Ganhador.com

Futebol Europeu

Real Madrid tenta quebrar hegemonia de rival na Liga Espanhola

Foto: Matt Roberts/Getty Images

Merengues estão a dois jogos de igualar o Barcelona em invencibilidade numa temporada (39); galácticos não vencem nacional desde 2011/2012

Ficar quatro anos sem levantar o caneco de um campeonato nacional não é dos melhores tabus, especialmente se o seu rival foi tricampeão neste período. Não importa que neste tempo o time ganhou por duas vezes a Liga dos Campeões, mas a pressão permanece. Essa é a vida atualmente do Real Madrid (37 pontos), líder da Liga Espanhola com três pontos de vantagem e ainda um jogo a menos que o inimigo Barcelona, vencedor da Liga em três dos últimos quatro anos.

Sem ganhar o Espanhol desde a temporada 2011/2012, o Real Madrid tem todas as armas neste momento para acabar com o jejum. Jogando um futebol vistoso e com o craque Cristiano Ronaldo em ótima fase, a equipe do técnico Zinedine Zidane não tem desperdiçado pontos, seja dentro ou fora de seus domínios. Prova disso é a importante marca de 37 jogos consecutivos sem derrotas. Para se ter uma ideia do último revés madrilenho, ele aconteceu na partida de ida da Liga dos Campeões passada, em abril, quando sucumbiu diante do Wolfsburg, na Alemanha, durante as quartas de final. O restante da história todos conhecem. Os galácticos derrotaram os alemães no Santiago Bernabéu e, passando fase por fase, alcançaram o 11º troféu, isolando-se ainda mais como maiores vencedores do torneio (Milan, segundo colocado, possui sete conquistas). 

E o que tem a ver esta expressiva invencibilidade com o Barcelona? Os merengues precisam de apenas dois jogos para igualar os rivais, que atingiram a marca na temporada passada, com o trio MSN (Messi, Suárez e Neymar). Se o objetivo do Real é alcançar o recorde considerando as principais ligas europeias (Espanhola, Italiana, Alemã, Francesa e Inglesa), terá que percorrer um pouco mais, uma vez que a Juventus detém o recorde de 43 partidas sem derrotas em 2011/2012.

O predomínio dos galácticos pode ser visto na tabela, como por exemplo único clube ainda invicto na competição, ou mesmo fora dela, em que é o favorito na corrida pelo título. É isso mesmo, para os investidores, a ótima campanha merengue deve durar toda a Liga Espanhola, que culminará na quebra do jejum e o título em mãos. O Real Madrid é cotado em R$ 1,50 por real investido para ganhar o campeonato, enquanto os catalães são avaliados em R$ 2,75.

A principal diferença entre as equipes nos odds se dá em relação ao comportamento delas nas primeiras 16 rodadas do Espanhol. Enquanto o Real venceu 11 vezes e empatou outras quatro, o Barça caiu duas vezes, uma delas em casa, para o intermediário time do Alavés (2 a 1). Nem mesmo o favoritismo catalão na briga pela artilharia – Messi é o primeiro mais bem cotado com R$ 2,25, seguido de Luis Suárez com R$ 2,50. Cristiano Ronaldo é apenas o terceiro, com R$ 3,00 – anima os apostadores. Se continuar com altos e baixos na A Liga, restará ao Barcelona focar na Liga dos Campeões.

Correndo por fora está o Atlético Madrid, conhecido pela inteligência de seu técnico Diego Simeone em armar uma equipe competitiva e aguerrida. Apesar da classificação em primeiro lugar do Grupo D na Liga dos Campeões, superando o poderoso Bayern de Munique, os colchoneros ainda não mostraram a que vieram no campeonato local. Isso porque eles ocupam apenas a sexta posição (28 pontos). Se o torneio acabasse hoje, por exemplo, eles estariam de fora das competições europeias, o que seria péssimo esportiva e financeiramente. Para brigar pelo título, Griezmann e companhia precisam ter sequência de bons resultados, fato que não é visto com tanto otimismo em relação aos odds. Para se ter noção, se o Atlético ganhasse A Liga, a cotação seria de impressionantes R$ 40,00. Exatamente! O investidor lucraria R$ 39,00, ou seja, se uma aposta de apenas R$ 10,00 fosse realizada, o rendimento total atingiria R$ 400,00.

Cai ou não cai

Não é só na parte de cima que as apostas tomam conta da Liga Espanhola. Dá para ganhar uma boa grana com a previsão de um ou de todos os três rebaixados. Hoje, o Osasuna seria a equipe com mais chances de cair, já que ocupa a lanterna da competição com apenas sete pontos e ainda possui a cotação mais baixa (grandes chances de ocorrer), pagando R$ 1,12 por real investido. O Granada, com nove pontos na classificação, é avaliado em R$ 1,15, seguido Sporting Gijón (12 pontos), com R$ 1,70. Nem mesmo o tradicional Valencia foge dos olhares dos apostadores. Acostumado a brigar pelo Top 5, os valencianistas estão na modesta 17ª colocação, com os mesmos pontos do Gijón, primeiro time do Z-3. E pior, o clube vive crise sem fim. Eles não vencem há oito jogos. Na cotação para visando à segunda divisão, paga R$ 10,00. E aí, quem cai?

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar