Paulista A2 e A3

Abre o olho, Lusa! Com classificação quase impossível, Portuguesa vê risco de queda na A2 do Paulista

Foto: Facebook Oficial da Portuguesa / Reprodução

Ah, Portuguesa! A famosa Lusinha é praticamente um segundo time para muitas pessoas – principalmente os torcedores dos grandes do futebol paulista. Se a equipe já era uma das mais simpáticas do Brasil, o afeto cresceu ainda mais após a famosa ‘sacanagem’ na virada de mesa do Fluminense e a queda para a Série B do Brasileirão em 2013. A partir daí a equipe desmoronou e luta para se reencontrar no cenário nacional e estadual. A situação na Série A2 do Paulista é bem delicada: o time praticamente não tem mais chances de se classificar e já começa a ver o rebaixamento bater na porta. Mais do que pensar em voltar à elite do futebol paulista, a Lusa entra em campo na próxima segunda-feira (17), contra o Oeste no Canindé às 20h com o objetivo de permanecer na segunda divisão.

Sim, parece um desfecho bem cruel para uma equipe que brigou praticamente toda a primeira fase para ficar entre os quatro melhores colocados, mas a realidade atual é essa. Uma olhada rápida na tabela mostra a Portuguesa em 11º com 23 pontos – a cinco do G-4 e a apenas três da zona de rebaixamento e com duas rodadas para o final. O técnico Estevam Soares fez questão de ressaltar que “enquanto houver um fio de esperança nós vamos acreditar”, mas a realidade mostra que a Lusa precisa mesmo é escapar de mais um rebaixamento.

Até porque a chance de classificação é quase impossível – seria preciso uma combinação de resultados absurda. A Lusa pode chegar no máximo aos 29 pontos – atrás de outros sete times. A tabela reserva requintes de crueldade com o confronto entre Guarani (5º com 27 pontos) e Batatais (4º com 28 pontos). Se houver um vencedor nesse duelo da 19ª e última rodada a Portuguesa já está eliminada – independente de outros resultados.

Se a classificação é um conto de fadas bem distante, o rebaixamento já bateu na porta e está esperando para entrar. O que parecia algo bem improvável se tornou realidade após a derrota por 2 a 0 para o líder São Caetano na última rodada. O time da capital está a três pontos do Barretos – equipe que abre a zona da degola em 15º – lembrando que seis equipes são rebaixadas para a Série A3.

A boa notícia (sim, temos boas notícias também) é que, além do duelo contra o Oeste ser um confronto direto nessa parte intermediária da tabela, alguns adversários diretos terão compromissos bem complicados pela frente: o Barretos joga fora de casa com um Guarani desesperado pela vitória para se classificar e o Velo Clube encara o vice-líder Água Santa no Benitão. Portanto, um triunfo no Canindé deve praticamente garantir a permanência na A2. Claro que isso é muito pouco para uma equipe que teve nomes como Djalma Santos, Julinho Botelho, Leivinha, Marinho Peres, Enéas, Roberto Dinamite, Dener e Zé Roberto em seu elenco, mas já é um começo. Abre o olho, Lusinha!

 

Guarani precisa vencer ‘carrasco’ para se manter na briga da A2

Assim como a Portuguesa, o Guarani é outra equipe extremamente tradicional do futebol brasileiro e precisa com urgência retornar ao lugar que merece estar, afinal, estamos falando de um time campeão brasileiro e que teve nomes como Careca, Zenon, Djalminha, Luizão e Amoroso em seu elenco. O dono do Brasil em 1978 caiu diante do Mogi Mirim na última rodada e saiu da zona de classificação da Série A 2 do Paulistão – perdendo o 4º lugar para o Batatais. Os comandados de Vadão precisam muito da vitória na próxima segunda-feira (17), às 20h, no Brinco de Ouro, para manter a chama da classificação acesa. O problema é que do outro lado terá um rival que não traz boas lembranças: o Barretos.

O Touro foi o responsável pela não classificação do Bugre para a segunda fase no ano passado – o Barretos venceu o confronto direto por 2 a 0 no mesmo Brinco de Ouro, na última rodada de 2016,  e estacionou o time campineiro na nona colocação (na época se classificavam oito times). Apesar do Alviverde fazer um confronto direto contra o Batatais fora de casa na última rodada, o Guarani não pode sequer pensar em tropeçar na próxima segunda. Avante, meu Bugre!

 

Definição na última rodada da Série A3

Domingão de Páscoa é dia de você acordar cedo e curtir toda a definição da terceira divisão do futebol paulista! Toda a 19ª rodada acontece ao mesmo tempo, são dez jogos às 10h, que vão definir o futuro das equipes na competição!

A briga pela classificação às quartas de final segue feroz com quatro das oito vagas ainda em aberto! Olímpia, Inter de Limeira, Taboão da Serra e Monte Azul estão garantidos, já o duelo pelas quatro vagas restantes vai pegar fogo. Rio Branco, Desportivo Brasil, Portuguesa Santista e Nacional-SP brigam para confirmar a classificação, enquanto que São Carlos, Matonense, Grêmio Osasco e Atibaia correm por fora.

A disputa também é acirrada na parte de baixo da tabela. Catanduvense, Independente, Flamengo e Paulista de Jundiaí já estão rebaixados – outros seis times brigam para escapar das duas vagas restantes: São José FC, Comercial, Marília, Noroeste, Atibaia, Grêmio Osasco e Matonense. Sim, esses três últimos brigam tanto para a permanência na A3 como pela classificação. Coisas do futebol paulista!

 

Veja como será a última rodada da Série A3:

Dom 16/04/2017 Otacília Patrícia Arroyo 10:00
Monte Azul x Noroeste

Dom 16/04/2017 Décio Vitta 10:00
Rio Branco-SP x Grêmio Osasco

Dom 16/04/2017 Agostinho Prada 10:00
Independente-SP x Olímpia-SP

Dom 16/04/2017 Indaiatuba 10:00
Atibaia x Inter de Limeira

Dom 16/04/2017 Prof. Luís Augusto de Oliveira 10:00
São Carlos São x José dos Campos

Dom 16/04/2017 Jaime Cintra 10:00
Paulista x Taboão da Serra

Dom 16/04/2017 Hudson Ferreira 10:00
Matonense x Portuguesa Santista

Dom 16/04/2017 Silvio Salles 10:00
Catanduvense x Nacional-SP

Dom 16/04/2017 Ninho do Corvo 10:00
Flamengo-SP x Comercial-SP

Dom 16/04/2017 Bento de Abreu 10:00
Marília x Desportivo Brasil

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar