Ganhador.com

Champions League

Barcelona e Arsenal precisam de milagres. Prognósticos das oitavas da Champions League

Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Somente três vezes na história do futebol europeu times conseguiram virar uma eliminatória após derrota por quatro gols na partida de ida, e nenhuma foi na fase moderna da Champions League

Depois da chuva de gols nas partidas de ida das oitavas de final da Champions League, a expectativa é de que a história se repita nos jogos de volta. Afinal, os times que precisam buscar resultado são goleadores por natureza – e seus adversários, que terão campo à disposição, também.

 

NAPOLI X REAL MADRID

O Napoli vinha em grande momento na temporada, mas aí a coisa desandou com as derrotas para o Real, para a Juventus (3 a 1 na Copa da Itália) e para a Atalanta (2 a 0, em casa, pelo Italiano). O time ganhou uma injeção de ânimo, no entanto, ao vencer a Roma por 2 a 1, fora de casa, no fim de semana.

O estádio San Paolo é um dos mais velhos e quentes da Europa, um raro exemplo de futebol “raíz”. A torcida napolitana pode ser importante para empurrar o time e pressionar arbitragem. O Napoli precisa, para avançar, de uma vitória por 2 a 0.

Difícil é imaginar que o Real Madrid ficará sem fazer um gol sequer – marcou nos últimos 46 oficiais. O trio Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo está saudável. A chave para o Real é fazer o que conseguiu no segundo tempo do jogo do Bernabéu. Diminuir a velocidade do jogo, controlar o ímpeto do Napoli com a bola nos pés de seus meio-campistas.

Prognóstico: Empate por 2 a 2, Real avança.

 

ARSENAL X BAYERN DE MUNIQUE

O Arsenal vive seu pior momento na temporada. Perdeu quatro dos últimos seis jogos oficiais, incluindo o que levou de 5 a 1 em Munique. Já o Bayern engrenou de vez e está invicto há 16 partidas. Com Thiago mandando no meio de campo, Robben e Ribery abrindo o campo e Lewandowski colocando todas para dentro (37 gols em 38 jogos na temporada), é difícil duvidar deste time.

O Bayern é favorito não só para ficar com a vaga, mas para ganhar em Londres e afundar ainda mais o Arsenal. O time londrino deverá ter desde o início o chileno Alexis Sánchez, que ficou no banco na derrota para o Liverpool e estaria brigado com o técnico Arsène Wenger.

Prognóstico: Bayern vence por 3 a 1.

 

BARCELONA X PARIS SAINT-GERMAIN

O jogo que mais chama a atenção será na tarde de quarta-feira. O Barcelona precisa derrubar uma escrita para não ficar fora das quartas de final pela primeira vez desde 2007. Nunca um time perdeu por 4 a 0 na ida e conseguiu reverter na volta em qualquer competição europeia.

Três times já reverteram após derrotas por 5 a 1 ou 6 a 2. O detalhe é que estes times voltaram para casa com o gol qualificado, coisa que o Barcelona não fez. Se levar um no Camp Nou, terá de fazer seis.

O Barça mudou para um sistema de 3-4-3 desde os 4 a 0 de Paris. Ganhou jogos e paz, já que Luís Enrique acabou com a polêmica sobre sua renovação, anunciando que não ficará ao final da temporada. Talvez o técnico apronte alguma surpresa tática. A chave para o Barcelona é não bobear na defesa, pois um gol acaba com qualquer esperança, e torcer para que Messi, Suárez e Neymar façam chover na frente.

A chave para o PSG é ser agressivo e não esperar os 90 minutos passarem. Se for a campo só para se defender, pode se dar mal e entrar para a história negativamente. Unai Emery é ótimo técnico, o time é muito bom e, por mais forte que seja o Barcelona, o PSG tem faca, queijo e outros petiscos nas mãos.

Prognóstico: ambos marcam, Barça ganha por 3 a 1 – mas não leva.

 

BORUSSIA DORTMUND X BENFICA

É o confronto mais aberto, após a vitória por 1 a 0 do Benfica em Lisboa. Desde então, o Borussia se acertou e ganhou três jogos seguidos na Bundesliga, com 12 gols marcados. A má notícia para os alemães é que o ótimo meia Reus está fora da partida.

Na história, o Borussia ganhou os cinco jogos que fez contra portugueses em Dortmund. O Benfica, que lidera em Portugal com vitórias magras, ganhou só 2 das 22 partidas que fez em solo alemão. Mas é bom lembrar que o Benfica não precisa ganhar para passar. Nas 13 vezes em que venceu um jogo de ida por 1 a 0 em competições europeias, avançou em 12 oportunidades.

Prognóstico: Borussia ligeiro favorito, vence por 3 a 0

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar