Ganhador.com

NBA

Pré-temporada da NBA é uma ótima oportunidade para investidores afiarem a pontaria

NBA

No próximo dia 25 começa a temporada 2016/2017 da NBA, a mais importante liga de basquete do mundo. Serão 82 jogos envolvendo as 30 franquias divididas nas conferências Leste e Oeste. O atual campeão, Cleveland Cavaliers, terá forte concorrência dos outros 29 postulantes ao título, que se reforçaram bastante para a competição.

E hoje (10), a pré-temporada segue a todo vapor com cinco partidas. Às 20h (horário de Brasília), o Charlotte Hornets recebe o Minnesota Timberwolves, no Spectrum Center. O time da casa, que se reforçou com Roy Hibbert, Ramon Sessions, Marco Belinelli, Brian Roberts, Christian Wood, Mike Tobey e Treveon Graham, tem leve favoritismo, atribuído pelo Oddsshark.com/br, para chegar à vitória, quando este palpite paga R$ 1,78 por cada real.

Pelo lado dos Timberwolves, a boa notícia foi a manutenção do astro e ídolo da torcida, Kevin Garnett. Os principais reforços do time de Minnesota são Kris Dunn, Brandon Rush, Cole Aldrich e Jordan Hill. A margem de lucro para o triunfo fora de casa não é muito distante do valor do mandante: 205%. É bom ressaltar que os Hornets terminaram em sexto lugar na classificação gera, na conferência Leste, na última temporada, enquanto o adversário de hoje foi apenas o 13º da conferência Oeste.

No Madison Square Garden, às 20h30 (horário de Brasília), o New York Knicks do craque Carmelo Anthony recepciona o Washington Wizards, em um duelo de duas franquias que decepcionaram e muito no último ano, já que não conseguiram se classificar para os playoffs. Para a partida de logo mais, o Oddsshark.com/br aponta maiores chances de os Knicks saírem vitoriosos do amistoso, com 61% de valorização no aportes, enquanto a recompensa para quem apostar nos Wizards será de R$ 2,34 sobre cada R$ 1.

No que diz respeito ao mercado, é bom enfatizar o esforço do time de Nova York, que contratou Ron Baker, Willy Hernangómez, Justin Holiday (CHI), Brandon Jennings (ORL), Mindaugas Kuzminskas, Courtney Lee (CHA), Maurice Ndour, Joakim Noah (CHI), Marshall Plumlee (N) e Chasson Randle, J.P. Tokoto. Mas a grande contratação, para tentar o interromper o incômodo jejum de 43 anos sem conquistar o título da NBA, foi Derrick Rose, ex-Chicago Bulls.

Pelo lado da equipe da capital dos EUA, chegaram Andrew Nicholson, Trey Burke, Ian Mahinmi, Daniel Ochefu, Jason Smith, Tomas Satoransky, Sheldon McClellan e Danuel House. Quem deixou os Wizards foi o brasileiro Nenê, que se transferiu para o Houston Rockets.

Na Georgia, mais precisamente na Philips Arena, o Atlanta Hawks joga conta contra os atuais campeões, Cavaliers, no mesmo horário. Mesmo na condição de time a ser batido na temporada, o Cleveland não é considerado favorito pelo Oddsshark.com/br com, que aponta a vitória dos Hawks como resultado com maior probabilidade, com o pagamento de R$ 1,73/R$ 1. O triunfo do quinteto liderado por LeBron James tem margem de resgate de 213%.

A boa notícia para os torcedores do Cavaliers foi a manutenção de James e também de Jordan McRae, Richard Jeffersone e James Jones, sem falar nos reforços de Kay Felder, Mike Dunleavy, Albert Miralles, Chris Andersen e DeAndre Liggins. A principal baixa trata-se da aposentadoria de Mo Williams. Já o Atlanta teve como maior contratação a vinda de Dwight Howard, que deixou os Rockets.

Também às 20h30, em Michigan, o Detroit Pistons recebe o poderoso San Antonio Spurs, no ginásio The Palace of Auburn Hills. E o Oddsshark.com/br confia no triunfo dos Pistons, quando os investidores teriam o lucro de 79%. A franquia de Auburn Hills adquiriu oito atletas: Henry Ellenson, Michael Gbinije, Ish Smith, Jon Leuer, Boban Marjanovic, Cameron Bairstow, Ray McCallum Jr., Nikola Jovanovi e Trey Freeman.

Com relação ao Spurs, que teve como grande perda a aposentadoria do astro Tim Duncan, depois de dezenove anos defendendo a equipe, o argentino Manu Ginobili renovou contrato, além da chegada do espanhol Pau Gasol (ex-Chicago Bulls), outro veterano da NBA. Na partida de hoje, o prêmio para os apostadores, em caso de triunfo, será de R$ 2,04/R$ 1.

E fechamos com Los Angeles Clippers e Utah Jazz, às 23h30 (horário de Brasília), no Staples Center. Em casa, os Clippers têm o aval dos prognósticos do Oddsshark.com/br, que apontam a rentabilidade de 53%. Os ganhos em uma eventual vitória do Jazz são mais atrativos, com 253% de valorização nos aportes.

Na temporada passada, a segunda maior equipe de Los Angeles, atrás dos Lakers, caiu na primeira rodada dos playoffs para o Portland Trail Blazers, enquanto o Jazz ficou de fora. O mercado dos Clippers teve a incorporação de Alan Anderson, Brice Johnson, Raymond Felton, Devyn Marble, David Michineau, Marreese Speights, Diamond Stone, Brandon Bass e Pablo Prigioni, enquanto o time de Utah contratou Joel Bolomboy, Tyrone Wallace, Marcus Paige, Joe Johnson, George Hill, Boris Diaw, Kendall Marshall, Quincy Ford e Henry Sims.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar