Ganhador.com

UFC

Suspense de José Aldo coloca fogo no UFC

Foto: AP Photo/John Locher

José Aldo parece estar virando o jogo. Ou ao menos tentando. Depois de anunciar sua aposentadoria diante da desvalorização oferecida pelo Ultimate em setembro, o brasileiro voltou atrás, acabou promovido a campeão absoluto dos penas, ficando com o cinturão que era de Conor McGregor e agora anunciou que pode estar diante de uma disputa de cinturão interino dos leves.

Em entrevista ao site MMA Fighting, Aldo afirmou que a luta planejada contra Max Holloway no UFC 208, dia 11 de fevereiro, não vai acontecer. O havaiano teria recusado a disputa e assim uma porta teria se aberto na categoria de cima.

“A luta do Brooklyn (EUA) não está acontecendo. Agora espero e acredito que vá lutar no início de março. Acredito que vão anunciar em breve uma disuta de cinturão interino dos leves comigo. Estão tentando encontrar um oponente e ao menos um lutador já recusou. Estou esperando para ver quem eles vão encontrar(…) Me pediram para não falar nada”, declarou o campeão.

A surpresa com tal declaração de José Aldo é tão grande que me cheira até a estratégia de negociação com o UFC. Essa ideia só agrada a ele. Irritaria muita gente. Max Holloway,  Khabib Nurmagomedov, Tony Ferguson e (por que não?) McGregor. Mas só vamos descobrir se é verdade ou não quando a organização anunciar de forma oficial. Até lá…

Vale lembrar que a expectativa inicial era que Nurmagomedov e Ferguson se enfrentassem pelo título interino da divisão dos leves — já que o campeão absoluto, Conor McGregor, vai tirar um tempo de férias para dar atenção ao nascimento de seu primeiro filho.

A chegada de Aldo na divisão dos leves, se confirmada, indica uma série de coisas. A primeira impressão é que o brasileiro está, de fato, decidido a ir atrás de McGregor. Já que o irlandês recusou a revanche pela categoria dos penas, o brasileiro estaria indo atrás dele na divisão de cima. Se conquistar o título interino, suas chances de fazer a revanche com o rival se multiplicam.

Assim como algumas certezas, outras dúvidas surgiriam. Se Aldo subir de peso, terá de vagar o cinturão absoluto dos penas? Holloway será promovido à posição? Nurmagomedov ou Ferguson perderiam sua chance pelo título interino? Aldo poderia deter dois títulos simultâneos do UFC, assim como McGregor fez por duas semanas?

Só nos resta esperar para ver o que realmente vai acontecer. Mas uma coisa é certa: o anúncio de José Aldo, seja blefe ou verdade, já é o suficiente para dar uma sacudida no mundo das lutas. Pode apostar!

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar