Ganhador.com

UFC

Anderson Silva terá sua próxima luta no UFC 208 contra Derek Brunson – saiba o que isso significa

Foto: AP Photo/Felipe Dana

Anderson Silva está de volta. Depois de fazer duas lutas em 2016, o Spider inicia a temporada 2017 no dia 11 de fevereiro. O brasileiro foi confirmado no UFC 208, que acontece em Brooklyn, Nova York (EUA). O ex-campeão dos médios vai pisar no octógono pela primeira vez no ano para enfrentar Derek Brunson. Um duelo interessante para o retorno de Spider ao show.

Brunson está longe de ser um dos nomes mais conhecidos no plantel do Ultimate, mas não é “flor que se cheire”. Merece respeito. Apesar de ter sido nocauteado em sua última luta, ocorrida em novembro passado, o americano soma sete vitórias em nove lutas no UFC. Fora que ele tem um estilo de luta que favorece o confronto com o brasileiro. Gosta de trocação, é agressivo e só coloca a luta para baixo se estiver em apuros. Ele é o oitavo no ranking, está uma posição atrás de Spider, que é o sétimo colocado na categoria dos médios.

Essa luta vai dar o que falar!

 

 

Depois de um duelo histórico contra Michael Bisping (o qual ele perdeu) e uma vitória moral devido às circunstâncias encaradas no revés contra Daniel Cormier, em julho passado, Anderson Silva pode muito bem retomar o caminho das vitórias de forma empolgante. Não custa lembrar que estamos falando do maior lutador de MMA da história. Não importa seu adversário. Qualquer vitória convincente ou com o mínimo de brilho já é o suficiente para alçá-lo a uma disputa de cinturão no UFC. Mas ainda é cedo para pensar nisso. Um passo de cada vez. Só um reencontro com as vitórias já seria muito para o brasileiro.

A última vez que Spider venceu no octógono foi em outubro de 2012, em duelo pelos meio-pesados contra Stephan Bonnar. Ele chegou a bater Nick Diaz na decisão dos juízes, em janeiro de 2015, mas o resultado foi revertido para “No Contest” (sem resultado) devido ao envolvimento de ambos em casos de doping.

Em tempos onde os fãs brasileiros estão carentes de resultados expressivos de seus maiores ídolos, a exemplo de Anderson Silva, Vitor Belfort, Junior Cigano e companhia, um triunfo contra Derek Brunson pode reacender o fogo do torcedor e obviamente do próprio astro para um retorno ao topo do esporte.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar