do bom futebol.

“Eu gosto quando meus jogadores trocam bola em velocidade e nem consigo me queixar dos resultados. Mas o United pode vencer mesmo quando não joga bem, como aconteceu contra o Arsenal. Logo, nossos oponentes são bastante talentosos para ganharem mesmo em dias difíceis”, concluiu.

 

DUELO NO CAMPO

Apesar do desfalque certo de Paul Pogba, por suspensão, José Mourinho confirmou que irá relacionar o atacante Zlatan Ibrahimovic, que se recuperou de uma grave lesão no joelho direito há pouco tempo, o meia Nemanja Matic e o defensor Phil Jones. Aliás, o português acertou quando suspeitou dos problemas físicos de David Silva. O meia espanhol foi confirmado pelo próprio Guardiola, confirmando que o jogador já não se queixa mais de dores. As baixas no City serão Mendy e John Stones, enquanto Kompany e Delph tornaram-se dúvidas também por problemas físicos. Será que Mourinho acredita?

 

PALPITE PARA MANCHESTER UNITED X MANCHESTER CITY

A vitória, em Londres, contra o Arsenal aumentou ainda mais a confiança no United para não só diminuir a distância para o City, além de implodir a invencibilidade do rival na Premier League. Os dois treinadores estão ao mesmo tempo em seus respectivos clubes e cada vez mais adaptados aos gigantes de Manchester.

Em casa, Mourinho tem uma oportunidade única para recolocar os Diabos Vermelhos na luta pelo título. E é esse tipo de situação que motiva o português, que vai entrar em campo se for preciso para derrotar Pep Guardiola, assim como nos grandes duelos em que treinou a Internazionale e Real Madrid contra o Barcelona, então comandado pelo espanhol. A nossa aposta é nos Red Devils, que, inclusive, é o melhor para o campeonato ganhar mais emoção.

JOGOS DA 16ª RODADA DO CAMPEONATO INGLÊS

Sábado, 09 de dezembro

  • 10:30 – West Ham x Chelsea – Palpite: Chelsea
  • 13:00 – Burnley x Watford – Palpite: Burnley
  • 13:00 – Crystal Palace x Bournemouth – Palpite: empate
  • 13:00 – Huddersfield Town x Brighton – Palpite: Huddersfield Town
  • 13:00 – Swansea x West Brom – Palpite: empate
  • 13:00 – Tottenham x Stoke City – Palpite: Tottenham
  • 15:30 – Newcastle x Leicester – Palpite: Leicester

Domingo, 10 de dezembro

  • 10:00 – Southampton x Arsenal – Palpite: Arsenal
  • 12:15 – Liverpool x Everton – Palpite: Liverpool
  • 14:30 – Manchester United x Manchester City – Palpite: Manchester United

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar