Ganhador.com

Notícias

Vaga nas semifinais do Vôlei pagam até R$ 4,33 por cada real

Nos quatro jogos que definiram os semifinalistas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, o investidor teve motivos para comemorar. No principal deles, a China venceu e pagou incríveis R$ 3,33 de lucro em cada real investido. Bem menos, mas com cifras também interessantes, a Sérvia pagou também 83% de lucro no investimento dos jogadores. Até mesmo triunfos prováveis e que pagaram pouco, o jogo ofereceu oportunidades de ganhar mais. Na vitória da Sérvia, por exemplo, quem acertou o placar ganhou R$ 2,05 em cima de cada R$ 1,00 investido, segundo estatísticas do Oddsshark.com/br. O mesmo aconteceu no jogo dos Estados Unidos. A vitória simples pagou apenas R$ 0,05, porém, o acerto no resultado fez saltar esse lucro em mais R$ 0,56.

Brasil perde e China dá motivos para comemorar

O Brasil ficou pelo caminho na briga pelo sonhado tricampeonato olímpico. As donas da casa foram derrotadas pela China por 3 sets a 2. (Parciais de 15-25, 25-23, 25-22, 22-25 e 15-13). O triunfo das chinesas pagou R$ 4,33 para cada real investido. Quem acreditou que a partida iria até o quinto set, o tie-break, também pôde comemorar: faturou R$ 3,55.

A seleção brasileira até teve um começo arrasador, dominando o primeiro set e mostrando por que era candidata ao título. Porém, da segunda parcial em diante, a China começou a encontrar o seu jogo e deixar o Brasil nervoso, fazendo com que as meninas brasileiras errassem bem mais. Com isso, as asiáticas viraram a partida para 2 a 1. Obrigadas a vencer, as atuais bicampeãs olímpicas reagiram e em uma parcial disputada conseguiram empatar em 2 sets a 2. No entanto, o time não conseguiu aproveitar o embalo na parcial final e viu uma disputa bastante equilibrada ponto a ponto. No final, a China acabou levando a melhor e vencendo por 15 a 13, ficando com a vaga nas semifinais.

Holanda confirma favoritismo e dá 22% de lucro

Classificadas, as chinesas enfrentam agora a seleção da Holanda na briga por uma vaga na final. As europeias avançaram após derrotarem a Coreia do Sul por 3 sets a 1, com parciais de 25-19, 25-14, 23-25 e 25-20, graças a um dia inspirado nos saques. O triunfo pagou R$ 1,22 para cada real. Quem investiu no placar faturou R$ 3,20.

Apesar da derrota, a grande pontuadora da partida foi a sul-coreana Kim Yeon-Koung com 27 pontos. Do lado das holandesas, os destaques foram Sloetjes, com 23 bolas, e Judith Pietersen, com 17.

Sérvia e Estados Unidos avançam com folga

A partida entre Sérvia e Rússia era para ser uma das mais equilibradas desta fase, mas a Sérvia aplicou um sonoro 25 a 9 no primeiro set e mudou o rumo do jogo. Com parciais de 25-22 e 25-21 nos sets seguintes, as sérvias mandaram as russas de volta para casa e avançaram para as semifinais dos Jogos Olímpicos. A vitória garantiu R$ 1,83 para cada R$ 1,00. O retorno é exatamente o mesmo que seria caso a Rússia tivesse vencido, mostrando como a força das duas equipes é parecida. Melhor para quem investiu que a partida seria rápida. O investidor que acreditou que o jogo seria decidido em apenas três sets faturou R$ 3,05 por cada real.

O fator que contribuiu muito para essa superioridade foram os saques. As sérvias acertaram incríveis 12 aces na partida, contra apenas 2 das russas. Além disso, fizeram 42 a 29 nos pontos de ataque. A maior pontuadora da partida foi a Tijana Boskovic, com 20 pontos. Em seguida, vieram a central Milena Rasicob, com 16 acertos e a ponteira Mihajlovic, 14. Pela Rússia, Kosheleva marcou 17 pontos e Goncharova, 10.

Esta foi a primeira vez que a Sérvia passou das quartas de final no vôlei olímpico feminino. Já a Rússia teve a terceira eliminação seguida nessa fase.

Nas semifinais, a Sérvia enfrenta os EUA. A seleção norte-americana se garantiu entre as quatro melhores com uma vitória confortável sobre o Japão, tendo melhores números em todos os fundamentos. Com exceção do primeiro set, o Japão até tentou oferecer resistência e vendeu caro as parciais seguintes, mas a vaga americana veio após 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-23, 25-22. A vitória dos Estados Unidos pagou R$ 1,05. Quem investiu que as americanas venceriam por 3 a 0 recebeu R$ 1,61.

As ponteiras Kimberly Hill, com 15 pontos, e Jordan Larson, 14, foram as maiores pontuadoras da partida. Do lado japonês, Yuki Ishii e Nagaoka marcaram, cada uma, 13 pontos. A seleção norte-americana dominou o fundamento de ataque com 47 pontos contra 38.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar