UFC

Após queda, José Aldo usa paciência para refazer caminho rumo ao topo do UFC

Foto: Divulgação/UFC

Passaram-se oito semanas desde que José Aldo foi nocauteado por Max Holloway no UFC 212, no Rio de Janeiro, e perdeu o cinturão dos penas da maior organização de MMA do mundo. E parece que foi o tempo suficiente para o brasileiro colocar a cabeça no lugar e entender qual a melhor maneira de seguir com sua trajetória no esporte. Sem pressa para recuperar o título, Aldo quer voltar logo ao octógono e está disposto a encarar rivais menos expressivos no evento para refazer seu caminho rumo ao cinturão.

Confesso que após a derrota para Holloway, duvidei disso. Não conseguia enxergar aquele que foi o “rei dos penas” por tanto tempo enfrentando adversários mais fracos e menos expressivos. Mas talvez essa seja, de fato, a melhor saída para o brasileiro poder seguir em frente. Aldo ainda é jovem, tem muito a fazer no MMA e nada melhor do que recuperar a confiança lutando. Uma palavra que ele tem usado bastante nas últimas entrevistas é “refazer”. Isso sinaliza uma paciência crucial para seu sucesso. Depois de tantos anos no topo da modalidade, a queda veio pela segunda vez e é melhor refazer o caminho da forma certa do que retornar com pressa e, quem sabe, cair rápido de novo.

Em entrevista ao LANCE!, Aldo chegou a apontar Cub Swanson como um rival que ele gostaria de enfrentar em seu retorno ao octógono. Me parece um bom nome. O americano está bem ranqueado na categoria – é o quarto colocado – e é “o número certo” para o brasileiro recuperar a confiança. Aldo tem totais condições de vencer e vencer de forma expressiva um duelo contra Swanson. Isso lhe devolveria confiança, brilho e força para seguir sua carreira e dar os passos necessários para voltar à posição de desafiante ao título.

Apesar de já ter iniciado a negociação para seu retorno, o manauara ainda não sabe quando deve voltar ao octógono. Ele já deixou claro em entrevista à Ag Fight que gostaria de lutar em novembro, mas talvez só volte em dezembro. Se retornar em novembro, Aldo pode fazer parte do evento do UFC programado para acontecer em Nova York. Seria uma grande oportunidade de se apresentar diante de um público massivo em um dos maiores show do UFC na temporada. Já em dezembro, a opção seria o show de fim de ano, em Las Vegas, programada para o dia 30 de dezembro. Acredito que Aldo x Swanson, se concretizado, poderia até ser a luta principal do evento que está programado para o dia 26 de outubro, em São Paulo. Mas a dúvida é se ele estaria disposto a iniciar o camp de imediato para cumprir tal compromisso.

 

Independente do rival e da data de seu retorno, é bom ver José Aldo pensando diferente. É preciso ter humildade para se recolocar no topo. Seu talento no MMA é indiscutível, ele só precisa ter a cabeça no lugar. E sua história de vida é um exemplo. Nada foi fácil até ele se tornar campeão e se manter no topo por muito tempo. Então é mais válido encarar a realidade, dar um passo de cada vez e solidificar seu caminho rumo ao topo. Assim ele pode ter mais chances de retornar ao posto de campeão e se manter por mais tempo.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Edgar se lesiona, José Aldo pede, UFC atende, e revanche com Max Holloway é confirmada | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar