Notícias

Na ressaca do UFC 200, Lineker busca vitória para chegar ao topo dos galos do Ultimate

Os fãs de MMA mal se recuperaram de um fim de semana intenso e cheio de emoções, e outro evento do Ultimate já pede passagem. O UFC Fight Night 91, que será disputado em Sioux Falls, na Dakota do Sul (EUA), acontecerá nesta quarta-feira (13). Apesar de não ter o glamour e os grandes combates como os que foram promovidos na semana passada, quem irá liderar a noite de lutas é o brasileiro John Lineker, que medirá forças com o americano Michael McDonald.

Os pesos-galos (61 kg) fariam a segunda luta mais importante da noite, mas acabaram assumindo o posto de main event após Michael Chiesa se machucar e ficar de fora do duelo contra Tony Fergusson. Com a ausência do campeão do TUF 15, o Ultimate optou por convocar o estreante Landon Vannata e a luta perdeu em atrativo, caindo para o posto de co-main event.

Aos 26 anos, Lineker é um dos bons nomes brasileiros da atualidade. Apesar da pouca idade, o paranaense tem muita experiência e conta com mais de 30 lutas em seu cartel (são 27 vitórias e sete derrotas). No Ultimate desde 2012, ‘Mão de Pedra’, como é conhecido por conta da sua força incomum nos braços, mudou de categoria recentemente por enfrentar sérios problemas em atingir o limite dos moscas (57 kg), sua antiga divisão.

A troca poderia representar um grande problema para o pequenino atleta de 1,59m, que passaria a encarar lutadores bem mais altos (o campeão da categoria, Dominick Cruz, tem 1,73m). Mas não foi isso que se viu dentro do octógono. Nas duas primeiras lutas na nova divisão, Lineker manteve sua agressividade e conquistou importantes vitórias diante de Francisco Rivera e Rob Font, o que o colocou na oitava colocação do ranking.

O duelo contra McDonald, atual número 5 dos galos, pode colocar Lineker definitivamente no topo da categoria e a possibilidade de disputar o cinturão passará a ser uma realidade. O americano, por sua vez, vem de vitória diante de Masanori Kanehara em janeiro deste ano. Ele detém um cartel de 17 vitórias e três derrotas, mas no Ultimate só perdeu para feras como Urijah Faber e Renan Barão.

Se a luta se desenrolar em pé, é provável que teremos uma verdadeira guerrax e, de acordo com o site de estatísticas ‘oddsshark.com/br’, o paranaense é favorito para vencer. A probabilidade é de 1.61 em favor do brasileiro, o que daria ao apostador que colocasse dinheiro nele apenas 61 cents por dólar investido. Já quem preferir bancar a vitória de McDonald pode ter um lucro de até 1,47.

Ferguson busca mais uma vitória

Tony Ferguson faria uma luta complicada com Michael Chiesa, mas a lesão do ex-TUF parece ter facilitado a vida do californiano. O número 3 do mundo agora terá pela frente um estreante no maior torneio de MMA do mundo. Landon Vannata possui oito lutas como profissional e ainda não sabe o que é perder. Além disso, o americano treina na mesma academia de Jon Jones e Holly Holm, a Jackson MMA, em Albuquerque.

Mas, apesar do bom histórico e dos ótimos companheiros de treino, difícil crer que Vannata será páreo para o excelente Ferguson. Vindo de sete vitórias seguidas, o americano passou por nomes como Abel Trujillo, Gleison Tibau e, o mais recente, Edson Barboza. O número 3 do mundo está muito próximo de conseguir lutar pelo cinturão da categoria, que agora pertence a Eddie Alvarez.

Franco favorito para o combate, uma vitória de Ferguson está pagando 1.15, ou seja, lucro de apenas 15 cents por dólar investido. Já o triunfo do azarão Vannata daria ao apostador 4,75 por dólar apostado, uma excelente – mas improvável – margem.

Mais Brasil marca presença no octógono

Não será John Lineker o único representante verde e amarelo do UFC Fight Night 91. Também na categoria dos galos, o brasiliense Rani Yahya medirá forças contra o estreante norte-americano Matthew Lopez, de 29 anos e que veio do Resurrection Fighting Alliance (RFA).

No UFC desde 2011, Rani tenta igualar a sua melhor sequência de resultados dentro do Ultimate. O brasiliense soma duas vitórias seguidas (diante de Johnny Bedford e Masanori Kanehara) e se obtiver um bom resultado diante do americano poderá passar a integrar a lista dos 15 melhores da categoria.

Com oito lutas no cartel, Lopez ainda não sabe o que é perder como profissional de MMA. Eclético, o americano soma três nocautes, quatro finalizações e um triunfo por pontos. E, apesar de menos experiente e estar fazendo sua estreia no Ultimate, ele é considerado levemente favorito com margem de 1.77 contra 2.10 do brasileiro.

O UFC Fight Night começa às 19h (pelo horário de Brasília). Serão 12 lutas no card e o último combate deve acabar por volta da 1h de quinta.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar