Ganhador.com

UFC

Rockhold sai, Jacaré se apresenta, mas Bisping se esquiva

Foto: Buda Mendes/Getty Images

Uma das lutas mais esperadas do fim de ano do UFC caiu. Lesionado, Luke Rockhold deixou Ronaldo Jacaré sem adversário para a luta principal do UFC Austrália e a revanche que aconteceria no dia 26 de novembro acabou cancelada. Isso é péssimo, mas pode virar algo bom para o brasileiro. Ele só precisa que Michael Bisping mantenha seu discurso rumo ao UFC 206 ou que aceite enfrentá-lo no início de 2017.

Nas últimas semanas, Bisping repetiu algumas vezes que estaria pronto para enfrentar Georges Saint Pierre ou Nick Diaz no UFC 206, que acontece no dia 10 de dezembro, no Canadá. Curiosamente, ele realizaria tal feito duas semanas após a luta entre Jacaré e Rockhold. Como Luke saiu da luta e nem Diaz e nem GSP aceitaram o duelo com o inglês, por que não fazer o certo e promover a disputa de cinturão dos médios no UFC 206? Bisping estava disposto e Jacaré treinado para a mesma época. Mas…

Ah, esse “mas” é que complica. Vejam só: após a baixa de Rockhold e o desafio de Jacaré,  Bisping anunciou que está com uma fratura orbital e não poderá lutar com o brasileiro tão cedo. A justificativa foi que o salário que ele receberia por uma luta com GSP seria quatro vezes maior do que num duelo com Jacaré. No caso da superluta com o canadense valeria o risco; já num combate com o brasileiro…

Ficou feio para o inglês. Luta é luta. Essa ideologia de fazer tudo pelo dinheiro ainda vai lhe custar caro, cedo ou tarde. Até com Conor McGregor já deu errado quando o mesmo foi derrotado por Nate Diaz, em março, então porque funcionaria para Bisping, que acabou de se tornar campeão?

Agora só resta a Ronaldo Jacaré esperar. Ele está livre, pronto e sedento por sua chance pelo título. Talvez mais uma dose de provocações e declarações polêmicas do brasileiro possam acrescentar alguns zeros no contrato dessa luta e empolgar o campeão dos médios a aceitar o desafio. O problema é que no UFC 205, que acontece no próximo dia 12 de novembro, em Nova York (EUA), Chris Weidman e Yoel Romero se encaram. O vencedor dessa luta pode fazer Jacaré ver mais uma vez alguém passando sua frente na fila pelo título.

Jacaré não vai mudar seu estilo, mas ser um pouco mais vocal pode dar um empurrãozinho e aumentar suas chances de conquistar a oportunidade de disputar o cinturão. Caso contrário, o jeito é torcer para que Bisping aceite fazer o justo, que é dar a chance a ele, ou então torcer para que Weidman x Romero não resulte em uma nova furada de fila. Já passou da hora de Jacaré ganhar sua chance pelo título!

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar