Ganhador.com

Brasileirão Série A

Bahia e Coritiba fazem o duelo dos empates na 26ª rodada do Brasileirão

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Baianos e paranaenses correm sérios riscos de rebaixamento

Com o Campeonato Brasileiro afunilando, qualquer derrota em um confronto direto pode ser fatal. Neste sábado, pela 26ª rodada, Bahia e Coritiba vivem esta situação, mas chegam em momentos opostos. Enquanto os baianos lutam para escapar e aparecem em 13º, os paranaenses vivem longo jejum e estão na penúltima posição.

 

Bahia vai com sofrimento

Para o nível da equipe do Bahia, é praticamente impossível ficar muito longe do Z-4. Com isso, só por ficar fora da zona de rebaixamento, como está agora, já é algo para se comemorar. No entanto, com apenas dois pontos de vantagem para o 17º colocado, o tricolor certamente vai sofrer até a última rodada.

Para este final de semana, um empate o mantém em situação segura, porém, o ideal mesmo seria uma vitória, pois abriria uma distância de seis pontos para um concorrente direto.

Novamente falando da qualidade do time, o desfecho não é algo garantido, só que pela fragilidade atual do adversário, o Bahia pode sim crescer durante a partida. Além disso, o clube venceu seis dos 12 jogos em casa no Brasileirão, o que demonstra a força da Fonte Nova. Uma das razões para esta campanha positiva é o ataque, que anotou 22 gols no local. Isso significa que é o mandante com mais bolas na rede do campeonato.

 

Coritiba sem reação

O elenco do Coritiba não é forte, mas comparado com os concorrentes para fugir do rebaixamento, o desempenho é abaixo da média. É inaceitável para um clube com tantos anos na elite ser apenas o penúltimo colocado. Além disso, ficar seis jogos sem vencer é um sinal extremamente preocupante.

Na última rodada, a sonolência do time ficou ainda mais evidente quando depois de empatar em 2 a 2 com o Botafogo, sofreu o terceiro gol logo no minuto seguinte.

Com isso, é pouco provável que os paranaenses consigam um desfecho melhor neste sábado. Para piorar, o compromisso é fora de casa e o desempenho como visitante é frustrante. Das 12 apresentações deste tipo, foram somente três vitórias, dois empates e sete derrotas. Desta forma, por mais que esteja mergulhado no Z-4, um empate já seria um grande feito.

 

Retrospecto de Bahia x Coritiba

Se tem um resultado comum neste duelo é o 0 a 0. Dos últimos dez encontros, cinco terminaram sem gols. Aliás, empate é com esta dupla mesmo, pois neste período foram oito. Os outros dois terminaram com vitória do Coritiba, pelos Campeonatos Brasileiros de 2012 e 2014. O Bahia não vence este embate desde julho de 2007, quando levou a melhor por 3 a 1.

 

Prováveis escalações

As duas equipes chegam com a base das últimas partidas.

Bahia: Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Matheus Reis e Juninho Capixaba; Edson, Renê, Vivian, Régis e Mendoza; Rodrigão.

Coritiba: Wilson; Edinho, Walisson, Luizão e Dodô; Alan Santos, Getterson, Matheus Galdezani e Rafael Longuine; Rildo e Kleber.

 

Palpite

Bem mais disposto a lutar contra o rebaixamento e jogando em casa, o Bahia tem tudo para vencer o Coritiba. Vale esperar também por muitas bolas nas redes, pois as duas defesas são bem frágeis.

 

Jogos da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017

Sábado, 30 de setembro

  • 16:00 – Bahia x Coritiba. Palpite: Bahia vence por 2 a 1
  • 16:00 – Vasco x Chapecoense. Palpite: Vasco vence por 2 a 0
  • 19:00 – Palmeiras x Santos. Palpite: Palmeiras vence por 1 a 0

Domingo, 1 de outubro

  • 16:00 – Avaí x Atlético-GO. Palpite: Avaí vence por 1 a 0
  • 16:00 – Botafogo x Vitória. Palpite: Botafogo vence por 2 a 0
  • 16:00 – Cruzeiro x Corinthians. Palpite: 0 a 0
  • 16:00 – Grêmio x Fluminense. Palpite: 1 a 1
  • 16:00 – São Paulo x Sport Recife. Palpite: São Paulo vence por 2 a 1
  • 19:00 – Atlético-PR x Atlético-MG. Palpite: Atlético-PR vence por 2 a 0

Segunda-feira, 2 de outubro

  • 20:00 – Ponte Preta x Flamengo. Palpite: Ponte Preta vence por 2 a 1

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2017

  1. Corinthians, 54 – Libertadores
  2. Santos, 44 – Libertadores
  3. Grêmio, 43 – Libertadores
  4. Palmeiras, 43 – Libertadores
  5. Cruzeiro, 40 – Libertadores
  6. Botafogo, 40 – Pré-Libertadores
  7. Flamengo, 39 – Pré-Libertadores
  8. Atlético-PR, 34 – Copa Sul-Americana
  9. Vasco, 32 – Copa Sul-Americana
  10. Chapecoense, 31 – Copa Sul-Americana
  11. Atlético-MG, 31 – Copa Sul-Americana
  12. Fluminense, 31 – Copa Sul-Americana
  13. Bahia, 30 – Copa Sul-Americana
  14. Sport Recife, 30
  15. Avaí, 30
  16. Vitória, 29
  17. São Paulo, 28 – Série B
  18. Ponte Preta, 28 – Série B
  19. Coritiba, 27 – Série B
  20. Atlético-GO, 22 – Série B

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar