Ganhador.com

Futebol Europeu

Metz vence o Toulouse e confirma a maior prévia da rodada na França

Foto: AP Photo/Claude Paris

Três empates no fim de semana fizeram as apostas render o triplo; Nice ganha fora e assume a ponta de forma isolada

A luta pelo título no Campeonato Francês segue muito acirrada, com o Nice na ponta da tabela, mas tendo Monaco e PSG a apenas três pontos de distância. Aliás, o trio se deu bem na rodada. Mas foi o Metz quem proporcionou a comemoração mais calorosa, por parte dos investidores, graças à belíssima rentabilidade, que mostraremos na sequência. Confira, a seguir, quais palpites se converteram em lucro, conforme as projeções de Oddsshark.com/br.

Na sexta-feira (18), os monegascos foram com tudo pra cima do Lorient, lanterninha da competição, fora de casa, e conseguiram uma respeitosa goleada por 3 a 0, quando Falcao Garcia, Thomas Lemar e o ex-são-paulino Boschilia balançaram a rede. Favorito, mesmo na condição de visitante, o Monaco garantiu a margem de resgate de 196% com os três pontos conquistados. No mesmo dia, o Lyon também surpreendeu a equipe mandante, no caso o Lille, e com o placar mínimo elevou os ganhos para R$ 2,51/R$ 1, que também valeu a quarta colocação.

Já no sábado (19), o grande destaque, sem sombra de dúvidas, foi o pomposo pagamento de R$ 6,87 sobre cada real que o Metz garantiu aos apostadores depois de ganhar do Toulouse, por 2 a 1, nos domínios do adversário, mais precisamente no estádio Municipal de Toulouse. Com a façanha, os Les Grenats subiram duas posições e assumiram o 12º lugar na tabela, enquanto o Le Tef desceu dois andares e parou no oitavo “andar”.

Seguindo com a rodada, o Paris Saint Germain fez valer sua soberania, no Parc des Princes, e derrotou o Nantes por 2 a 0, com gols de Di María e do ex-madridista Jesé, que desencantou na França. Com os três pontos, o PSG soma os mesmos 29 do Monaco, que, no entanto, leva vantagem nos critérios de desempate e está na segunda colocação. Com a vitória dos parisienses, os investidores obtiveram o retorno de 21% nas aplicações. Com mais um revés, o Nantes amarga a 17ª colocação, uma posição acima da zona do rebaixamento.

Também no sábado, tivemos uma sequência de dois empates que triplicaram os palpites. Começamos pelo 1 a 1 entre Rennes, que jogou diante de sua torcida, no estádio Roazhon Park, e o Angers. O tropeço dos rubro-negros impediu que a equipe alcançasse o quarto posto, que ficou com o Lyon. Já o Les Scoïstes mantiveram o décimo lugar. Alheios à tabela, os investidores, que confiaram na coluna do meio, receberam a boa quantia de R$ 3,03 por R$ 1.

O outro marcador igualado que rendeu bom embolsou saiu do encontro de Bastia e Montpellier que, na atual temporada a Ligue 1, brigam na parte de baixo da tabela. A partida, disputada no simpático estádio Armand Cesari, terminou, também, em 1 a 1. Só que, aqui, os apostadores que acreditarem que ambos somariam apenas um ponto ficaram com o pagamento de R$ 3,12 sobre cada real.

Ainda no dia 19, o Nancy fez valer o mando de campo contra o Dijon, terra do famoso molho de mesmo nome. No entanto, os três pontos não foram suficientes para tirarem o ASNL do Z-3 do Campeonato Francês, mas trouxeram a boa margem de lucro de 209%. Pior para o DFCO, que caiu do 11º para o 14º.

E chegamos ao domingo (20), dia em que uma das boas surpresas da atual edição da Ligue 1, o Guingamp, fez as honras da casa para o tradicional Bordeaux. Em mais um empate lucrativo na rodada, com desfecho em 1 a 1, os investidores poderão sacar o equivalente a R$ 3,18/R$ 1. Com o tropeço no estádio Du Roudourou, o EAG caiu da quarta para a quinta posição, enquanto os Les Girondins subiram do oitavo para o sétimo posto.

Penúltimo confronto da 13ª rodada, o Olympique de Marselha deu mostras de que pode iniciar uma reação no campeonato, depois de ganhar do Caen, no estádio VELÓDROME, pelo placar mínimo. E quem acreditou no resultado positivo do L’Ohème, que ocupa o 11º lugar, garantiu a rentabilidade de 78% nos aportes.

E o último confronto do fim de semana, na França, garantiu a liderança para o Nice de Balotelli e Dante. Os Les Aiglons chegaram aos 32 pontos depois da vitória, fora de seus domínios, contra o tradicional Saint-Étienne por 1 a 0, graças ao gol do jovem Valentim Eysseric. Mas o que importa mesmo é saber do faturamento: belos 358% de rendimento.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar