Ganhador.com

NBA

Chicago Bulls x Golden State Warriors: há vida sem Kevin Durant? Leia os prognósticos desta quinta!

Foto: Rob Carr/Getty Images

Depois da fartura da quarta-feira, NBA tem jornada “light” e só três partidas.

Os 11 jogos da “superquarta” da NBA renderam ótimas histórias – e vamos a três delas antes de começarmos nosso “fadeaway” (que saudades dos seus arremessos, Kobe…) em direção à quinta-feira. Vamos lá:

 

O que rolou na Superquarta da NBA

Dos males o menor para Kevin Durant. O astro dos Warriors suspirou aliviado nesta quarta. Ele realmente machucou sério o joelho na derrota de terça para os Wizards, mas vai ficar parado por apenas um mês e jogar o playoff inteirinho. Temiam em Golden State que ele sequer atuasse mais neste ano. Entorse de grau dois do ligamento medial colateral do joelho esquerdo e um hematoma na tíbia. Nada que desanime Durant, que já está a pleno vapor na galáctica fisioterapia do Golden State.

O Brooklyn Nets ganhou sua primeira partida depois de 16 derrotas seguidas! Foi fora de casa contra o Sacramento Kings, 109×100, na noite passada. Leonard Cohen cantaria: “Hallelujah! Hallelujahhhh!”

Um outro rescaldo da noite passada: que jogaço monstruoso, o Boston Celtics x Cleveland Cavaliers do TD Garden! Nem mesmo o triplo-duplo de LeBron James foi suficiente para dar a vitória aos Cavs: 103×99 para o Boston, em nova noite mágica de Isaiah Thomas. O baixinho bom de bola, incrível versão basqueteira da malemolência de Romário, somou 31 pontos, 2 rebotes e 5 assistências – contra 28 pontos, 13 rebotes e 10 assistências do “King James”. Isso aí, senhoras e senhores, sem exagero algum, é o Bird x Jordan dos nossos tempos. O Ganhador passou bem perto de acertar de chuá, mas chorou e não caiu. A bola chorou; a gente não, porque nessa NBA só dá para chorar se for de alegria. Nosso palpite indicava Celtics + 2 e foi + 4. Enquanto houver mais emoção e brilho, tudo certo. Não dá para ganhar todas, já ensinava Michael Jordan, e quem somos nós para discutir com o maior de todos?

A fantástica temporada regular da NBA segue com mais três jogos nesta quinta-feira (2). Vamos a eles:

 

Prognósticos para os jogos de quinta-feira

22h00 – Chicago Bulls, campanha com aproveitamento de 50% (3.60) x Golden State Warriors, 83% (1.31)
Como será o Golden State Warriors sem Kevin Durant? É esta a pergunta que a NBA vai acompanhar atentamente nesta noite, e com uma partida dura o suficiente para o Golden State chegar até mesmo a temer uma segunda derrota seguida, pois perdeu para os Wizards anteontem. Tudo bem, não é o Bulls de Jordan e Pippen, mas Dwyane Wade e companhia merecem crédito pelo 4-1 que mantêm. O Chicago joga pressionado na briga para chegar ao playoff. É o sétimo no Leste e enfrenta o primeiro no Oeste. Nem é preciso entender de basquete ou de esporte para imaginar como o United Center vai estar enlouquecido com 21.000 pessoas empurrando o Chicago à vitória. Um único jogo entre os dois nesta temporada: foi em 9 de fevereiro em Golden State e foi massacre para os Warriors: 123×92.
Palpite:
Bulls vencem por 1-2 pontos

23h00 – Phoenix Suns, 30% (1.64) x Charlotte Hornets, 43% (2.35)
Os Hornets são só o 11º no Leste. Está ruim? O que dizer dos Suns, 15º e último no Oeste? Ambos jogam com a cabeça em 2018 – que ninguém espere então grandes acontecimentos neste duelo. Séries negativas para Hornets (3-7) e Suns (2-8). Primeiro jogo entre ambos na temporada, olhe que raro – ou que bem-vindo, já que há esta previsão de baixo nível.
Palpite:
Hornets vencem por 3-6 pontos

00h30 – Portland Trail Blazers, 40% (1.80) x Oklahoma City Thunder, 58% (2.50)
As duas equipes não estão no topo da tabela, tudo bem, mas até por isso há sim uma enorme chance de sair uma daquelas partidas suadas, brigadas e jogadas com cotovelos e joelhos. Não é legal, a gente sabe, mas é perfeitamente compreensível que uma articulação ou outra acerte o adversário com milhares de torcedores nos assentos implorando por “Defense!”. O Thunder está crescendo na hora certa e isso é bom para todo mundo, inclusive Russell Westbrook e sua coleção de mágicas – são tantas que é impossível descrever uma só. O senhor triplo-duplo está brilhando como nos dias mais reluzentes, e o resultado disso é um interessante 4-0 na atualidade e 7-3 na dezena para o Thunder. Oklahoma ocupa agora a sétima posição no Oeste e não pode permitir nenhuma brecha para Portland, em 11º na mesma conferência, mas ainda com chances reais de alcançar o Denver Nuggets e ficar com a oitava vaga do playoff por lá: 1×1 no confronto direto. Foi 105×99 Oklahoma em 5 de fevereiro.
Palpite:
Thunder vence por 7-9 pontos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar