Ganhador.com

NBA

Celtics tomaram a decisão correta

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Você, torcedor dos Celtics, triste que o seu time perdeu a chance de adquirir uma super estrela no último dia de trocas da NBA, calma. Eu entendo a sua dor, mas relax baby.

Sim, com Jimmy Butler ou Paul George, Boston teria chances concretas de vencer o Cleveland (dependendo do baú de talentos que teria que entregar para concretizar uma troca). Recentemente no programa The Book is on the Table, Eu propus Avery Bradley, Jae Crowder e a escolha dos Nets (Boston tem direito a essa escolha no próximo draft) por Jimmy Butler.

Sinceramente, esse pacote já é bem ousado, considerando que Bradley e Crowder são grandes defensores e importantes para o sistema defensivo de Brad Stevens.  E outra, a escolha dos Nets será a mais valiosa do próximo draft.

A troca com os Bulls não chegou perto de acontecer, mas houve negociações com os Pacers para adquirir Paul George. Houve forte rumores de que Larry Bird não estava interessado em negociar seu melhor jogador e só o faria por uma oferta irrecusável. Supostamente, Indiana teria pedido três jogadores de um grupo de quatro (Marcus Smart, Avery Bradley, Jaylen Brown e Marcus Smart) e a escolha dos Nets em 2017. Desculpa, mas é muita coisa.

Gente, é óbvio que os Celtics precisam de um ala-armador top de linha para realmente competir.  Butler ou George preencheria esse requisito, mas calma aí. Smart e Bradley são dois dos melhores defensores da NBA e o calouro Brown é super talentoso também.  E outra, George será free agent em 2018 e dizem que a meta dele é jogar nos Lakers.

Eu sei que é super frustrante ficar escolhendo 5 ou 6 jogadores num draft e falhar em várias tentativas de trocas.  Eu também concordo que Boston pode estar a jogador de realmente competir com o Cleveland, mas acho que Danny Ainge está sendo prudente. O bom jogador de pôquer não começa a apostar em todas as mãos só porque tem mais fichas que todos na mesa.  Não é assim.

Times sabem que Boston tem muitos ativos que adoraria negociar, e Ainge não pode se entregar à tentação de não valorizar o que tem para tentar ganhar agora. Ainge fez trocas inteligentes em 2014 para adquirir Isaiah Thomas e Jae Crowder.  No ano passado, ele trouxe Al Horford.  O cara sabe trabalhar.

Seria ótimo ter Butler ou George? Sem dúvida, mas não a qualquer custo.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar