Ganhador.com

Amistosos

Barcelona vence Real Madrid no fim de semana repleto de jogões

Foto: Mike Ehrmann/Getty Images

Grandes clubes europeus fazem os últimos ajustes para a temporada.

Fim de semana contou com algumas das principais agremiações do Velho Continente se confrontando em jogos de sair faísca: Arsenal, Barcelona, Internazionale, Juventus, Liverpool, Manchester City, Mônaco, PSG, Real Madrid, Sevilla e Tottenham, entre outros, jogaram amistosamente.

 

El Clásico Miami

O Barcelona mostrou que tem um plantel muito forte, principalmente se conseguir que Neymar continue com o grupo. Os comandados do estreante Ernesto Valverde ganharam os três amistosos nos Estados Unidos contra Juventus (2 a 1), Manchester United (1 a 0) e, mais importante, Real Madrid (3 a 2).

No El Clásico, Messi logo aos 3’ abriu o marcador e Rakitic ampliou aos 7’. O Barça continuou melhor mesmo após sofrer um gol de Kovacic. Neymar e Messi perderam boas oportunidades de definir a peleja. Num veloz contra-ataque, Asensio deixou tudo igual. Com muitas alterações, a zaga madridista se confundiu e assistiu Neymar tocar para Piqué dar números finais ao encontro.

Agora, Real Madrid e Barcelona se enfrentam pela Supercopa Espanhola em 180 minutos.

 

Daniel Alves decide a favor do PSG

Pelo Trophée des Champions, ou Supercopa Francesa, o Paris Saint-Germain, atual campeão da Coupe de France, superou o Mônaco, vencedor da Ligue 1, e faturou o primeiro título oficial da temporada.

Em Tanger, os monegascos saíram na frente graças a um golaço de Djibril Sidibé, que encobriu o goleiro Areola. No segundo tempo, Daniel Alves marcou de falta seu primeiro tento pelo novo empregador. Pouco depois, o brasileiro achou a cabeça de Adrien Rabiot, que virou o placar para os supercampeões parisienses.

 

City atropela Tottenham

Pela Champions Cup dos Estados Unidos, John Stones, Raheem Sterling e Brahim Díaz fizeram os três tentos da goleada do Manchester City sobre o Tottenham. O treinador Pep Guardiola escalou diversos contratados pela primeira vez, como o português Ederson, e o ex-Real Madrid, Danilo. A vitória poderia ter sido ainda mais esmagadora, se não fossem as oportunidades desperdiçadas por Sergio Aguero (duas) e Gabriel Jesus.

O técnico londrino Mauricio Pochettino admitiu que os do norte da Inglaterra foram superiores mas que ele espera corrigir os erros da defesa até a estreia na Premier League.

 

Sevilla mostrou força

O Sevilla derrotou o Arsenal por 2 a 1 mas mesmo com 100% de aproveitamento deixou o título da Emirates Cup escapar. É que o regulamento previa que cada gol marcado também valia um ponto. Assim, ingleses e espanhóis terminaram com nove pontos e os Gunners tiveram maior número de gols pró. Em campo, Joaquín Correa e Steven N’Zonzi marcaram para os espanhóis e Alexandre Lacazette descontou para os anfitriões.

O RasenBallsport Leipzig ficou com a medalha de bronze e o Benfica, que perdeu seus dois compromissos, terminou em último.

 

Chelsea perdeu para a Inter

Com gols de Jovetic e Perisic, os nerazzurri passaram pelos Blues, que descontaram com Konndogbia contra. Os italianos têm mostrado ser uma esquadra bastante eficiente nos contra-ataques. Os ingleses jogaram muito mal, criaram muito pouco e ainda contaram com que Jovetic perdesse um pênalti.

 

Lazio preparado para a Supercopa

Depois de ganhar de Triestina e Spal, a Águia teve um teste de fogo. Diante do Bayer Leverkusen, em solo inimigo, os comandados de Inzaghi tiveram uma atuação quase perfeita e desejam repeti-la contra a Juventus, pela Supercopa Italiana. Os gols do representante da Bota foram anotados por Immobilie (dois) e Felipe Anderson. Yurchenko descontou para os alemães.

 

Philippe Coutinho em mais uma grande apresentação

Philippe Coutinho, pretendido pelo Paris Saint-Germain, mostrou seu valor contra o Hertha Berlim. Foi dele o lançamento em profundidade para que o egípcio Mohamed Salah marcasse o terceiro gol inglês sobre os alemães. Antes, Dominic Solanke e Georginio Wijnaldum haviam balançado as redes.

 

Porto massacrou La Coruña

Os espanhóis fizeram uma péssima campanha em 2016/17 e por pouco não foram parar na segunda divisão. Para não passar vexame, se prepararam pegando apenas equipes pequenas. A primeira grande prova foi contra o Porto e os portugueses não perdoaram. Aboubakar (dois), Jesus Corona e Moussa Marega fizeram os gols locais, que estreiam em sua liga nacional, onze dias antes dos seus vizinhos.

 

Série A 2017/18 promete

Roma e Juventus protagonizaram um belo empate em um gol nos Estados Unidos. Mandzukic marcou para a Vecchia Signora e Dzeko empatou para os giallorossi. Os quadros comandados por Massimiliano Allegri e Eusebio di Francesco aproveitaram a oportunidade para estrear De Sciglio na Juve e Kolarov e Defrel nos da capital da Bota.

Com o alto investimento do Milan e as recentes boas exibições de Roma, Juventus, Lazio e Internazionale, o Campeonato Italiano promete resgatar seus áureos tempos.

 

Principais resultados

29 de julho:

  • RasenBallsport Leipzig 0x1 Sevilla
  • Arsenal 5×2 Benfica
  • Chelsea 1×2 Internazionale
  • Manchester City 3x-0 Tottenham Hotspur
  • Real Madrid 2×3 Barcelona
  • Sporting 1×0 Fiorentina
  • Hertha Berlim 0x3 Liverpool
  • Mônaco 1×2 Paris Saint-Germain

30 de julho

  • Roma 1×1 Juventus
  • RasenBallsport Leipzig 2×0 Benfica
  • Arsenal 1×2 Sevilla
  • Bayer Leverkusen 1×3 Lazio
  • Bournemouth 0x1 Valencia
  • Sheffield Wednesday 0x2 Rangers
  • Betis 1×1 Besiktas
  • Porto 4×0 La Coruña

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar