Ganhador.com

NBA

Até onde Kawhi Leonard pode levar os Spurs?

Foto: Ronald Martinez/Getty Images

A pergunta começa a ganhar resposta às 23h30 com o jogão entre o San Antonio e o Toronto

Times que seguem firmes com o propósito de chegar às finais de suas conferências, San Antonio Spurs e Toronto Raptors fazem às 23h30 (de Brasília) o principal confronto entre os oito desta noite de terça-feira na NBA.

Um simples número já dá sinais do que está à espera do fã do basquete: tanto Spurs quanto Raptors ocupam a vice-liderança de suas conferências, com vantagem de campanha para os Spurs (79% a 69% de vitórias). O número, porém, é um pouco fantasioso. Nas últimas quatro vezes que se enfrentaram, Spurs e Raptors ganharam suas duas partidas cada um, e sempre com placares apertados. Nesta temporada, por exemplo, o San Antonio fez 102×95 e levou 97×94, e qualquer resultado que não reforce este equilíbrio será mesmo uma grande surpresa.

Grande surpresa vem sendo também o desempenho do craque dos Spurs na atual temporada, o ala Kawhi Leonard, de 2,01 metros e um físico descomunal para roubadas de bola seguidas da enterrada que é sua marca registrada desse os tempos do basquete universitário.

Leonard está com 25 anos. E evoluiu tanto que já é possível traçar uma linha do tempo ascendente em seu jogo desde que estreou na NBA, em 2012.
Leonard é craque de uma camisa só. Até hoje, só atuou pelos Spurs. Aproveitou uma contusão do fantástico Manu Ginóbili para somar rodagem e não saiu mais da equipe. Outra grande característica sua é ser praticamente impecável nos lances-livres. Há partidas em que ele chega aos 100%, e sua média na atual temporada é de 92%. Impressionante. Leonard é quase uma bola (ou bala?) de segurança para o San Antonio. São 24,0 pontos, 46,6% de eficiência nos arremessos de dois pontos e 39% nas bolas longas de três.

Está em nível tão completo que seu jogo brilha também no garrafão, onde a NBA costuma ser dominada sempre por grandalhões que têm funções específicas apenas para isso. Quem se lembrou de Dennis Rodman, acertou: é este sim um grande exemplo para buscar rebotes e irritar os adversários. Não é o caso do tranquilo Kawhi, que além de tudo se caracteriza por ser um eficiente defensor, embora aí esteja hoje o ponto em que a comissão técnica liderada por Gregg Popovich trabalhe para fazer o seu jogo evoluir ainda mais.

Além de Leonard e sua notável eficiência, outro destaque da partida desta noite para o público brasileiro vai ser acompanhar o desempenho de Lucas Bebê, o pivô reserva do Toronto Raptors que tem somado cada vez mais tempo em quadra.

Em dezembro, por exemplo, Bebê exibiu a positiva média de 20 minutos em quadra por jogo. Ele deixou para trás o austríaco Jakob Poetl e se consolidou como reserva do pivô titular, o badalado lituano Jonas Valanciunas. O detalhe é que Bebê em certas partidas tem atuado por mais tempo que Valanciunas, e o que é mais surpreendente. É o brasileiro que fica em quadra para fechar as partidas, mérito total de sua capacidade de bloquear o garrafão e sempre pressionar o adversário, algo plenamente de acordo com a positiva campanha dos Raptors até aqui.

São surpreendentes também as estatísticas de Lucas nos arremessos de quadra, com nada menos que 70% de efetividade. Ele arremessa de perto ou vai para a enterrada em quase todas as bolas, contando com o eficiente corta-luz dos companheiros Kyle Lowry e DeMar DeRozan.

Os números estão de prova: Lucas é hoje uma opção segura para o segundo melhor time do Leste, e tudo o que for feito daqui até os playoffs servirá de bagagem para o brasileiro enfim decolar e conquistar a confiança do técnico Dwane Casey, que tem respondido com chances cada vez mais contínuas. Em partidas contra equipes menores, Bebê passa até mais de 30 minutos em quadra, sendo visto nesta condição também como visitante.

Ele é, de longe, a grande surpresa entre os brasileiros que buscam hoje seus espaços na sempre competitiva e agora mais globalizada que nunca NBA.
 

Os oito jogos do melhor basquete do mundo nesta noite são:

  • 22h00 – Philadelphia 76ers (2,50) x  Minnesota Timberwolves (1,58)
  • 22h30 – Boston Celtics (1,42) x Utah Jazz (2,95)
  • 22h30 – Detroit Pistons (1,54) x Indiana Pacers (2,65)
  • 23h30 – San Antonio Spurs (1,42) x Toronto Raptors (2,95)
  • 23h30 – Dallas Mavericks (2,11) x Washington Wizards (1,82)
  • 00h00 – Phoenix Suns x Miami Heat *
  • 00h00 – Denver Nuggets x Sacramento Kings *
  • 01h30 – Los Angeles Lakers x Memphis Grizzlies *

* Odds indisponíveis até a publicação
 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar