Ganhador.com

NBA

Fora dos EUA e dentro da glória: Toronto Raptors merece muitas palmas

Foto: Vaughn Ridley/Getty Images)

Time do pivô brasileiro Lucas Bebê brilha e bate os Cavs em números nesta temporada

Não é exatamente uma surpresa porque a última final da Conferência Leste perdida para o Cleveland prova bem a capacidade da franquia.

Mas é de se tirar o chapéu quantas vezes for preciso: que excelente campanha fazem – de novo (!) – os canadenses do Toronto Raptors, o único time de fora dos EUA a competir na NBA.

Fora dos EUA e dentro da glória, assim poderia ser resumida a trajetória de 16 vitórias e 7 derrotas dos Raptors até aqui. E com dois plus sobre os Cavs (de campanha 17-5): um melhor saldo de pontos (8,3 a 7,9) e uma defesa mais efetiva (102,7 a 103,6).

Estamos comparando e colocando os Raptors acima dos Cavs, o que dá bem a dimensão do time comandado pelo excelente técnico “paizão” Dwane Casey, de 58 anos e de uma retórica impressionante. Vale buscar qualquer entrevista sua em vídeo. Casey é um oráculo ambulante.

Seus jogadores em quadra demonstram isso muito bem. Uma prova retumbante foi a vitória da semana passada sobre o Atlanta Hawks por 128×84, o triunfo mais folgado da história da franquia.

Franquia que, vale ressaltar, ocupa uma posição esportiva muito acima da sua condição financeira. Os Raptors são apenas a 11ª equipe mais valiosa do melhor basquete do mundo, e se eles brigam hoje com reais condições para ser campeões da liga, é porque o esporte ainda possibilita que tais surpresas ocorram.

Entre os fãs brasileiros em grupos de discussões, há até interessantes comparações entre os Raptors e o Leicester, o atual campeão do futebol inglês, mas esta análise nós deixamos para outro momento.
A hora agora é de destacar a volta à quadra dos Raptors, que recebem o Milwaukee Bucks às 22h30 na Air Canada Center, em Toronto.

Os Bucks não põem pressão: ocupam só o décimo lugar na Conferência Leste com uma campanha de 50% (11-11, contra 69,6% dos Raptors).

Querem uma prova do favoritismo e da grande fase do Toronto? As cotações levantadas pelo Oddsshark.com/br. A vitória dos Raptors nesta noite devolve R$ 1,24 a cada R$ 1,00 apostado, enquanto um surpreendente triunfo dos Bucks renderia um retorno de R$ 4,14, o terceiro maior da noitada.

Há uma razão a mais para o fã brasileiro acompanhar a campanha dos Raptors de ponta a ponta. É no time do Canadá que atua a hoje grande revelação do basquete nacional, o pivô carioca Lucas Bebê, de 24 anos e espantosos 2,14 metros.

Bebê tem sido uma das surpresas não só do Toronto e não só do Brasil, mas também de toda a NBA nesta temporada.

Em um time bastante globalizado (além do brasileiro há também um lituano e um austríaco), ele está se destacando como reserva do lituano Valanciunas por uma característica rara no atleta brasileiro em geral: um temperamento ganhador que não deixa nada a desejar a nenhum atleta de elite da NBA (e quando falamos de elite e de NBA assim juntinhos, vocês têm boa noção do que se trata).

Bebê precisou matar alguns demônios antes de atingir este estágio. Ele confessa abertamente em entrevistas que teve problemas com o álcool e que tais dificuldades o colocaram no prumo que encontrou hoje, sendo exemplo não só de atleta, mas também de ser humano.

De seu talento, as pessoas nunca duvidaram. A questão era como Bebê daria o próximo passo – que agora vem sendo pisado com eficiência. A sua força de vontade está igualmente certificada. É digna do físico avassalador e dos brutais 100 quilos que carrega no corpo.

Os Raptors já perceberam isso. Bebê quase sempre faz parte dos momentos decisivos das partidas, até pela forma muito faltosa de jogar que caracteriza a maneira de atuar de Valanciunas.

Bebê, hoje, mais que faz parte do jogo de rotação do Toronto – faz parte das escolhas principais do time que brilha na temporada.

Temporada que, anotem: conta com sete jogos hoje (12) nesta “Monday Night”, como são chamadas as noites de segunda-feira no melhor basquete do mundo.

Confira todas as partidas:

22h00 – Indiana Pacers (1,74) x Charlotte Hornets (2,10)
22h30 – Toronto Raptors (1,24) x Milwaukee Bucks (4,14)
22h30 – Miami Heat (1,99) x Washington Wizards (1,83)
23h00 – Houston Rockets (1,05) x Brooklyn Nets (10,32)
23h30 – Dallas Mavericks (2,00) x Denver Nuggets (1,83)
01h30 – Sacramento Kings (1,45) x Los Angeles Lakers (2,80)
01h30 – Los Angeles Clippers (1,18) x Portland Trail Blazers (4,97)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar