Ganhador.com

NBA

Boston Celtics manda em casa e abre 3-2 contra o Washington Wizards

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Isaiah Thomas e companhia agora estão a uma vitória de enfrentar LeBron e os Cavs

Jogando em seu ginásio, o Boston Celtics não deu a menor chance ao Washington Wizards. Na noite desta quarta-feira (10), a equipe do astro Isaiah Thomas ganhou por 123×101 o Jogo 5 da série melhor de sete da semifinal do Leste. Os verdinhos de Boston agora lideram o playoff por 3-2, e uma nova vitória será suficiente para colocá-los na decisão da conferência, contra o Cleveland Cavaliers.

Depois da overdose de emoção de San Antonio Spurs e Houston Rockets na noite anterior, o Celtics x Wizards desta quarta foi um pouco morno. O Washington começou na frente, mas o Boston assumiu a liderança do placar ainda no primeiro quarto e não largou mais. A diferença logo ultrapassou dez pontos e aumentou até chegar a 26, terminando com a distância final de 22 pontos, margem bastante surpreendente para a semifinal que vinha empatada por 2-2.

Outra grande comprovação do domínio dos Celtics está nas parciais. Adotando a corriqueira tática de forçar o ataque no primeiro e último quartos, o Boston cumpriu com êxito o passo dois para esta estratégia funcionar: priorizou a defesa na segunda e terceira parte de jogo e freou qualquer iniciativa dos Wizards.

Acompanhem: o primeiro quarto terminou 33×21 Celtics; o segundo, mais apertado, foi 34×30 para o Boston, que foi para o intervalo ganhando pelo inesperado placar de 67×51.

A terceira parcial seguiu a toada da segunda e ficou no 26×25 Celtics. No último quarto, outro “sprint”: 30×25, com 123×101 na soma da partida.

   

O jogo da vida de Avery Bradley

Com um Isaiah Thomas ainda convalescente do problema na boca e sem a explosão de costume, coube ao ala-armador Avery Bradley chamar para si a responsabilidade e corresponder em uma instância tão decisiva.

O camisa #0 fez um primeiro tempo insano e somou 25 pontos, terminando a partida com 29 no total. “Brad” jamais havia feito tantos em um jogo de playoff.

Isaiah Thomas desta vez respondeu por 18 pontos e 9 assistências. Sua partida foi tão aquém do esperado que as redes sociais depois da partida brincaram que suas assistências, na verdade, foram “desistências”, tamanho o desânimo.

Fechando o “trio de ases” do Boston, destaque para Al Horford, que anotou 19 pontos e agarrou 6 rebotes.

Pelos lados dos Wizards, de noite coletiva realmente fraca, os destaques foram o armador John Wall (21 pontos) e mais uma vez o pivô polonês Marcin Gortat, com 11 rebotes.

   

Série aberta e instável

O 3-2 livrado pelo Boston é importante e merece ser considerado, claro. Mas está longe de colocar um ponto final no playoff. Os números são implacáveis: o vencedor dos jogos 5 da NBA avançou a série em 83% dos casos até aqui.

Será este o caminho a ser seguido também neste Celtics-Wizards?

Sem certezas, porque a grande marca desta série é a instabilidade. O jogo mais apertado foi o 2, que chegou a ir à prorrogação, mas terminou 129×119 para os Celtics. Houve momentos em que nem parecia um playoff, como os 24 pontos seguidos dos Wizards no meio do Jogo 3, com outra vitória fácil, mas do Washington.

Algo bem perceptível neste playoff é o mando de quadra. As três vitórias do Boston foram obtidas em seu ginásio; o mesmo ocorreu com os dois triunfos dos Wizards em Washington.

O jogo 6, que pode sacramentar a vitória do Boston na série, será na casa dos Wizards, na sexta-feira, às 21h.

O que achamos? A série está tão maluca que pode facilmente entrar nos 17% de zebra de o vencedor do jogo 5 não se classificar. É mais prudente, porém, aguardar um jogo 7 – ele sim está com uma cara bem definida, para daí pensar em quem vai ganhar o duelo final.

   

Em 24 segundos…

…O toco histórico de Ginóbili em Harden segue dando o que falar. Mas o craque argentino foi bem humilde em sua análise: “Era uma jogada arriscada. Não pensei em nada, porque não deu tempo. Tentei atrapalhá-lo o máximo que pude e acabou saindo desta maneira. Foi pura sorte”.

…Com o tornozelo machucado no Jogo 5, Kawhi Leonard resolveu que vai para o sacrifício na partida 6. Se ele não estiver 100%, as chances do Houston crescem demais e o jogo 7 passa a ser quase uma certeza.

…Lesões, desgaste físico, desgaste mental. E Cavs e Warriors só treinam e dão risada.

   

A partida desta noite na NBA será:

  • 21h00 – Houston Rockets x San Antonio Spurs (Spurs 3-2)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar