Ganhador.com

Notícias

Medalha de ouro no Judô dobrará valor investido

Neste fim de semana (06/08 e 07/08) começam os primeiros resultados de medalha nos Jogos Olímpicos. O tradicional Judô terá os primeiros campeões nas modalidades 48kg e 52kg no feminino e 60kg e 66kg no masculino. No sábado, a medalha de ouro poderá triplicar o retorno, enquanto no domingo dará lucro de, no mínimo, 100%.

Peso ligeiro 48kg feminino. Primeira luta às 10h. Disputa de medalha de Ouro às 17h no sábado

Nesta modalidade, o Brasil tenta repetir o ouro de 2012 com Sarah Menezes. A piauiense que foi surpresa em Londres passou por anos em baixa, mas recuperou a forma. Nas duas principais competições do ano foi prata no Masters e bronze no Grand Slam de Paris. Em caso de nova conquista, o jogador receberá R$ 6,00 por cada real investido.

Mas as duas mais cotadas são Ami Kondo (Japão) e Munkhbat Urantsetseg (Mongólia). A japonesa foi campeã mundial em 2014 e bronze em 2015. Além disso, venceu o Masters deste ano e conquistou o bicampeonato do Grand Slam de Tóquio. De acordo com estatísticas do oddsshark.com/br, em caso de vitória, dará retorno de R$ 5,50. Quem quiser investir que ela não será a vencedora receberá R$ 1,15 em caso de derrota da atleta. Já Urantsetseg venceu o mundial em 2013 e o Masters de 2015. Caso vença pagará R$ 5,00. Se perder, dará R$ 1,11 em quem investir no seu tropeço.

Outras três judocas chegam com títulos relevantes: Otgontsetset Galbadrakh (Cazaquistão) foi ouro no Grand Slam de Paris 2016 e dará R$ 6,00 se levar o ouro. Paula Pareto (Argentina) foi campeã mundial em 2015 e retornará R$ 6,50 por real investido. E da Espanha, Julia Figueroa pagará R$ 7,50, ela foi ouro no Grand Slam de Baku.

Outras odds da Oddsshark.com/br: Charline Van Snick (Bélgica) 11.00, Jeong Bo-Kyeong (Coréia do Sul) 17.00, Eva Csernoviczki (Hungria) 17.00, Chloe Rayner (Austrália) 34.00, Taciana Lima (Guiné-Bissau) R$ 34.00, Irina Dolgova (Rússia) 41.00 e Monica Ungureanu (Romênia) R$ 51.00.

Peso ligeiro 60kg masculino. Primeira luta às 10h. Disputa de medalha de Ouro às 17h20 no sábado

Na categoria dos 60kg para homens no judô os mais cotados são: Orkhan Safarov (Azerbaijão), atual campeão do Masters e prata em 2015, Yeldos Smetov (Cazaquistão), que foi campeão mundial 2015 e Kim Won- Ji (Coreia do Sul) ouro no GP de Dusseldorf.

O sul-coreano pagará R$ 3,25 se for ouro dessa vez nos Jogos Olímpicos. O judoca do Azerbaijão mais que quadriplicará o investimento. Pagando R$ 4,50 para cada real, enquanto o atleta do Cazaquistão dará R$ 6,50. Quem investir que algum desses não levará o Ouro irá ganhar R$ 1,22. Outro que chega com bom retrospecto é o Japonês Naohisa Takato, que venceu o Mundial de 2013 e o Masters de 2015. Ele pagará R$ 5,00. O brasileiro Felipe Kitadai, bronze na última Olimpíada, dará retorno de R$ 34,00 por real.

Outras odds da Oddsshark.com/br: Tsogtbaatar Tsend-Ochir (Mongólia) 6.50, Amiran Papinashvili (Geórgia) 10.00, Ashley McKenzie (Reino Unido) 17.00, Bekir Özlü (Turquia)17.00, Walide Khyar (França) 19.00, Beslan Mudranov (Rússia) 21.00, Diyorbek Urozboev (Uzbequistão) 21.00 e Joshua Katz (Austrália) 34.00.

Peso meio-leve 66kg masculino. Primeira luta às 10h. Disputa de medalha de Ouro às 17h no domingo

O Sul-coreano An Baul é disparado o mais cotado dos dois primeiros dias de competições no Judô. Em caso de vitória, o atual campeão mundial e ouro nos Masters dobrará o investimento feito. Pagando R$ 4,00 a mais por cada real investido, Tumurkhuleg Davaadorj (Mongólia) tenta enfim conquistar o ouro, após prata nas últimas três competições de grande porte que disputou.

Quem também chega aos jogos com respeito é Masashi Ebinuma (Japão). O judoca tem três títulos mundiais e foi ouro no Grand Slam de Paris desse ano. Se tiver mais essa conquista na carreira pagará R$ 10,00 além do real investido. O Vice-campeão mundial em 2015, Mikhail Pulyaev (Rússia) e o ouro no Masters 2015, Georgi Zantaraia (Ucrânia) pagarão R$ 8,00 de lucro. Uma vitória do brasileiro Charles Chibana dará R$ 34,00.

Outras odds da Oddsshark.com/br: Golan Pollack (Israel) 15.00, Nijat Shikhalizade (Azerbaijão) 21.00, Rishod Sobirov (Uzbequistão) 21.00, Vazha Margvelashvili (Géorgia) 26.00, Colin Oates (Reino Unido) 29.00, Nathan Katz (Austrália) 34.00

Peso meio-leve 52kg feminino. Primeira luta às 10h. Disputa de medalha de Ouro às 17h20 no domingo

No meio-leve, Érika Miranda está entre as mais cotadas para tentar o ouro. A brasileira que ganhou medalha nos três últimos campeonatos mundiais, tenta subir pela primeira vez ao lugar mais alto do pódio. Sua vitória valerá R$ 6,00 em cada real.

A competição terá outros três nomes fortes: do Kosovo, Majlinda Kelmendi foi campeã mundial em 2013 e 2014, além de ser a atual tricampeã do Grand Slam de Paris. Um ouro no Brasil dará R$ 4,00 por real investido.

Com três títulos mundiais, Misato Nakamura (Japão) pagará R$ 4,50, enquanto Andreea Chitu (Romênia), vice-campeã nos dois últimos mundiais, dará R$ 4,33.

Outras odds da Oddsshark.com/br: Ma Yingnan (China) 13.00, Odette Giuffrida (Itália) 15.00, Natalia Kuziutina (Rússia) 15.00, Gili Cohen (Israel) 15.00, Mareen Kräh (Alemanha) 26.00, Priscilla Gneto (França) 26,00, Joana Ramos (Portugal) 41.00, Gulbadam Babamuratova (Turcomenistão) 41.00, Adiyaasambuugiin Tsolmon (Mongólia) 67.00.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar