Ligue 1

Assim como a Juventus faz na Itália, PSG com Neymar será dono da França

Foto: C. Gavelle / PSG

Com a chegada do brasileiro, clube parisiense não deve ter dificuldades de vencer a liga

O casamento entre PSG e Neymar começou maravilhosamente bem, porém, os objetivos são grandes e o clube entra com obrigação de vencer no mínimo o Campeonato Francês. Apesar da pressão, a tarefa tem tudo para ser simples, como os resultados até aqui têm mostrado.

Começo arrasador

Por enquanto, a torcida do PSG tem muitos motivos para se empolgar na temporada. Mesmo com o ataque ainda desentrosado, principalmente porque Mbappé chegou no final da janela. Ainda assim, o time aparece com um aproveitamento espetacular, com seis vitórias em seis partidas, tendo marcado 12 gols e sofrido três.

Neste domingo, por exemplo, a equipe até penou, mas bateu o Lyon por 2 a 0, com dois gols contra. O resultado fez com que abrisse três pontos de vantagem para o segundo colocado.

O Monaco até está tentando acompanhar e venceu o Strasbourg por 3 a 0, aparecendo na segunda posição, com 15 pontos. Mais abaixo estão St. Étienne e Bordeuax, que ganharam de Dijon e Toulouse, respectivamente, ambos por 1 a 0.

 

Napoleão brasileiro

A ida de Neymar ao PSG pode sim ser comparada a uma versão esportiva de Napoleão Bonaparte – claro que isso se tiver êxito. Assim como o antigo Imperador, o jogador brasileiro chegou com a missão de conquistar toda a Europa. No entanto, antes de buscar o continente, o camisa 10 precisa dominar a França.

Só que vamos deixar as analogias de lado, até porque essa primeira tarefa de Neymar é extremamente fácil. Calma, não estamos aqui para falar que a Ligue 1 só tem time fraco e que o brasileiro foi para lá para roubar doce de criança.

O Campeonato Francês tem sim times interessantes, como Saint-Étienne, Lyon, Olympique de Marseille, Nice e claro o atual campeão Monaco. Acontece que com todo o arsenal financeiro, o PSG conseguiu montar um time capaz de disputar com qualquer liga da Europa, o que seus rivais não fazem. O clube do principado até se superou na edição anterior e surpreendeu com uma equipe jovem de muito talento. No entanto, os parisienses foram lá e tiraram o principal nome do rival, a sensação Mbappé. Sendo assim, fica difícil ver oponente tentar bater de frente na Ligue 1.

Excelentes ajudantes

O que torna a missão de Neymar mais fácil é que ele não chega em uma terra arrasada. O brasileiro divide o ataque com atletas como Di Maria, Mbappé e Cavani, que teriam vaga em quase todos os times da Europa. Nos outros setores também sobra talento, com peças como Daniel Alves, Kurzawa, Verratti, Rabiot, Marquinhos e Thiago Silva.

Efeito Ibrahimovic

A tarefa de Neymar basicamente será repetir o que Ibrahimovic fez, que foi levar o PSG a vencer todos os títulos do Campeonato Francês. O sueco passou pelo clube por quatro temporadas e ganhou todos com sobras. Isso acaba sendo positivo, pois mostra que não é uma tarefa difícil, porém, joga uma pressão para cima do brasileiro, que no primeiro sinal de fracasso será imediatamente comparado com a antiga estrela do time.

Antigas dinastias

Um clube dominar o campeonato francês definitivamente não é novidade. O primeiro a mostrar sua superioridade – mesmo que de forma discreta – foi o Saint-Étienne, que ganhou quatro vezes seguidas entre 1967 e 1970 e três entre 1974 e 1976, ou seja, levantou o caneco em sete de dez edições.

Depois foi a vez do Olympique de Marseille, com nomes famosos como Barthez, Desailly, Deschamps e Mozer, que ganhou cinco disputas, entre 1989 e 1993. No entanto, o clube acabou perdendo a última taça nos tribunais, após a descoberta do envolvimento de um jogador do time com esquema de resultados.

O fato acabou mudando a Ligue 1, que viu seis campeões diferentes nas competições seguintes. A nova dinastia só veio em 2002, quando o Lyon iniciou a sequência de sete conquistas.

O novo candidato a isso é o PSG, que conquistou quatro títulos seguidos, mas foi interrompido pelo Monaco no ano passado. No entanto, a chance de voltar a levantar a taça é grande.

Topo da França

Um ponto importante é que se Neymar cumprir os cinco anos de contrato com o PSG e levar o time a conquista de todas as edições do Campeonato Francês, o clube se tornaria o maior campeão da história do país, com 11 títulos. No momento, os parisienses contam com seis, aparecendo atrás de Lyon (7), Nantes (8), Monaco (8), Olympique de Marseille (9) e Saint-Étienne (10).

 

 

Palpite

Se nenhum novo bilionário resolver brincar de Football Manager no Campeonato Francês, a tendência é que o PSG vença todas as edições da Ligue 1 que disputar com Neymar em campo. O atacante é sem dúvidas o melhor jogador que atua na competição e conta com companheiros de muita qualidade, o que não se vê muito nos adversários.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar