Ligue 1

Alguém é páreo para o Paris Saint-Germain na Ligue 1?

Foto: Aurelien Meunier/Getty Images

Neymar pode estrear no domingo.

A edição 2017/18 da Ligue 1 é o campeonato francês mais badalado de todos os tempos. Tudo por causa da contratação de Neymar que se juntou às outras estrelas mundiais no Paris Saint-Germain. Será que Mônaco, Nice, Marselha e Lyon podem impedir o já dado como certo título parisiense? Confira abaixo palpites e prognósticos da segunda rodada e os favoritos para campeão ao final do certame.

 

PSG galáctico

No início dos anos 2000, o Real Madrid montou seu time de Galácticos formado por Luis Figo, Zinedine Zidane, Ronaldo, David Beckham, Raúl, Casillas, Michael Owen, Roberto Carlos e Sergio Ramos.

É possível espelhar o PSG de hoje com a Era Galáctica madrilenha? Talvez. Neymar chegou do Barcelona por € 222 milhões, Daniel Alves veio sem custo da Juventus e Yuri Berchiche foi contratado por € 16 milhões junto a Real Sociedad. Além das caras novas, foram mantidos Kevin Trapp, Thiago Silva, Kimpembé, Marquinhos, Thiago Motta, Cavani, Di María, Meunier, Matuidi, Ben Arfa e Draxler. E então, leitor: dá para comparar os dois esquadrões?

Os parisienses já mostraram sua força mesmo antes de Neymar atuar. Ganharam a Supercopa (Trophée des Champions) ao bater o Mônaco por 2 a 1 de virada e venceram o Amiens por 2 a 0 na primeira rodada da liga.

Contra o modesto Guingamp, a preocupação é com o zagueiro Jordan Ikoko que disse ter recebido pedidos da torcida para que quebre o craque brasileiro.

 

Mônaco sonha com o bi

O Mônaco é o atual campeão francês apesar dos milhões do rival da Cidade Luz. O maior presente que a torcida monegasca poderia esperar, a diretoria cumpriu: segurar a base campeã. Ficaram então Subasic, Fabinho, Jemerson, João Moutiinho, Radamel Falcao, Kylian Mbappé e Djibril Sidibé.

Com o sucesso de 2016/17, porém, o assédio foi tanto que três escaparam: Bernardo Silva e Benjamin Mendy (foram para o Manchester City) e Tiemoué Bakayoko (acertou com o Chelsea).

Os alvirrubros repuseram estas peças com Youri Tielemens (Anderlecht), Jordy Gaspar (Lyon), Terence Kongolo (Feyenoord) e Soualiho Meïté (Zulte-Waregem).

Os do Principado tiveram sucesso na estreia: 3 a 2 sobre o Toulouse.

 

Lyon, Marselha e Nice mais modestos

O outrora grande rival Marselha não consegue mais fazer frente ao PSG. Os orçamentos das instituições são simplesmente incomparáveis, fazendo com que os alvianis não comemorem um título desde a Copa da Liga de 2011/12. Se formos pensar na Ligue 1, a taça não vem desde 2009/10.  Os reforços para esta campanha não empolgam mas pelo menos a delegação venceu na abertura: 3 a 0 sobre o Dijon.

O Lyon investiu para tentar ser a terceira força. Contratou Bertrand Traoré (ex-Chelsea) por € 10 milhões e o reserva Mariano Mejía do Real Madrid. Saíram Maxime Gonalons (para a Roma) e Alexandre Lacazette (que passou a defender o Arsenal). O elenco começou com o pé direito no “Francesão”: 4 a 0 contra o Estrasburgo.

Mario Balotelli, a estrela do Nice, continua no sul do país. O objetivo niçois é alcançar a Liga Europa. Na primeira rodada porém, perdeu por 1 a 0 para o Saint-Étienne.

 

Segunda rodada no fim de semana

Nice, Lyon, Marselha, Mônaco e Paris Saint-Germain têm tudo para evitar zebras e ganharem respectivamente de Troyes, Rennes, Nantes, Dijon e Guingamp.

 

As copas nacionais

Duas competições mata-mata dividem as atenções da temporada francesa. A mais importante delas é a muito tradicional Coupe de France, que reúne cerca de 5 mil agremiações, entre amadoras e profissionais, a cada ano. São praticantes de futebol da França e de suas possessões de além-mar, como Taiti, Guiana Francesa, Saint Martin, Reunião, etc. As etapas preliminares regionais acontecem ao longo do mês de agosto e os concorrentes da elite só debutam na sétima fase.

A Coupe de La Ligue é um torneio voltado apenas para as 44 equipes profissionais, segundo o estatuto da federação francesa, e filiados à liga. A primeira fase aconteceu semana passada entre quadros da segunda e terceira divisões.

 

Os franceses na Europa

O calendário francês se divide entre o cenário doméstico e o continental. Três clubes representam o país na Champions League. Enquanto Mônaco e Paris Saint-Germain aguardam o sorteio das chaves, o Nice tenta alcançá-los. Na primeira eliminatória, desclassificou o poderoso Ajax e agora tenta chegar aos quadrangulares encarando o Napoli.

Na Liga Europa, o Lyon é quem aguarda a definição das chaves. O Bordeaux tentou se juntar a ele mas caiu diante do Videoton, da Hungria. Já o Marselha superou o Oostende belga e decide se participa da etapa de grupos contra o Domzale esloveno.

 

2ª rodada da Ligue 1

Sexta-feira, 11 de agosto:

  • 14h00: Nice x Troyes – palpite: Nice.
  • 15h45: Rennes x Lyon – palpite: Lyon.

Sábado, 12 de agosto:

  • 12h00: Nantes x Marselha – palpite: Marselha.
  • 15h00: Amiens x Angers – palpite: Amiens.
  • 15h00: Bordeaux x Metz – palpite: empate.
  • 15h00: Caen x St. Étienne – palpite: empate.
  • 15h00: Toulouse x Montpellier – palpite: Toulouse.

Domingo, 13 de agosto:

  • 10h00: Estrasburgo x Lille – palpite: Lille.
  • 12h00: Dijon x Mônaco – palpite: Mônaco.
  • 16h00: Guingamp x Paris Saint-Germain – palpite: Paris Saint-Germain.

 

Classificação da Ligue 1 2017/18

  1. Lyon – 3
  2. Lille – 3
  3. Marselha – 3
  4. Guingamp – 3
  5. Paris Saint-Germain – 3
  6. Mônaco – 3
  7. Étienne – 3
  8. Montpellier – 3
  9. Angers – 1
  10. Bordeaux – 1
  11. Rennes – 1
  12. Troyes – 1
  13. Toulouse – 0
  14. Caen – 0
  15. Nice – 0
  16. Metz – 0
  17. Amiens – 0
  18. Dijon – 0
  19. Estrasburgo – 0
  20. Troyes – 0

 

Favoritos ao título da Ligue 1 2017/18

  1. Paris Saint-Germain
  2. Mônaco
  3. Marselha
  4. Lyon
  5. Lille
  6. Bordeaux
  7. Nice
  8. Étienne
  9. Nantes
  10. Guingamp
  11. Toulouse
  12. Rennes
  13. Angers
  14. Montpellier
  15. Caen
  16. Metz
  17. Dijon
  18. Estrasburgo
  19. Amiens
  20. Troyes

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar