Ganhador.com

Copa do Mundo Rússia 2018

Alemanha, França e Brasil são os três principais candidatos ao título mundial de 2018

Foto: Robert Cianflone/Getty Images

Confira a situação de momento e os prognósticos.

A Alemanha, com reservas, conquistou a Copa das Confederações. O Brasil cresceu muito de produção desde que Tite assumiu como técnico. A França aposta em sua tradição para figurar entre os três mais cotados para dar a volta olímpica na Rússia, em 2018.

 

Alemanha rumo ao penta

Antes da bola rolar na Copa das Confederações, muitos acharam que Joachim Löw estava zombando da FIFA ao formar grupo de jovens misturados a jogadores com poucas oportunidades entre a Mannschaft principal.

Mero engano…na primeira fase, ganhou de Austrália, empatou com o Chile e derrotou Camarões. Nas semifinais, goleou o México e na decisão superou o Chile.

O título confirma o ótimo momento vivido pelos germânicos. Nas eliminatórias da Copa do Mundo, são seis vitórias em seis encontros na chave contra Azerbaijão, Irlanda do Norte, Noruega, República Checa e São Marinho.

 

Grupo da morte testa a França

A França está enrolada. Tudo começou no sorteio que colocou Les Bleus no grupo da morte com Holanda, Suécia e Bulgária. Para piorar, logo primeira apresentação, os franceses não ganharam de Belarus fora de casa. A partir daí, emplacaram uma sequência de três triunfos contra os adversários diretos e fecharam o turno somando mais três pontos contra Luxemburgo. A estreia no returno foi com derrota frente os suecos, em Solna. Nas próximas datas FIFA, em agosto em setembro, a seleção Blanche, Bleue et Rouge tem um compromisso decisivo com a Holanda em Saint-Denis, enquanto que Bulgária e Suécia se encaram em Sófia. No momento, escandinavos e franceses somam 13 pontos, os holandeses têm dez e os búlgaros, nove.

 

Brasil já carimbou o passaporte

Nas próximas rodadas das eliminatórias, o Brasil fará quatro amistosos de luxo. Os primeiros são contra o Equador, em Porto Alegre, e Colômbia, em Barranquilla. Ficarão faltando apenas Bolívia e Chile. Por causa do início ruim em sua campanha, e também pelo fiasco em 2014, o escrete Canarinho é apenas o terceiro mais cotado para subir no lugar mais alto do pódio no ano que vem. Lembro que os brasileiros vêm de derrota para a Argentina em amistoso.

 

Espanha x Itália decide vaga

Espanha e Itália estão separados apenas no saldo de gols, com vantagem para os ibéricos. No confronto entre eles, em Turim, houve empate em 1 a 1. Os dois ex-campeões mundiais não deram chances a Albânia, Israel, Liechtenstein e Macedônia. Com os melhores de suas novas gerações ganhando espaço, a Fúria é a quarta favorita e a Azzurra é a sexta. Dia 02, espanhóis e italianos decidem o primeiro lugar da chave em Madri.

 

Lembrança de Maradona coloca Argentina em quinto

Campeã mundial de 1978 e 1986, Messi carrega a Argentina para que nosso vizinho apareça entre os cinco mais cotados para levantar a taça.  Como todos sabem, a Albiceleste dispõe de excelentes jogadores mas deixa a desejar como time. No momento, os argentinos aparecem em quinto lugar da CONMEBOL e teriam que passar pela Repescagem. Uruguai, em Montevidéu, e Venezuela em domicílio, são os próximos enfrentamentos. Talvez com estes resultados já saberemos se nossos Hermanos vão ou se racham.

 

Rússia dá como certa presença de Bélgica, Colômbia, Inglaterra e Polônia na Copa

A Colômbia está bem perto de conseguir sua classificação. Se ganhar da Venezuela em San Cristóbal, ficará em situação privilegiada. Ainda em setembro, recebe o Brasil como anfitriã. Seus principais oponentes são Uruguai, Chile e Argentina. Equador, Peru e Paraguai correm por fora. Bolívia e Venezuela estão eliminadas.

Na Europa, a Suíça tem cem por cento de aproveitamento no grupo B mas ainda terá que jogar com Portugal, que tem apenas três pontos de desvantagem.

Na chave D, Sérvia e Irlanda estão pau a pau com 12 pontos.

No quinto hexagonal, a vaga está muito próxima da Polônia, que deixou Montenegro e Dinamarca para trás.

No grupo F, é questão de tempo para o English Team confirmar sua presença no sorteio de São Petersburgo. Eslováquia, Eslovênia e Escócia brigam pelo segundo lugar.

A chave H tem a liderança da Bélgica, sexta maior favorita a levantar o troféu. Os belgas têm quatro braçadas a mais que a Grécia.

No nono hexagonal, Croácia, Islândia, Turquia e Ucrânia duelam ponto a ponto pela classificação.

 

México, como sempre, é o melhor da CONCACAF

O México é o 16º quadro favorito a colocar a Rússia e o mundo a seus pés. A Tri caiu nas semifinais da Copa das Confederações mas lidera com folga o zonal da CONCACAF. Os latinos podem comprar as passagens já após as próximas duas rodadas, contra Panamá, no Azteca; e contra Costa Rica, em San José.

Os Estados Unidos estão em terceiro no hexagonal (atrás de mexicanos e costarriquenhos). Ganharam a Copa de Ouro mas foram beneficiados porque a Tri convocou apenas reservas para o torneio regional. Os norte-americanos estão logo atrás de seu vizinho do sul nas previsões de quem fatura o Mundial de 2018.

 

Setembro decisivo na África

O começo do próximo mês reserva duas datas para os selecionados africanos. Com apenas duas das seis rodadas disputadas até agora, as chaves ainda estão emboladas. A primeira a solicitar o visto russo deve ser a Nigéria, que abriu quatro pontos de margem sobre Camarões no grupo B e pega os Leões Indomáveis duas vezes mês que vem. Os nigerianos são o 26º mais prováveis campeões de 2018.

 

Final da Oceania

Nova Zelândia e Ilhas Salomão decidem no começo do mês quem será o representante da Oceania na Repescagem contra o quinto colocado da América do Sul. O jogo de ida foi agendado para Auckland e o de volta para Honiara. Os neozelandeses são apenas o 59º favoritos ao título.

 

Sem encrenca para o Irã

Já classificado para a Copa do Mundo, o Irã assiste de camarote o MMA entre os demais escretes. Na verdade, não será em frente à tv que os iranianos sentarão, pois eles têm amistosos de luxo programados, tal como o Brasil.

No grupo A, Coréia do Sul, Uzbequistão e Síria decidem uma vaga na Rússia e outra na quarta fase.

Na outra chave, Japão, Arábia Saudita e Austrália jogam por duas vagas na fase final e uma na próxima etapa.

 

Os Favoritos

  1. Alemanha
  2. França
  3. Brasil
  4. Espanha
  5. Argentina
  6. Itália
  7. Bélgica
  8. Inglaterra
  9. Portugal
  10. Chile
  11. Rússia
  12. Uruguai
  13. Colômbia
  14. Holanda
  15. Croácia
  16. México
  17. Estados Unidos
  18. Polônia
  19. Suíça
  20. Turquia
  21. Suécia
  22. Egito
  23. Bósnia & Herzegovina
  24. Gana
  25. Costa do Marfim
  26. Nigéria
  27. Japão
  28. Dinamarca
  29. Sérvia
  30. Ucrânia
  31. Áustria
  32. República Checa
  33. Irlanda
  34. Paraguai
  35. País de Gales
  36. Marrocos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar