Copa Libertadores

Churrasco do Barcelona já teve Porco e estão preparando o Peixe!

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Barcelona fará mais uma vítima às 21h45 desta quarta-feira, em Guayaquil

O Barcelona utiliza os reservas no Campeonato Equatoriano para poupar seu rico plantel para a Taça Libertadores da América. Foi assim que conseguiu desclassificar o Palmeiras, além de Nacional-COL e Estudiantes. O churrasquinho de brasileiros começou mês passado quando serviram Porco. Chegou a vez do Peixe. Tudo isso sempre acompanhado de Locro de Papa, prato típico, que o Flávio Soares adora. Pena que ele vai te dizer que o Santos sairá vivo deste anzol.

 

Histórico

Os oponentes desta noite já se cruzaram em três oportunidades. A primeira delas aconteceu em amistoso realizado em Guayaquil. Os brasileiros não tiveram piedade e humilharam os locais por 6 a 2, em 1962.

Na Taça Libertadores da América de 2004, aconteceram dois enfrentamentos e o Peixe ganhou os seis pontos: 3 a 1 no interior do Equador e 1 a 0 na Vila Belmiro.

Tabus foram feitos para quebrar! Está na hora da primeira vitória do Barcelona.

 

Como chegaram até aqui?

O Santos é o atual vice-campeão brasileiro e entrou no grupo 2 desta edição da competição sul-americana. Após seis rodadas, terminou à frente de The Strongest, Independiente Santa Fé e Sporting Cristal. Nas oitavas de final, eliminou o Atlético-PR.

O Barcelona se sagrou campeão equatoriano de 2016 e caiu na chave 1. Com campanha inferior à do Botafogo, desclassificou Estudiantes e Nacional-COL. No mata-mata foi melhor que o Palmeiras na disputa de pênaltis.

 

Santos está cansado

É preciso reconhecer que o Santos ganhou muita moral para encarar as quartas de final da Taça Libertadores da América. A vitória sobre o Corinthians impulsionou o astral do Alvinegro Praiano, com direito ao presidente declarar que já comprou as passagens para Dubai!

De volta à realidade, após muitas horas de viagem, os jogadores desembarcaram em Guayaquil na noite de segunda-feira. O primeiro treino foi regenerativo para se recuperar do duro embate contra o Timão e do longo deslocamento.

Os paulistas devem ter mudanças na escalação em relação ao clássico do fim de semana. David Braz não está suspenso do torneio sul-americano. Ele volta à zaga no lugar de Gustavo Henrique. Copete, machucado, cede sua vaga a Thiago Ribeiro.

Já Alison parece ter tomado consciência de que não pode ser tão brutamontes como tem sido. Ele declarou estar vivendo uma onda pacifista e deseja trocar seus cartões por gols.

 

Barcelona sonha com a conquista inédita

O Equador só tem um título na história da Taça Libertadores da América. Ele pertence à LDU de Quito. Os grandes Emelec, Nacional e o próprio Barcelona jamais levantaram o troféu mais cobiçado das Américas. Os Amarelos já bateram na trave em duas oportunidades ao perderem as finais de 1990, para o Olimpia, e de 1998, para o Vasco da Gama. Por isso, a busca do título inédito é tratada como prioridade.

Os onze iniciais não terão Ariel, nem Tito Valencia, que estão machucados. Em contrapartida, Mario Pineida, o brasileiro Gabriel Marques e Erick Castillo se recuperaram e estão à disposição.

Os pontos fortes do quadro que vêm de um empate em 2 a 2 com o Independiente del Valle pela Série A equatoriana são o bom goleiro, a velocidade dos laterais e o contra-ataque mortal. O elenco conta com seis selecionáveis: o arqueiro Máximo Banguera, o lateral-direito Pedro Velasco, os zagueiros Darío Aimar e Luís Caicedo e os atacantes Oyola e Marcos Caicedo.

 

As possíveis escalações

Barcelona: Máximo Banguera; Castillo, Darío Aimar, Luís Caicedo, Beder Caicedo; Marques e Calderón; Esterilla, Marcos Caicedo e Erick Castillo; Álvez. Técnico:  Guillermo Almada.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato, Alison e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

 

Palpite

O Barcelona ganha por 2 a 0. Por que acho isso? Em primeiro lugar porque o Santos vem cansado. Não apenas por causa da longa viagem e pelo acirrado duelo contra o Corinthians, mas principalmente, pela constante utilização dos seus principais atletas ao longo de toda a temporada., coisa que os de Guayaquil trataram de evitar.

Outro aspecto que favorece os locais é a enorme presença de público que se espera nas arquibancadas para empurrar os Canarinhos em busca dos três pontos. Como disse lá em cima, o Barça tem o tabu de nunca ter pescado o Peixe. Chegou a hora de quebra-lo. Até porque, os equatorianos sonham com a conquista inédita, enquanto que caso os paulistas deem a volta olímpica, terá sido apenas mais uma.

Os alvinegros tiveram muita sorte em sua caminhada, pois só pegaram adversários fracos, rivais sem camisa, enquanto que o Barcelona ganhou experiencia ao encarar tradicionais ex-campeões e clubes com prestígio internacional, como o Botafogo.

Flávio, vá por mim, o mar do Equador não está para Peixe!

 

Quartas de final, jogos de ida

Quarta-feira, 13 de setembro:

  • 19h15: San Lorenzo x Lanús – palpite: San Lorenzo.
  • 21h45: Barcelona x Santos – palpite: Barcelona.
  • 21h45: Botafogo x Grêmio – palpite: Botafogo.

 

Quinta-feira, 14 de setembro:

  • 21h45: Jorge Wilstermann x River Plate – palpite: empate.

Comentários

3 Comentários
Voltar