Futebol

Fase difícil para o Corinthians no Brasileirão

Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Corinthians tem suado a camisa para se manter no G-4. Situação complicada para quem já foi líder da competição. Desde a saída de Tite, as partidas do Timão estão cada vez mais imprevisíveis. Foi derrotado em jogos que pareciam ganhos, triunfou em partidas que pareciam perdidas. Destaque para a 24ª rodada, contra o Santos. Buscando manter o empate, o técnico Cristóvão Borges guiou o time à derrota por 2×1 contra o mandante.

Nessa quarta-feira vai ao Paraná para enfrentar o Coritiba que, apesar da última derrota, andou embalado na competição, tendo goleado o Santos no dia 7. O Corinthians tem obrigação de ganhar se quiser se manter no G-4, mas, ao mesmo tempo, precisa preservar os jogadores para o clássico contra o Palmeiras no sábado. Missão difícil para uma equipe desestruturada. Desde fevereiro do ano passado o Corinthians não sabe o que é vencer o Verdão, e o recente desempenho do adversário indica que um combate duríssimo se aproxima.

Para o duelo contra o Coritiba, Cristóvão Borges não contará com o meia Giovanni Augusto, que sofreu uma lesão na coxa direita. Isso resultou na escalação de Cristian para fazer o trabalho de contenção, e na consequente mudança para o esquema 4-1-4-1. Camacho e Rodriguinho terão mais liberdade para avançar para o contra-ataque, tendo papel fundamental nas jogadas com Lucca, Marlone e Gustavo. Na zaga, a aposta é na dupla Vilson e Balbuena, com Yago no banco e Cássio no gol. O time está completo com Uendel e Fagner, que vêm apresentando bastante competência durante todo o campeonato. Um triunfo do time rende R$ 3,00 para cada real apostado.

De outro lado, temos os donos da casa. Apesar do primeiro turno sofrido, o Coritiba vinha se recuperando nas últimas rodadas, até ser derrotado pelo Chapecoense. No returno o saldo de gols é de 4, contra -2 do Corinthians. A vitória rende R$ 2,40 para cada real investido, enquanto o empate garante R$ 3,20 para os apostadores.

No jogo contra o Coxa, o Alvinegro estréia sua terceira camisa, listrada em roxo e azul, com a inscrição “Coringão” na nuca. A campanha de lançamento defende que “Corinthians não se explica”. Agora resta ao torcedor fiel acreditar que o desempenho da equipe, apesar de inexplicável, se mostrará eficiente a ponto de alcançar uma posição mais confortável no G-4.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.