Vôlei

Brasil no Grand Prix de Vôlei: duas vitórias e uma derrota

Foto: Divulgação FIVB

Após a primeira semana, meninas brasileiras estão em quinto lugar.

O otimismo antes da estreia foi substituído por desconfiança após as três primeiras partidas da primeira fase do Grand Prix. O Brasil sofreu demais contra a frágil Bélgica, perdeu da Sérvia e só passou pela Turquia no tie-break, sendo que em dois amistosos realizados dias antes do Grand Prix, havia vencido ambos por 3 a 0. Vamos ver se o escrete cresce ao longo da competição.

 

Brasil varreu a Bélgica

Os três sets do Brasil x Bélgica se deram da seguinte forma: as brasileiras abriram boa vantagem no começo, permitiram a recuperação das adversárias mas acabaram chegando aos 25 pontos antes das europeias. O bloqueio foi o grande destaque, pois foi responsável por 15 dos 75 pontos. No primeiro set, a verde e amarela chegou a abrir 16 a 8 mas fechou em 25 a 22. No segundo, fez 16 a 12 e fechou em 25 a 23. No último, abrimos 16 a 7 e fechamos em 25 a 18. As belgas formam um dos conjuntos mais fracos da primeira divisão.

 

Show de Mihajlovic

O Brasil não deu nem para a saída contra a Sérvia, atual medalhista de prata das Olimpíadas. Os altos e baixos da estreia se repetiram no sábado. O adversário, porém, era muito mais poderoso. O saque e o bloqueio foram os grandes trunfos das eslavas. O técnico José Roberto Guimarães reclamou dos erros de contra-ataques. Segundo ele, “deram moral às rivais”. As parciais foram de 25/19, 25/20 e 25/19.

 

Brasil venceu a terceira seguida contra a Turquia

Na reta final de preparação para o Grand Prix, o Brasil venceu a Turquia duas vezes em Istambul: 3 a 0 e 3 a 0. Ontem, em Ancara, a estória foi outra. No primeiro set, as turcas abriram 7 a 3. A cada ponto, Uslupehlivan e suas companheiras comemoravam como se tivessem vencido a batalha. Tandara chamou para si a responsabilidade do jogo e o Brasil cresceu em todos os fundamentos. O placar chegou a esta empatado em 23 pontos e o Brasil acabou virando para 26 a 24. No segundo set, o roteiro se repetiu. As europeias lideravam e Rosamaria começou a buscar bolas para colocar o quadro tupiniquim no embate. No final, nossas atletas deslancharam e fecharam em 25 a 17 No terceiro set, Tandara e Rosamaria se destacaram e o Brasil, apesar de novamente sair atrás, não deu chances às adversárias e fechou facilmente por 25 a 17, num belo bloqueio duplo de Adenizia e Roberta.

 

Agenda

Semana que vem o Brasil se exibirá em Sendai contra a Sérvia, da qual perdeu no sábado, a Tailândia e o anfitrião Japão. Mesmo se voltar a ser derrotada pelas do leste europeu, nosso time é apontado como superior aos dois rivais asiáticos. O Brasil retornará do Extremo Oriente direto para casa, pois receberá em Cuiabá Bélgica, Holanda e Estados Unidos na última semana da fase de classificação.

 

Situação do Grand Prix

A fase de classificação terá a duração de três semanas e cada país fará nove duelos. Na segunda semana, além do quadrangular do Brasil, teremos China, Estados Unidos, Itália e Turquia duelando em Macau e Bélgica, Holanda, República Dominicana e Rússia se encarando em Ekaterimburgo.

Neste momento, teríamos, Sérvia, Estados Unidos, Holanda, República Dominicana, Brasil e China disputando a fase final. Três equipes não somaram nenhum ponto já devem se preocupar com a possibilidade de descenso. São elas, Bélgica, Rússia e Tailândia. Ao final da temporada, apenas uma cairá para o Grupo 2.

A Polônia lidera a segundona e estaria classificada para a fase final se o torneio terminasse hoje. Os outros que avançariam seriam Coréia do Sul e Bulgária, além da República Checa, que abrigará o Final Four. O Cazaquistão é o mais cotado para pegar o elevador para baixo.

No Grupo 3, a Hungria somou todos os 9 pontos possíveis, lidera e estaria garantida nas fase final, junto com França, Venezuela e Austrália, que organizará o mata-mata pelo título.

     

França tenta imitar o masculino

A seleção feminina da França é bem diferente da masculina, campeã da Liga Mundial no sábado. As françaises estão na terceira divisão e tiveram de jogar a primeira semana em Yaoundé, capital de Camarões. Nos primeiros três enfrentamentos, elas conseguiram três vitórias: 3 a 2 sobre a Venezuela, 3 a 0 sobre a Argélia e 3 a 1 sobre Camarões. Semana que vem, elas estarão em Port of Spain para encarar Austrália, Trinidad & Tobago e novamente Camarões.

 

Calendário de jogos do Grand Prix de Vôlei:

1ª rodada, sexta-feira, 7 de julho:

  • Turquia 0x3 Sérvia
  • Bélgica 0x3 Brasil
  • Estados Unidos 3×2 Rússia
  • China 3×1 Itália
  • Holanda 3×0 República Dominicana
  • Japão 3×2 Tailândia
  • Coréia do Sul 3×1 Alemanha
  • Bulgária 3×0 Cazaquistão
  • Croácia 0x3 Polônia
  • Argentina 0x3 Canadá
  • República Checa 3×0 Colômbia
  • Peru 3×1 Porto Rico
  • Hungria 3×0 Trinidad & Tobago
  • México 3×1 Austrália
  • França 3×2 Venezuela
  • Camarões 3×0 Argélia

 2ª rodada, sábado, 8 de julho:

  • Brasil 0x3 Sérvia
  • Turquia 3×1 Bélgica
  • Itália 0x3 Estados Unidos
  • China 3×2 Rússia
  • Holanda 3×0 Tailândia
  • República Dominicana 3×1 Japão
  • Alemanha 3×0 Cazaquistão
  • Bulgária 3×2 Coréia do Sul
  • Polônia 3×0 Canadá
  • Argentina 2×3 Croácia
  • Porto Rico 1×3 República Checa
  • Peru 3×0 Colômbia
  • Austrália 1×3 Hungria
  • México 3×1 Trinidad & Tobago
  • França 3×0 Argélia
  • Camarões 0x3 Venezuela

 3ª rodada, domingo, 9 de julho:

  • Sérvia 3×0 Bélgica
  • Turquia 2×3 Brasil
  • Rússia 2×3 Itália
  • China 3×0 Estados Unidos
  • Holanda 2×3 Japão
  • Tailândia 1×3 República Dominicana
  • Cazaquistão 0x3 Coréia do Sul
  • Bulgária 2×3 Alemanha
  • Canadá 3×1 Croácia
  • Argentina 0x3 Polônia
  • Porto Rico 0x3 Colômbia
  • Peru 1×3 República Checa
  • Austrália 3×0 Trinidad & Tobago
  • México 0x3 Hungria
  • Argélia 0x3 Venezuela
  • Camarões 1×3 França

     

Classificação:

  1. Sérvia – 9 – Fase Final.
  2. Estados Unidos – 8 – Fase Final.
  3. Holanda – 7 – Fase Final.
  4. República Dominicana – 6 – Fase Final.
  5. Brasil – 5 – Fase Final.
  6. China – 5 – Fase Final por ser a sede.
  7. Japão – 4
  8. Turquia – 4
  9. Rússia – 3
  10. Itália – 2
  11. Tailândia – 1
  12. Bélgica – 0 – 2a divisão 2018.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.